skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 01:52 pm

VANE PROMETE ROMPER CONTRATO COM A MARQUISE NA PRÓXIMA SEMANA

Tempo de leitura: 2 minutos
O lixo não vem sendo recolhido regularmente nos bairros de Itabuna. Na foto, situação de uma rua na Vila Anália.

O lixo não vem sendo recolhido regularmente nos bairros de Itabuna. Na foto, situação de uma rua na Vila Anália.

A briga entre a Prefeitura de Itabuna e a empresa Marquise, responsável pela coleta de lixo na cidade, pode estar para acabar. Na manhã desta sexta-feira, 15, na abertura dos trabalhos da Câmara de Vereadores, o prefeito Claudevane Leite,  o Vane do Renascer (PRB), declarou que o contrato entre o município e a empresa será rompido na próxima semana. Segundo o gestor, apenas detalhes jurídicos estão sob análise antes que a medida seja adotada.
Vane disse que a gestão passada deixou acumular uma dívida de R$ 12 milhões com a Marquise, mas não preservou dinheiro em caixa para arcar com a despesa. “A Marquise continuou a prestar o serviço porque quis, mas nós não vamos pagar essa dívida se o governo passado não deixou recursos para quitá-la”, enfatizou o prefeito.
Vane observou ainda que já poderia ter contratado outra empresa, mas, em função do contrato com a Marquise, preferiu não correr o risco de pagar duas vezes pelo mesmo serviço. “Vamos resolver isso até a próxima semana”, prometeu.
Além de ter transmitido ao novo governo uma dívida de R$ 12 milhões com a empresa cearense, o ex-prefeito José Nilton Azevedo (DEM) também assumiu um débito de R$ 7 milhões que o município teria com a empreiteira Torre, que cuidava da limpeza da cidade no segundo governo do petista Geraldo Simões.
Enquanto a queda de braço não termina, Itabuna vai sofrendo com a sujeira. A Marquise deixou de fazer a coleta regularmente na cidade, alegando que a Prefeitura falha na gestão do “lixão”. Na quarta-feira, 13, o secretário do Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro, acusou a empresa de não ter compromisso com a cidade.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. A prefeitura ta fz de tudo pra encerrar o contrato com a MArquise.. o Lixão DEVE ter obrigatoriamente um trator de esteira para fazer o manejo do local..
    o ideal seria ter compactadores, mas o trator ja resolve grande parte dos problemas.. ele junta, monta as pilhas, compacta o lixo e faz o cobrimento..
    Se o lixão não possui um trator de esteiras que fique por conta do local, fica impossivel operar no mesmo..Neste caso é omissão da prefeitura e a razão esta com a Marquise..
    não sou partidario do Azevedo, mas se existe uma conta, ela deve ser paga..não quero um gestor miguezeiro ou trambiqueiro na prefeitura.. Ele tem que assumir o abacaxi que pegou e fazer o seu trabalho de gestão..

  2. Penso que a coleta de lixo deveria ser municipalizada ou então que se crie um consorcio entre municipios para poder coletar, fazer a triagem, compostagem e disposição dos residuos solidos..
    Se a prefeitura quisesse poderia fazer isso sozinha ou em conjunto para facilitar a aquisição de equipamentos com financiamento do BNDES/Caixa..
    Mas claro, eles preferem terceirizar pois ai que mora a máfia de todos os municipios..
    Penso outras coisas:
    – Estadualizar o HBLEM
    – Estadualizar a EMASA
    – Municipalizar a coleta de lixo
    – Restaurar o Hosp. Maria Goretti
    etc

  3. Engraçado ! a Marquise até hoje não paralisou as suas atividades mesmo em dificuldade com o lixão de Itabuna, mais quero que fique claro, o lixo não esta sendo coletado culpado é a prefeitura que não coloca as maquinas no lixão para fazer o trabalho só pra vcs terem uma ideia, a superlotação do lixo no lixão só pra colocar em ordem levará uns 3 meses ficar ok!
    Obs: Agora pessoal se não tem lugar onde descarregar os caminhões como é que a Marquise irá coletar o lixo das ruas?

