skip to Main Content
7 de maio de 2021 | 05:21 am

MANTIDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Claudevane Leite decidiu rever algumas das exonerações de “azevedistas” anunciadas no último dia 4. Uma delas é a do diretor do Departamento Operacional de Transporte da Secretaria da Administração, Eric da Cruz Silveira.
A secretaria da Administração, Mariana Alcântara, ganhou a queda-de-braço interna e conseguiu fazer com que Vane reavaliasse a exoneração. O mesmo não aconteceu com Aline Queiroz Carneiro, que comandava o gabinete da secretária.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. O prefeito realmente não tem coragem de mandar boa parte dos azevedistas para fora. digo isso porque o tal do alfredo melo continua dando ordem no sedur.

  2. Márcio que era da agricultura no governo Azevedo ficou. Pois Gilson foi pedir a VANE por ele.
    Já vi que VANE diz uma coisa e faz outra.
    Muitos Azevedistas ainda ficaram:
    Alfredo Melo, Aline Batista da procuradoria, (Nayara)A esposa do ex-secretario Weslei Mello, Marcelo Andrade, Vanessa da defesa civil, Juliana Matos que está na licitação.

  3. Pior que isso Lara, existem outras pessoas nomeadas recentemenmte que são no minimo nomeações suspeitas. Exemplo: Foi nomeado conforme consta no Diário Oficial do Município o Sr. Cristophe Sergio, que trabalha hoje com o controlador Oton, e pasmem ele foi presidente de comissão de licitação da saúde na epoca de Fernando Gomes, e ate onde sei foi indiciado pela Policia Federal por fraudes em licitações. E o que é mais absurdo ainda, em pesquisas no Diário Oficial da Época de Azevedo encontra-se contratos na Fundação Marimbeta com a empresa C&S Assessoria e Consultoria em Licitações que tem como sócio e proprietario o Sr. Cristophe Sérgio – ou seja hoje dentro da controladoria tem uma pessoa que da epoca de Fernando gomes envolvido em licitações fraudulentas que é proprietario de empresa de consultoria na área de licitações isso é no minimo anti-etico – O pior é Vane, um prefeito que votamos para mudar as coisas, está aceitando e trabalhando com esse tipo de gente – podem observar se não vai haver vários problemasnas licitaçoes de Vane – com esse tipo de gente tocando o setor de controladoria e licitações tenham certeza de que serão alvos dos Ministerios Públicos estaduais e federais. É só esperar

  4. Ao que parece a exoneração de Erick foi engano, ele não trabalhou no governo Azevedo. Zeca Pontalzinho tem razão falta exonerar as pessoas que ele listou. vane se você não exonerar vai ter o mesmo destino de Azevedo daqui a quatro anos, estas pessoas são tríaras e incompetentes.

  5. A melhor resposta da manutenção de Erik Silveira está na matéria publicada no blog JORNALBAHIAONLINE conforme se pode ver abaixo:
    Cidades
    Prefeitura reduz gastos com combustíveis em mais de 200 mil reais em Itabuna
    Frota sucateada e consumo alto: uma incoerência
    Crédito: Ascom
    A política de austeridade e controle nos gastos públicos determinada pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, já aponta resultados significativos em economia para os cofres públicos do Município. Passados apenas 40 dias da atual administração, um dos setores que registrou saldo positivo foi o Departamento de Controle Operacional de Transportes da Secretaria Municipal de Administração, que reduziu em mais de R$ 200 mil os gastos com a aquisição de combustíveis.
    Segundo o diretor do Departamento, Eric Cruz da Silveira, no governo passado mensalmente eram gastos mais de R$ 280 mil com a compra de gasolina, óleo diesel e óleos lubrificantes. Ele diz não compreender o porquê desses valores terem se mantido até o final do governo, em dezembro passado, já que 80% da frota mecânica e de veículos utilitários da Prefeitura foi encontrada toda sucateada em janeiro, mês onde o atual governo gastou apenas R$ 67.646 com a aquisição de combustíveis.
    “Antes mesmo do início do governo, quando ainda estávamos em processo de transição, já tínhamos conhecimento que apenas 20% dos 143 veículos que integram a frota se mantinham em condição de uso”, argumenta Eric da Silveira. O diretor ressalta que com base em estudos técnicos, mesmo que toda a frota volte a funcionar plenamente nos próximos meses, como prevê o governo, ainda será possível manter uma economia mensal de 60% nos gastos com combustíveis.
    Para tanto é necessário o controle diário desde o abastecimento até a quilometragem de cada veículo em serviço. “O gerenciamento da frota e dos gastos públicos para sua manutenção exige, além da racionalização do uso, um constante acompanhamento e auditoria de todo o processo. Neste sentido, estaremos empenhados para que haja economia e transparência”, frisou o diretor Eric da Silveira.
    Recuperação da Frota – Cerca de 80% da frota de veículos da Prefeitura foram encontrados com necessidade emergencial de conserto. Eric da Silveira revela que, passados os primeiros 40 dias de governo, 78 veículos já estão em pleno funcionamento, inclusive máquinas pesadas e viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192). Quanto ao restante dos veículos em desuso, o diretor de Controle Operacional da Administração revela que está sendo feito orçamento para compra de peças de reposição e de materiais de reparos.
    Dentre as máquinas pesadas, Eric destaca uma Patrol com menos de quatro anos de uso, que atualmente custa R$ 1 milhão no mercado e que há meses está parada na oficina. Para que volte a funcionar são necessários apenas R$ 67.742,00. Cita ainda outro exemplo de uma Pá-Carregadeira, que atualmente custa em torno de R$ 1,2 milhão, mas que para voltar a funcionar exigem gastos de R$ 30 mil.
    “Nós percebemos que houve certo descaso na conservação dos equipamentos pesados da Prefeitura, inclusive, máquinas imprescindíveis para serviços de manutenção e recuperação de estradas vicinais e vias urbanas, que foram abandonadas”, afirma Eric. Quanto à parte da frota sem condições de recuperação, o diretor adianta que será sugerido à secretária de Administração, Mariana Alcântara, que promova estudos e avaliações para ser descartada em leilão como sucata e o dinheiro arrecadado investido na compra de veículos novos.
    Um total de 31 veículos inservíveis para a administração municipal está nesta condição, inclusive o ônibus funerário que servia a população mais carente no acompanhamento do féretro de entes queridos ao cemitério. Por último, Eric da Silveira acrescenta que para atender satisfatoriamente as necessidades das secretarias seriam necessários outros 70 veículos, entre funcionais e de grande porte.

