skip to Main Content
7 de maio de 2021 | 03:43 am

PRAGA ATACA PLANTAÇÃO DE SOJA NA BAHIA E AUTORIDADES DESCONFIAM DE BIOTERRORISMO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Helicoverpa causa prejuízos de aproximadamente R$ 1 bilhão no oeste baiano.

Helicoverpa causa prejuízos de aproximadamente R$ 1 bilhão no oeste baiano.

Uma espécie de lagarta está destruindo plantações de soja e algodão no oeste baiano e em quatro estados brasileiros. O ataque da lagarta Helicoverpa armigera, segundo o secretário estadual de Agricultura (Seagri), Eduardo Salles, é suspeito. A desconfiança das autoridades é de que a praga que já resulta em prejuízos de R$ 1 bilhão tenha sido introduzida nas lavouras baianas numa ação bioterrorista.
Por meio de sua assessoria, Salles disse que a suspeita de ação criminosa está sendo investigada pela Polícia Federal e pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O caso foi discutido por autoridades, em Barreiras, neste fim de semana.
Além do municípios de Barreiras, São Desidério, Luís EduardoMagalhães, Baianópolis, Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves, Correntina, Jaborandi e Cocos, na Bahia, a praga já se dissemina por plantações de soja e algodão nos estados de Goiás, Mato Grosso, Paraná e Piauí.
Na reunião deste final de semana, produtores e autoridades sanitárias trataram de definir ações e regras para aplicar um produto, o Benzoato de Amamectina, inicialmente, em 10 propriedades atingidas na região.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. É bom não esquecer o crime da vassoura-de-bruxa.
    Um crime hediondo que provocou quase um genocídio em nossa região.
    E, todos os indícios apontam para sindicalistas e maus funcionários da Ceplac, Instituição mantida pelo contribuinte brasileiro exatamente para….PROTEGER a lavoura cacaueira.
    No nosso caso, não houve apenas a impunidade. O suspeitos foram premiados com cargos eletivos…

  2. Seu Pimenta.
    Concerte o titulo da matéria, pois o texto se refere a plantação de algodão, a foto ilustrativa da matéria, é de um botão floral de algodão…
    No entanto o título se refere a plantação de soja.
    ??????
    Só pra contribuir.
    Da Redação: Bicho do Mato, o ataque é contra as lavouras de soja e algodão. Obrigado pela contribuição.

  3. Sr. Robson Almeida, houve um bioterroresmo no cacau assim como Elisa Samúdio continua viva, pois ambas afirmações foram feitas pela mesma pessoa, portanto essa politacagem que vcs tentam usufruir a favor de vcs, as urnas tem demonstrado que o povo já não acredita mais nos contos das carochinhas.E muito cuidado com o coração no ano que vem, pois vai ser pau de novo nas urnas!

  4. Eu acho que a qualquer momento Timóteo da Vassoura e de Elisa Samúdio vai aparecer e registrar em cartório que é réu confesso do Crime biológico da introdução da lagarta,KKKK. Só que desta vez não vai ter ACM para bancar, Asharam e Elenilso para apoiar e nem Itamar do PV. Desta vez não tem politico atrapalhando o porto privado de Salvador que tem Fernando arros à frente. Talvez seja agora um bom tema para Dilson Araújo fazer um novo documentário: Quem pesa mais 1 kg de Algodão ou 1Km de Soja?KKKKKK, já que está na moda e a ONU já recomenda comer insetos por que não aproveita as lagarta Helicoverpa para alimentar os pobres fazendeiros de cacau e os cogumelos da vassoura para os japoneses,kkkkkkkk.

  5. “Todas as vezes que o homem se mostra incompetente para solucionar um problema, transfere para outrem a responsabilidade, aqui na Bahia quem sofre são os fungos e os insetos.”
    Zé da Ford.

  6. Sr. Jr.M, a confirmação de que houve terrorismo biológico no cacaual da Bahia foi da Polícia Federal, inquérito nº(2.169/2.006-DPF.B/ILS/BA). O Timóteo, no documentário titulado O NÓ,(ato humano deliberado)é apenas um depoente.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top