skip to Main Content
4 de dezembro de 2020 | 08:18 pm

BOATO LEVOU MILHARES A SACAR BENEFÍCIO DO BOLSA FAMÍLIA EM ITABUNA (CONFIRA VÍDEO)

Tempo de leitura: 3 minutos
Policiais observam movimento na principal agência da Caixa em Itabuna (Foto Pimenta).

Policiais observam movimento na principal agência da Caixa em Itabuna (Foto Pimenta).

A corrida dos beneficiários para sacar o benefício de junho do Bolsa Família em Itabuna lotou agências da Caixa Econômica e uma lotérica do Shopping Jequitibá. Na lotérica, cerca de 300 pessoas ainda aguardavam na fila por volta das 17 horas. Para evitar tumulto, a direção do estabelecimento usou seguranças para controlar o acesso ao interior do lotérica.
As duas agências do banco (Avenida do Cinquentenário e Praça Camacã) e o posto de autoatendimento próximo ao Santuário Santo Antônio também registraram longas filas. A espera média era de quatro horas para efetuar o saque. Muitos admitiam que estavam ali não temendo o fim do programa, mas porque o dinheiro já estava disponível para saque.
Inscritos no programa sacam benefício em agência na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Inscritos no programa sacam benefício em agência na Cinquentenário (Foto Pimenta).

Beneficiários ouvidos pelo PIMENTA afirmavam saber que o fim do Bolsa Família era boato, mas estavam ali para sacar o benefício de junho já disponível em conta. Quem procurou atendimento na lotérica do shopping enfrentou filas mais longas, apesar do centro de compras ter uma agência da Caixa. Muitos recorreram à lotérica por não saber usar o autoatendimento.
José Carlos Barbosa chegou à agência central da Caixa, na praça Camacã, por volta das 11 horas deste domingo e ainda aguardava na fila, às 16h30min. “Vim por causa do boato mesmo”, disse ele, que tem uma filha na escola e deveria sacar o benefício no início de junho.
Apesar da grande quantidade de pessoas nas agências, caixas eletrônicos e na lotérica, a polícia não havia registrado tumulto até o final da tarde. Uma guarnição da Polícia Militar acompanhava a movimentação de clientes em frente à Caixa, na Praça Camacã.
 
Fila na agência central da Caixa dobrava quarteirão (Foto Pimenta).

Fila na agência central da Caixa dobrava quarteirão (Foto Pimenta).

CONFUSÃO E TUMULTO
Levantamento preliminar da Caixa aponta que houve tumulto em, pelo menos, 117 agências localizadas no Nordeste do País. Ceará foi onde houve maior registro de tumultos: 34 ao todo. Na Bahia, foram 15.
No início da noite deste domingo, o secretário da Assistência Social em Itabuna, José Trindade, emitiu nota em que alertava que nada mudou no Bolsa Família e que “tudo que cabe ao município em relação ao programa segue sem anormalidades”.
A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo, pediu aos beneficiários para seguir o calendário de saques e reafirmou a continuidade do programa. Para ela, o fato de algumas pessoas conseguirem sacar o benefício antes da data “é mais um motivo para não se preocupar, pois o dinheiro estava lá”. A Polícia Federal investiga a origem do boato que provocou a corrida aos caixas. Confira vídeo com a movimentação em Itabuna.

Esta publicação possui 9 comentários
  1. Isto é um péssimo sinal para a economia desta cidade, …!!!
    Se REALMENTE todos que dependem dessas bolsas estão na linha da pobreza, da miséria, …?!?!?!
    Como é que uma cidade do tamanho de Itabuna se sustentará, …?!?!?!
    Eu creio que nós estamos diante de um CAOS SOCIAL, …!!!
    Pelo visto, mais de 50% da população da nossa cidade é miserável, …!!!

  2. Sérgio Oliveira
    Vieram varios onibus de fora trazendo gente de outras cidades nãoera so daqui não, caos mesmo foi na lotérica do shopping.

  3. O Brasil possuem 71 milhões de beneficiado do Bolsa família e 22,3 de pessoas em extrema misérias que ganha (71,00), (setenta e um reais) para sair da extrema miséria.
    Nestes últimos 12 anos de “governo” aumentou a miséria no Brasil,o reflexo está por falta de nenhuma perspectiva de vida o que vem levando homens e mulheres e adolescentes ao suicídio e,muitas vezes ao consumo de crack.
    O Brasil é hoje no mundo 4º país em suicídio.
    O Brasil é hoje no mundo 1º lugar em consumo de crack.
    Este é o Brasil real!!!
    Na propaganda oficial é outro Brasil,o Brasil virtual!!!
    Fonte: IG. S. Paulo. Folha de S.paulo.06-05-2013.
    Caderno poder,19-05-2013. Folha de S.Paulo.

