skip to Main Content
2 de março de 2021 | 11:01 pm

FISSURA NAS DISCUSSÕES DO METRÔ (INACABADO)

Tempo de leitura: < 1 minuto
Costa diz que proposta do município inviabiliza metrô.

Costa diz que proposta do município inviabiliza metrô.

Surgiu a primeira fissura na relação Governo Baiano e a Prefeitura de Salvador no período ACM Neto. Ontem, o secretário de Transporte de Salvador, José Carlos Aleluia, se posicionou contra a proposta do governo baiano de criar linhas alimentadoras do (interminável) metrô da capital baiana.
O secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, defende a cobrança de tarif de R$ 0,95 nas linhas alimentadoras, enquanto a Prefeitura quer a cobrança de R$ 1,40. E defende sistema integrado, sem a necessidade de linhas especiais de ônibus para o metrô. Para adotar o modelo de linhas alimentadoras, o Estado precisa de autorização do município, que resiste à ideia.
Rui Costa, por meio da assessoria da Casa Civil, diz que o modelo alimentador proposta pelo governo baiano assegura tarifa mais barata. Para ele, a proposta do município de “cobrar R$ 1,40 pela tarifa de ônibus alimentador e acrescentar a passagem do metrô no bolso da população inviabiliza o sistema”. E acrescenta: “Na nossa proposta, a passagem (do ônibus alimentador) sairia por R$ 0,95”.
Costa diz que é falsa a polêmica de que o usuário do ônibus vai subsidiar o metrô. “Ao contrário, o preço das tarifas será subsidiado pelo governo e o povo vai ter o modelo mais barato, economizando R$ 0,50 por viagem”. Para Aleluia, esse cálculo fará com que 70% dos usários subsidiem o metrô.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. A saga do Metrô de Salvador!
    Era uma vez a criação deste meio transporte na grade salvador,até
    hoje,os vestígios são vistos a olhos nuns,basta passar nas imediações do tique do Itororó se aproximar da estação da lapa,imediações de um campo de futebol,estará expostos as “obras de artes” os “taludes”. Época do Sr.Mario Kertész,prefeito de Salvador-Ba.
    O Novo Metrô de Salvador-Ba,faz 13 anos e não têm nenhuma perspectiva do termino desta obra,o que os baianos sabem,é que a obra triplicou de preço e a suspeito de superfaturamento e para agravar a situação,a locomotiva,os vagões de passageiros estão se deteriorando até o prazo de validade está vencido.
    Entretanto,o percurso somente de 12 Km,o que transportaria 200 mil passageiros por dia e tirava 300 ônibus de circulação da grande Salvador,da pra fazer um filme desta saga!
    Que celeuma! “Pense no absurdo,na Bahia têm precedentes” Otávio
    Magabeira.1886-1960.

  2. Rui Costa é o Governador de fato, já que o carioca não é muito chegado ao trabalho.
    Se Rui Costa disse “não”, provavelmente é não mesmo. Não se sabe quando ele diz “sim”… Mas, em matéria de matemática, o Sr Aleluia conhece muito, muitíssimo mais que o Rui Costa.
    Tamara que se encontre uma solução para o problema.

  3. Alguém tem que lembrar a grampinho, que o motivo da não conclusão do metrô, foi por causa da roubalheira praticada pelo grupo liderado pelo seu avô ACM malvadeza. Portanto, ele que se diz o prefeito que irá resolver os problemas de Salvador, que trate de descascar esse abacaxi. Povo inteligente tem memória…

  4. Esse Robsom Almeida é demais , enaltecer Aleluia é dar atestado de incapacidade.
    Isso é briga de interesses de quem aparece mais. E que se dane o povo baiano, não é mesmo?
    ampliação do Aeroporto 2 de Julho, esse metro parado tanto tempo, linha verde quanto de verbas custou e nao foi aplicado????? viva a familia ACM dona da Bahia cega,
    A BAHIA não tem dono nao.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top