skip to Main Content
24 de novembro de 2020 | 02:27 pm

TRT DETERMINA RETORNO DE 50% DOS VIGILANTES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vigilantes cruzaram os braços na quarta e protestam por adicional (Foto Zeka)

Vigilantes cruzaram os braços na quarta e protestam por adicional (Foto Zeka)

O Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT) determinou aos sindicatos dos vigilantes na Bahia que mantenham, pelo menos, contingente mínimo de 50% dos profissionais em atividade. A categoria iniciou greve, na quarta, 26, para cobrar o pagamento dos 30% de adicional de periculosidade, previsto em lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff em dezembro do ano passado. O percentual significa, em média, R$ 200,00 a mais para cada vigilante.
A determinação de manutenção de metade dos vigilantes em atividade será válida até que o tribunal julgue a causa envolvendo o Sindicato das Empresas de Segurança Privada da Bahia (Sindesp-BA) e os vigilantes associados ao Sindvigilantes, SindMetropolitan e o SVItabuna.
A previsão é de que o dissídio coletivo dos vigilantes seja julgado na próxima quinta, dia 7. Os sindicatos também podem sofrer multa diária de R$ 50 mil se descumprirem a decisão do TRT, que também proíbe os sindicalistas de promover manifestações com “ameaças” a terceiros.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. o trt ba ja esta jugando a greve abusiva a data do julgamento esta marcada para o dia 07/03/2013 porque deve retona ao trabalho ciquenta por cento dos vigilantes

  2. O TRT tem que fazer valer a lei que dá direito ao trabalhador. As empresas tem que pagar o que é de direito, multano a empresa que não cumprir a lei

  3. Interessante por que o TRT não multa as empresas que não cumpre com o que está na lei geralmente eles se acham no direito de atrapalhar o trabalhador que só estão reivindicando o que é direito deles o TRT deveria se preocupar em fazer as empresas a pagar e fazer a coisa correta desde quando greve para reivindicar direitos é ilegal até quando a justiça será assim seletiva?

  4. Assim funciona o judiciário brasileiro tentam de forma torpe desqualificar o direito de greve numa tentativa ditatorial arcaica e seletiva derrubar os direitos dos trabalhadores é preciso dá um freio na justiça brasileira pois ela atrapalha o direito do trabalhador e está do lado do patrão…

  5. -Vejo alguns comentários acima defedendo o direito dos trabalhadores grevistas, e atacando o TRT por determinar que pelo menos 50% dos vigilantes voltem ao trabalho para garantir que toda uma população tenha o DIREITO de manter as nossas vidas dentro do cotidiano e honrando os nossos compromissos.
    -Todos nós trabalhadores temos o direito de defender os nossos interesses, mais também temos o dever de não prejudicar e atrapalhar as vidas de outrens. A greve é um direito garantido por lei para que os trabalhadores presione o patronato a atender as suas reenvindicações, mais existe regras dentro dessa mesma lei para que tais greves não vire baderna e terrorrimismo a ponto de causar um caus na sociedade de um modo geral.
    -Não permitir que os carros fortes abasteça os caixa rápido para que a população tenha o DIREITO de sacar O SEU dinheiro afim de honrar os seus comprimissos, já torna esse ato criminoso, e a policia através do seu comando maior já deveria ter tomado providencias cabiveis e energica para inibir esses atos de terrorrimos.
    -SRS vigilantes grevistas lembrem que o DIREITO DE VOCES TERMINAM QUANDO COMEÇA O DA MAIORIA DA POPULAÇÃO. Portanto cumpram a lei para terem o nosso respeito e solidariedade, do contrario voces só vão atrair o nosso repúdio e antipatia.

  6. cARLOS aUGUSTO… se as coisas funcionarem como você fala não vai adiantar a greve. Greve realmente é para “complicar” o trânsito normal, senão não valeria a pena. Cabe a sociedade agir para que o patronato CUMPRA COM A LEI. SOMENTE CUMPRIR A LEI.

  7. Um absurdo não deixarem os carros fortes abastecerem os caixas eletronicos.Como iremos pagar nossas contas?Depois de vencidas com multas?Certo o TRT.Pois se é direito ter greve,então tambem direito de ter 50% deles trabalhando,ou então que entre a polícia para defender direitos do cidadão de ter segurança

  8. Carlos Augusto boa tarde, você sabe qual o valor do salário de um pai de família que arisca a sua vida todos os dias para defender o patrimônio privado e a vida das pessoas que trabalham nesses estabelecimento?
    Vou te falar R$ 727,00 esse é o valor que esses heróis ganham para trabalhar nessa profissão de risco, e outra não são terroristas como você menciona, sei que a sociedade está chateada por causa do transtorno, mais se eles liberarem a entrada dos carros-fortes, a sociedade não estará nem aí para o problema deles o único jeito de chamar a atenção da sociedade é dessa forma boa tarde.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top