skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 11:50 pm

SEM BECA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma formanda do curso de Enfermagem da Faculdade de Ilhéus passou por grande constrangimento, no final de semana, exatamente quando deveria ser momento de grande felicidade ao realizar um sonho – a formatura.
A vítima teve que colar grau totalmente fora dos padrões da cerimônia, porque a empresa contratada pela turma esqueceu da beca da formanda. Revoltada e aos prantos, a nova enfermeira usou o microfone para soltar o verbo contra a falta de profissionalismo da empresa.

CCJ DA CÂMARA APROVA CRIAÇÃO DA UFESBA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Audiência na CCJ aprovou criação da Ufesba. Projeto de lei vai ao Senado (Foto Divulgação).

Audiência na CCJ aprovou criação da Ufesba. Projeto de lei vai ao Senado (Foto Divulgação).

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou nesta tarde, 12, o projeto de lei que cria a Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), estabelecendo Itabuna como sede e campi em Porto Seguro e Teixeira de Freitas.
Relator do PL da Ufesba, o deputado federal Geraldo Simões (PT/BA) disse que, encerrada a tramitação na Câmara dos Deputados, agora o projeto segue para o Senado Federal e, depois, vai à sanção da presidente Dilma Rousseff.
Por meio de sua assessoria, Geraldo disse que fará rápida tramitação no Senado. “Para isso, já fiz contato com o líder do Governo no Senado, o senador Walter Pinheiro”, afirmou, acrescentando que a aprovação dentro do prazo na Câmara o faz acreditar, ainda, no início das atividades da Ufesba em 2014.

ITABUNA E ILHÉUS PERDEM ICMS

Tempo de leitura: < 1 minuto

As prefeituras de Itabuna e Ilhéus iniciaram o ano com menos dinheiro do ICMS em caixa. De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda, o primeiro município perdeu quase R$ 1 milhão em janeiro. No primeiro mês deste ano foram repassados para Itabuna R$ 4.220.889,00. No mesmo período de 2012 o município recebeu R$ 5.194.126,00.
Para Ilhéus foram repassados, em janeiro, R$ 2.904.345,00. No mesmo mês de 2012, foram R$ 3.602.000,00. Outros municípios da região que receberam menos dinheiro do ICMS são Almadina, Arataca, Buerarema, Camacan, Santa Luzia, Ibicaraí, Coaraci, São José da Vitória e Itaju do Colônia. Almadina, por exemplo, perdeu R$ 30 mil em janeiro.
Leia mais n´A Região

PRIMEIRO DIA DE CONCLAVE TERMINA SEM DEFINIR NOVO PAPA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Renata Giraldi | Agência Brasil

Fumaça preta no primeiro dia de conclave.

Fumaça preta no primeiro dia de conclave.

O primeiro dia de votações hoje (12) do conclave, que elegerá o sucessor do papa Bento XVI, acabou sem consenso. A fumaça escura, indicando a ausência de decisão, foi vista pela chaminé da Capela Sistina por volta das 19h40h (15h40 de Brasília). O cálculo dos vaticanistas é que o conclave dure, no mínimo, três dias e, no máximo, 11.
A previsão é que amanhã (13) ocorram votações pela manhã e pela tarde. A expectativa é que por volta do meio-dia seja vista uma fumaça branca, no caso de eleito o papa, e escura, se as divergências se mantiverem. Uma segunda fumaça deverá ser emitida pela chaminé no começo da noite indicando a decisão do conclave.

"RETORNO DE JEDI"

Tempo de leitura: < 1 minuto

fg volta

Sob o título “Ele vem aí”, grupo de fernandistas clama pelo retorno do ex-prefeito de Itabuna e ex-deputado federal.

No último mandato à frente do Centro Administrativo Firmino Alves, Fernando Gomes deixou o governo com reprovação de 72%.

ESTADO PROMETE GRATIFICAR POLICIAL COM BOM DESEMPENHO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner lança prêmio por desempenho policial (Foto Manu Dias/GovBA).

Wagner lança prêmio por desempenho policial (Foto Manu Dias/GovBA).

