skip to Main Content
28 de março de 2020 | 06:41 am

FISCAIS APREENDEM 250 KG DE CARNE ESTRAGRADA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
A maior apreensão de carne ocorreu em janeiro deste ano (Foto Wilson Oliveira).

Maior apreensão de carne ocorreu em janeiro deste ano (Foto Wilson Oliveira).

A Vigilância Sanitária promete apertar o cerco contra a venda de carne clandestina após a interdição do matadouro de Itabuna. Os comerciantes têm agora como alternativa para abate os frigoríficos de Itapetinga, Jequié e Ilhéus.
No final de semana, a Vigilância apreendeu cerca de 250 quilos de carne imprópria para consumo humano. A apreensão ocorreu nas feiras livres dos bairros São Caetano e Califórnia e no Centro Comercial. Desde o início do ano, aproximadamente 900 quilos de carne estragada foram apreendidos no município, 650 deles no final de janeiro.
Segundo o diretor da Vigilância Sanitária de Itabuna, Antônio Carvalho, a equipe de agentes de fiscalização foi reforçada com seis profissionais treinados “para exigir o cumprimento da legislação pelos abatedores e comerciantes de carnes nas feiras livres, Centro Comercial e açougues”. Carvalho diz que a ação do município visa garantir venda de produtos de qualidade.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Um fosso social no Brasil!
    O Brasil país de um grande contraste social! Imagine que o Brasil é o maior produtor de carne do mundo e a nossa carne de exportação têm o selo de qualidade do governo brasileiro.
    Agora é uma vergonha a carne que os brasileiros consomem e pior ainda têm gente que pensa que somos a 6º economia do mundo,o que nós somos é do 3º mundo, igual a País do leste da África e abaixo de países de leste europeus.Muito embora o costume do cachimbo deixa a boca torta,segundo o adágio popular.
    Entretanto,é de estranhar tanta carne aprendida a parti de Janeiro,uma vez se instalara um novo prefeito e é muito positivo a mudança de governo. será que a propina corria solta no prefeito do Soldado raso do Azevedo?

  2. Enquanto isso, no Bairro Duque de Caxias (Zildolândia) as ruas estão tomadas por urubus, pois a Prefeitura não coleta o lixo, …!!!
    VERGONHA, …!!!

  3. Agora é interditar o centro comercial de Itabuna, ali é inapropriado para vender qualquer produto relacionado a alimentos.
    Ratos, lixo, urubus, moscas, disputam com os consumidores o melhor pedaço, a melhor fatia.
    É inadimissível termos problemas da idade média em pleno século XXI.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top