skip to Main Content
1 de março de 2021 | 10:21 pm

HORA DE TRABALHAR, PREFEITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Passados mais de 40 dias da posse, prefeitos do sul da Bahia ainda “surfam” na choradeira das dívidas deixadas pelos antecessores.
O discurso é usado como antídoto para a falta de movimentação, de pauta positiva dos novos gestores. Alguns assumiram sem projetos – apenas discurso.
Já passou da hora de abandonar a choradeira e começar a trabalhar, prefeitos.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Ufa! até que enfim apareceu alguém pra falar a verdade.Esse povo quando está em campanha vai dar jeito em tudo.Quando entram ficam
    reclamando pelo que encontrou.Afinal,pra que entraram mesmo?Foi só pra empregar a família como fez a prefeita de Barro Preto?

  2. E por falar em esportes radicais, o itabunense está escalando montanhas de saco de lixo pela cidade. Não sou alpinista, pago meus impostos. CADÊ A COLETA DE LIXO PREFEITO?

  3. Parabéns “sêo” Pimenta.
    Quem tem competência realiza, apesar das dificuldades.
    O pior é que a maioria foi eleita apenas no poder do “gogó” e, do dinheiro, é claro, já que eleição no Brasil se compra.

  4. Concordo plenamente seu Pimenta,
    Pois quem assume ou quis brigar pela disputa pela prefeitura tem que saber que “ajoelhou tem de rezar”, como diz o ditado polpular. Chega de ir para TV só se lamentar, o povo não é mais besta não! Os projetos, se é que tem, tem que começar… Já esperamos demais… obras paralisadas, lixo que passa um dia sim outro não,ruas com os mesmos buracos,buraco aqui, buraco ali,etc,etc,etc….

  5. Seu Pimenta! Não sou prefeito, mas, não se pode trabalhar, SEM DINHEIRO e com ALTAS DÍVIDAS. Numa ituação desta, tem que se esperar, no mínimo, tres meses.

  6. ESSES CARAS SAO ENGRAÇADOS, JA SABIAM DISSO, E MESMO ASSIM QUISERAM ENTRAR O AGORA FICAM SO LAMENTANDO OS DESCASOS DA GESTAO PASSADA !! TENHA PACIENCIA ! COMEÇAM A TRABALHAR QUA JA PASSOU DA HORA, OU FICARÃO SE LAMENTANDO ATE O FIM DO MANDATO?

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top