  6. Manter Alfredo Melo é o cúmulo do absurdo. Ficar com um homem que afundou a emasa e dar poder a essa pessoa é querer que os itabunenses sofra com as mesmas mazelas de azevedo. Fora alfredo.

  7. GENTE POLITICA E POLITICAGEM É MUITO DIFICIL VCS ENTENDER, AFINAL NÃO EXISTE UM CANDIDATATO QUE NÃO PROMETA ALGO HÁ ALGUÉM, AS DIFERENÇAS DE VOTO FOI MINIMA, ENTÃO FICA A PERGUNTA MUITOS QUE ABANDONARO O GOVERNO PASSADO JÁ NO FINZINHO DA CAMPANHA QUE ACOMPANHOU O ATUAL PREFEITO VCS ACHAM QUE FOI EM VÃO?!?! LOGICO QUE NÃO, EU TENHO 47ANOS DE IDADE E 22 DE CAMINHADA POLITICA, ONDE QUEM TÁ NA FRENTE NÓS ACOMPANHAMOS MEDIANTE UM ACORDO E TROCAS DE FAVORES SEJA DE CARGO, SECRETARIAS…É DIFICIL ENTENDER, MAIS OU ENTRA NA ONDA DELES OU NÓS SAMBAMOS.

  8. Pulso é bom e é o que todo o eleitoredo de Vane quer , acredita e espéra ansiosos que aconteça! Tomar decisoa é coisa de administrador!Vane é sério, trabalhador, religioso mas…tem que ter pulso ! É o que todo Itabunense aguarda dele!Lugar de gente que trabalhou com azevedo é nos quintos dos in…..!!!!!É muito cara de pau desse miseráveis!

  9. É não intendi nada se falaram tanto em exonerações ai vejamos os comentários que ainda tem pessoas ligadas a Azevedo e Fernando na prefeitura é um sinal verdadeiro de que quem acompanhou vane em toda vida até a campanha para prefeito ficará com certeza de fora isso é uma pena são sinais visíveis de que a re eleição esta comprometida por conta da leva de Azevedistas e Fernandistas no governo do meu amigo vane é realmente uma pena o prefeito já começar comprometendo seu governo isso é muito triste fico sentido com tal situação…

  10. Por isso que perguntei a Vane se ele tinha perfil para o execultivo. “Obedecer já é dificil, quanto mais mandar”; e pior uma cidade viciada em apadrinhamento como Itabuna.

  11. Vou responder ao senhor Marcos. sou funcionário da prefeitura de Itabuna, e já trabalhei com Cristophe na epoca de Fernando Gomes, desconheço a informação de que o mesmo foi indiciado por fraude em licitações. O mesmo foi e quem é presidente de comissão de licitação sempre irá, foi prestar esclarecimentos na Policia Federal a cerca dos recursos da sáude. Outra coisa enquanto a prefeitura tinha suas contas rejeitadas por licitações a marimbeta teve suas contas todas aprovadas. Outra coisa se vc está bem informado veja no Diario Oficial do Municipio que o presidente da comissão de Licitação é o senhor Celso Ataulfo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top