skip to Main Content
31 de maio de 2020 | 10:43 am

AZEVEDO NÃO VAI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na próxima terça, 1º, às 11h30min, haverá transmissão de cargo de prefeito de Itabuna, no estacionamento do Centro Administrativo Firmino Alves. Certo é que o prefeito Capitão Azevedo lá não estará.

Ainda não foi definido o “premiado” que passará as chaves da Prefeitura de Itabuna ao novo gestor, Claudevane Leite, Vane do Renascer (PRB), que bateu Azevedo nas urnas por diferença de 1.107 votos.

Esta publicação possui 10 comentários
  1. Azevedo , vc fez um governo mais ou menos razoavel , teve um secretariado em partes pessimo , um dos momentos mais seria a transmissao de posse , compareça mostre sua dignidade .

  2. Graças a DEUS e a WESLEY MELO q fez uma Campanha Pífia o Resto de Pref. Azevedo levou pau e sai derrotado c/ esses 1.107 votos Q FALTARAM. Votos esses q se fosse um Coordenador carismático e humilde INFELIZMENTE teríamos q engolir este sapo AZEDO CAPITÃO por mais 04 anos. Mas Deus é MARAVILHOSO e nos deu o livramento.

  3. Sandra minha querida relaxe, não só vc, como eu e mais de 627 vítimas deste projeto de Prefeito iremos com toda a força das nossas cordas vocais vaiá-lo SIM. Aquele elemento é treiteiro, ele estrategicamente mandou soltar no ventilador, espalhar aos quatros cantos da cidade por meio da imprensa q ele não se fará presente justamente p/ tirar nós, vítimas suas, q vamos fazer UM PROTESTO INESQUECÍVEL de tempo. Acreditando q ele não irá, logo deixaremos de ir e assim ele escapa da última oportunidade q temos de vomitarmos o descaso dele para conosco. Por isso eu asseguro q estarei lá por q não vou perder esta oportunidade, conto c/ a presença de todos q teve um amargo Natal e terá um Revellon sem “Sabor” tão somente por causa deste Azevedo.

  4. Azevedo provavelmente não estará presente na posse do Vane, pois sendo ele sabedor que estarão presentes alguns futuros secretários que militam na esfera policial, ele Azevedo está temeroso da possibilidade de haver algum mandado de prisão para ele e o resto da quadrilha. Aquí vai uma sugestão; Azevedo, compareça, mais antes, providencie um alvará de soltura com o seu secretário Wesley. Antes porém leve um atestado de pobreza para que ele não lhe cobre R$ 30.000,00, como ele fez com alguns taxistas.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top