  4. Não estou gostando dessa prosa. Moro na periferia e desde quinta- feira passada não tem coleta. Quero saber se a periferia de Itabuna vai se transformar em aterro sanitário enquanto os digníssimos homens do poder e do dinheiro não resolvem seus imbróglios. Eu já convidei meu próprio lixo a voltar prá casa pois não dá para correr o risco de animais estourarem os sacos e espalharem pela rua aumentando o caos. Estudo a possibilidade REAL de chamar um carreto e depositar o lixo em frente à casa do Sr. Prefeito. A César o que é de César.

  5. O roteiro desta peça de teatro todos já sabem. O gestor que entra quer colocar os “seus” para prestar serviços. Com minha bola de cristal posso afirmar que a empresa de Helenilson será contratada por emergência e logo em seguida irá vencer a licitação para a coleta de lixo. Quem viver verá. Na verdade mudam-se as personagens mais o roteiro é o mesmo. Vamos continuar orando por Itabuna.

  6. Isto já era pra ter acontecido afinal a marquise não é porblema de vane e sim de Azevedo só não pode acidade ficar entregue as traças e ao lixo por conta de uma empresa irresponsável agora tem que aciona-las na justiça por crime ambiental isso tem que ser feito onde está o corpo jurídico da prefeitura?

  7. Cadê o MP?Essa empresa tem que ser acionada, e se a justiça realmente existisse nesse país, confidscava os bens do bando que ocasionou toda essa baderna, essa sujeira.

  8. O lixão de Itabuna é comparável ao hospital Luiz Eduardo Magalhães. Ambos recebem “ajuda” de municípios vizinhos. Será que
    eles participam também com o “dim-dim” ?

  9. Quantos caminhões se compra com R$ 12.000.000,00??????
    Somente a vontade de manter a máfia do lixo e dela fazer parte é que se entende os contratos que são mantidos entre a prefeitura e essas empresas de coleta de lixo.

  10. ROBERTO BARBOSA DA MINAS’AÇO PODE RESOLVER ESSE PROBLEMA DO LIXO MUITO BEM, PORQUE QUANDO ELE ERA PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO EU FIZ UMA REUNIÃO COM A COMUNIDADE PRA ROBERTO MOSTRAR OS PROJETOS DELE PARA ITABUNA, E ELE APRESENTOU UM PROJETO MARAVILHOSO PARA O LIXO,E O POVO GOSTO MUITO, SE ELE FICASSE NA DISPUTA ELE TERIA VENCIDO PORQUE OS PROJETO DELE PASSAVA CONFIANÇA, JÁ QUE ELE FAZ PARTE DO GOVERNO DE VANE PELA PASTA DA SECRETÁRIA DA INDUSTRIA E COMERCIO DEVERIA VANE PROCURAR CONHECER O PROJETO QUE SEU ROBERTO BARBOSA TINHA PARA ITABUNA, ELE FALAVA DA CRIAÇÃO DE UMA COOPERATIVA PARA RECICLAGEM DO LIXO, QUE IRIA RENDER DIMINUIÇÃO NO GASTO DO DINHEIRO PUBLICO PARA COM O LIXO DE ITABUNA, ISSO ERA O “PROJETO DELE” NAS FULINHAS DE PROPAGANDA DA MINAS”AÇO TA ESCRITO “QUEM AMA ITABUNA TRABALHA POR ITABUNA”, AGORA EU QUERO VER SE ISSO É VERDADE ROBERTO, MOSTRE O SEU PROJETO DO LIXO PARA VANE. JÁ QUE NA EQUIPE DO EX-PREFEITO QUE AGORA É A EQUIPE DE VANE O ATUAL, NÃO TEM NEM UM PROJETO PARA O LIXO QUEM SABE SE A SUA IDEIA NÃO PODE RESOLVER ESSE PROBLEMA. AFINAL DE CONTAS O LIXO É UM PROBLEMA DE TODOS NÃO É.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top