Depois de mais de um ano após aprovação pela Assembleia Legislativa, o governador Jaques Wagner lançou, hoje, o Prêmio por Desempenho Policial (PDP), em cerimônia na sede do Ministério Público Estadual. De acordo com o PDP, a premiação será paga sempre no mês de abril de cada ano, a partir de 2014.
A premiação atingirá o máximo de R$ 4 mil para delegados, oficiais, peritos e analistas técnicos e R$ 2,8 mil para investigadores, escrivães, praças, peritos técnicos, técnicos administrativos e auxiliares administrativos. O pagamento terá como critério, segundo o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, “a participação do servidor na redução dos crimes violentos letais intencionais”.

GOVERNO DO ESTADO SE FAZ DE MORTO E IMPACIENTA A BAMIN

Tempo de leitura: 4 minutos

walmirWalmir Rosário | wallaw1111@gmail.com

O resultado é danoso para Ilhéus, que perde um grande investimento. Para a Bahia, nem tanto, pois a empresa poderá utiliza o Porto de Aratu, como sempre desejaram quase todos os interessados do contra.

Já não são tão cordiais as relações entre as altas cúpulas do Governo do Estado da Bahia e da Bahia Mineração (Bamin). O motivo é um só: a omissão do governo em relação ao cronograma de implantação do Projeto do Complexo Intermodal do Porto Sul.
Desde o ano passado que a Bamin vem revelando impaciência com o certo descaso do Governo do Estado em relação à entrega da área para que as obras do Porto Sul sejam iniciadas. Os prazos concedidos são vencidos e nenhuma – ou quase nenhuma – ação é feita.
De novo – apesar dos desmentidos do prefeito de Ilhéus – a Bamin promete “enfiar a viola no saco” e ir tocar em outra freguesia, apesar dos grandes investimentos feitos. E os recursos foram poucos, investidos em estudos, ações de comunicação pública e social.
Essa apreensão gerada com a possível saída da Bamin do Complexo Intermodal do Porto Sul, o que inviabilizaria o projeto, resultou numa reunião de emergência entre empresários, instituições e o Governo do Estado. Por certo, novas promessas serão feitas, embora sem a certeza do cumprimento.
Outro grande dispêndio da Bamin foi efetivado para capacitar a população do entorno do empreendimento, preparando-os para o exercício de novas atividades, o que representa uma evolução no cumprimento das compensações sociais.
Pelo que vi durante as campanhas eleitorais dos anos de 2010 e 2012, candidatos faziam questão – principalmente os do Partido dos Trabalhadores (PT) – de externar o seu apoio ao Porto Sul. Essas ações, geralmente, são uma recíproca pelo apoio recebido.
Mas é preciso fazer uma ressalva quanto ao apoio aos políticos, pois tudo deve ter sido feito dentro da lei, já que uma empresa desse porte não se daria ao luxo de desprezar a lei vigente. Ainda mais quando tem pela frente uma série de “inimigos” ao seu projeto.
Esses inimigos, diga-se de passagem, são de alto coturno e estão espalhados em diversas atividades econômicas, que vão desde os interesses na privatização dos portos até os “conservacionistas”, proprietários de muitas áreas no litoral norte de Ilhéus e sul de Itacaré.
São megaempresários que construíram suas mansões de luxo e não querem ser importunados com um porto por perto. Há, ainda, os que possuem grandes “áreas de engorda”, destinadas à implantação de condomínios superluxuosos, camuflados com um marketing pesado sob o paradigma da defesa da ecologia.
Entre os pós e os contras, dentro da própria estrutura dos governos do Estado da Bahia e Federal estão os “amigos e inimigos” do Porto Sul. É o PT contra o próprio PT; é o PCdoB contra o próprio PCdoB. Além de outros menos votados. Ou seja, esses partidos dão uma no cravo e outra na ferradura.
Como expectador de luxo, assisti a grande parte dessas ações empreendias para a concretização dos estudos de implantação do Complexo Intermodal do Porto Sul. Diante disso, posso assegurar a constante falta de um diálogo – por parte do Governo do Estado, o que é inerente aos petistas – com as comunidades envolvidas.
Essa temeridade era vista por parte das pessoas que compunham o Governo do Município de Ilhéus e pela própria Bamin (mas nunca dita em público) que, ao contrário, mantinha um diálogo constante com toda a comunidade, seja ela diretamente ou indiretamente envolvida no projeto.

Leia Mais

ABC DA NOITE É ARROMBADO DOIS DIAS APÓS TOMBAMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
O proprietário, Caboclo Alencar, observa estragos causados pelos ladrões (Foto Marcos Carvalho/Blog do Thame).

