skip to Main Content
23 de fevereiro de 2020 | 03:50 am

PREFEITURA DE ILHÉUS COBRA R$ 7 MIL DE IPTU DE MORADOR DO MINHA CASA MINHA VIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto
R$ 7.Carnê salgado para morador de habitação popular em Ilhéus (Foto Bahia ONline).

R$ 7.087.98: Carnê salgado para morador de habitação popular em Ilhéus (Foto Bahia ONline).

Do Jornal Bahia Online
Erro de digitação? Muito Provavelmente. Mas se não for, eis um absurdo. Um morador do programa popular Minha Casa, Minha Vida, em Ilhéus, terá que pagar a quantia de R$ 7.087,98 de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para morar no bairro do Banco da Vitória em um apartamento da rua Rio Acuípe. O apartamento é da faixa popular, de quem recebe até três salários mínimos.
Casos como estes começaram a aparecer na cidade, após a distribuição dos carnês, efetuada pele Setor de Tributos da Prefeitura. O morador garante que procurou o setor responsável e foi informado que “o cálculo está certo” mesmo diante dos argumentos que o que está sendo cobrado é absurdo e o equivalente à metade do valor venal do seu imóvel recém-adquirido.
Leia íntegra no JBO
 

Esta publicação possui 5 comentários
  1. Só os adeptos do “quanto pior melhor” é que não veem neste caso, um gritante erro de digitação.
    O pessoal da informática que processa os carnets devem ter mais atenção no que fazem.
    Sem falar que este “engano” pode ser missa encomendada.
    Fernando
    Ilheus\Ba
    Da Redação: Fernando, não é bem assim. A pessoa foi ao setor de tributos da Prefeitura de Ilhéus. O atendimento informou que não era erro de digitação. O valor estaria correto. Abraço.

  2. Não é erro de digitação não. isso se chama incompetência e má fé mesmo. Tenho um apartamento de 57 metros quadrados e meu IPTU veio com mais de seis mil reais. Eta governo guloso.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top