O proprietário, Caboclo Alencar, observa estragos causados pelos ladrões (Foto Marcos Carvalho/Blog do Thame).

Numa cidade refém da violência, depois da comemoração vem a decepção. Passados três dias do tombamento do ABC da Noite, um dos mais tradicionais botecos de Itabuna, em meio a uma grande festa na Lavagem do Beco do Fuxico, ao chegar ao local na manhã desta terça-feira, o Caboco Alencar se deparou com o telhado arrombamento.
Durante a noite, marginais entraram no ABC da Noite pelo telhado e surrupiaram cerca de 300 reais do caixa. Nem chegaram a tocar nas batidas, posto que esses vagabundos devem ser chegados mesmo é em maconha, crack e pinga vagabunda.
Resignado, o Caboco Alencar registrou queixa na delegacia de policia. Tem tanta esperança de que os bandidos sejam presos como a de que o saci Pererê, Papai Noel, Coelhinho da Pascoa e Mula sem Cabeça aparaçam no ABC pra tomar uma. Confira fotos e íntegra do texto no Blog do Thame

PESQUISA REVELA QUE SÓ 23,2% DOS ITABUNENSES APROVAM GOVERNO VANE

Tempo de leitura: 2 minutos
Vane obtém aprovação de 23,5% em início de governo.

Vane obtém aprovação de 23,5% em início de governo.

A Sócio-Estatística fez levantamento com 808 itabunenses, no período de 1 a 8 de março. Os resultados levam preocupação ao prefeito Claudevane Leite (PRB) e – mais ainda – ao ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM).
Com pouco mais de dois meses de gestão, o Governo Vane obteve apenas 23,2% de avaliação positiva, percentual praticamente igual ao dos que consideram a gestão ruim ou péssima: 20,8%.
A margem de erro do levantamento é de 4 pontos percentuais.
O percentual dos que avaliam o governo como regular atingiu 21,5%. Dos eleitores ouvidos,  34,5% não quiseram emitir opinião.
Para Agenor Gasparetto, da Sócio-Estatística, a avaliação do governo tende levemente ao positivo, mas a administração “terá que provar que será capaz de ir além de boas intenções e bons propósitos”. O itabunense, diz Gasparetto, está mais exigente.
Gestão de Azevedo obteve reprovação de 52,1% dos itabunenses.

Gestão de Azevedo obteve reprovação de 52,1% dos itabunenses (Foto Bahia Online).

A pesquisa também aferiu o humor do eleitorado em relação ao finado governo de José Nilton Azevedo (DEM).
Exatos 52,1% dos pesquisados avaliaram como negativa a administração do ex-prefeito, sendo que, destes, 42,9% cravaram como “péssima” a gestão do democrata. A aprovação ficou em 21,1%.
Palavras de Gasparetto: “Essa avaliação praticamente sela a sorte de Azevedo como político no curto prazo. Saiu mal do governo e sair mal não é uma boa notícia e não emite sinais alvissareiros para o futuro, muito pelo contrário”.
A Sócio-Estatística ainda perguntou ao eleitor itabunense sobre as gestões de Dilma (muito bem avaliada) e de Wagner (tendendo ao negativo) e mandatos de deputados itabunenses: os estaduais Augusto Castro e Gilberto Santana têm avaliação tendendo ao positivo, enquanto o federal Geraldo Simões é mais conhecido (está no terceiro mandato de deputado e foi duas vezes prefeito de Itabuna), mas a visão que o itabunense tem dele, no geral, tende ao negativo. Atualizado às 13h37min.

CENTRO DE CONVENÇÕES SÓ EM 2300…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Centro de convenções é ode ao desperdício de dinheiro público (Foto Pimenta).

Centro de convenções é ode ao desperdício de dinheiro público (Foto Pimenta).

O vereador Paulinho do INPS justificava, ontem, por que não compareceu à solenidade de entrega da Comenda Otaciana Pinto, ocorrida na última sexta, 8. Paulinho disse que estava em audiência com o governador Jaques Wagner, em Salvador, para tratar da liberação de verbas para modernizar feiras livres e pedir a conclusão das obras do teatro e do centro de convenções de Itabuna, paralisadas há mais de seis anos.
Paulinho foi logo interrompido pelo líder comunitário Tadeu “Músico”, do Corbiniano Freire:
– Parabéns pela iniciativa, vereador, mas esses pedidos aí só vão sair em 2300…

Back To Top