  4. Pois bem 80% dessas pessoas que ai estão, provavelmente não precisa dessa praga de bolsa, vão estudar que é melhor pra ver se adquirem noção politica e deixa de receber essas esmolas!!!

  5. Palhaçada. Isso mostra a cara real do Brasil e não a farsa que o Pt tenta empurrar aos bestas. O Brasil está um caos e as pessoas se iludem com essa bolsa esmola.

  6. Se esse país tivesse leis sérias os FDPs da vida não inventaria tais boatos.Cadê que na época do collor quando meteram a mão na poupança do povo, ninguém “avisou”antes????Essa oposição é mesmo suja.Não pode jamais voltar a governar esse país.

  7. veja como o nosso sofrido povo, está carente até mesmo de informação,seria inportante que os gorvernantes,desse palestra prevenção para que esta gente não acreditasse em tudo que se fala, por air,pricipalmente quando o assunto é mexer no bolso,mesmo que seja um beneficio.poderia ser pior com á revolta deste povo. que não aguenta mais ser enganado…

  8. Bolsa família era pra ser um paliativo. Passou a ser definitivo. Bolsa família é como uma droga: vicia e inutiliza. É como o crack que elimina o futuro da pessoa e a torna dependente. É a droga criada para perpetuar a miséria em nosso País.
    Bolsa família é uma desgraça que tem que terminar um dia. Enquanto a escola ilumina o caminho de saída da pobreza, bolsa família escurece a visão e inutiliza e apreende a pessoa na miséria. O sujeito passa a ser como um autômato que só serve para…VOTAR! Votar nos que garantem a bolsa, é claro! E ficar eternamente na dependência, exatamente como nas drogas!
    Agora, botar a nossa Polícia Federal para investigar boato, é demais. É como se a instituição não tivesse o que fazer. Como se não houvesse crime e criminosos no Brasil. É empurrar a PF para a perda de tempo e para a desmoralização.
    Será que os que defendem o bolsa família são os mesmos que querem destruir a nossa Polícia Federal? Para não investigar crimes como o do Mensalão? Para não investigar crimes como o da vassoura-de-bruxa???..

  9. O desespero de milhões de brasileiros que foram às agencias da Caixa este final de semana para retirar o dinheiro do bolsa família com medo de perder o benefício, nos remete a uma profunda reflexão sobre a real situação de milhões de trabalhadores brasileiros que dependem deste programa assistencialista. O governo Dilma e o PT fazem uma enorme propaganda sobre as “mudanças” no Brasil nos dez anos de PT no governo federal. Dizem que o Brasil é um país de classe média, que a miséria está acabando, que hoje existe pleno emprego no país. Mas basta ocorrer um episódio como este para constatarmos que existe no país milhões de brasileiros que dependem de uma ajuda irrisória de 150,00 do governo, e quando estes milhões de brasileiros se sentem ameaçados de perder esta ajuda, ocorre um caos imenso e uma situação desesperadora como vimos agora, provocada por este boato do fim do bolsa família.
    Somos um país onde milhões de famílias brasileiras sobrevivem desta ajuda do governo ou ganhando um salário mínimo de fome de R$ 678,00 ou até menos do que isso , e que deveria pela nossa constituição receber como salário mínimo R$ 2.400 de acordo com o DIEESE. O governo do PT adota uma política econômica que destina a cada ano metade do orçamento da União para pagar os juros da Divida Pública brasileira a meia dúzia de banqueiros, privatizando a infra estrutura do país (Portos, Aeroportos, reservas petrolíferas), além de cortes na saúde, educação, segurança,Previdência, que tornam o país da 5ª maior economia do planeta ter os maiores índices de desigualdade e miséria social do mundo. Para uma coisa esse boato do fim do bolsa família serviu: pra mostrar a situação de pobreza e dependência de uma política assistencialista de milhões de trabalhadores brasileiros e que servem para manter uma maioria de nosso povo pobre apoiando um governo que lhe dá apenas migalhas enquanto a riqueza de nosso país é entregue a uma minoria de ricos que comandam o país desde que Cabral pisou os pés aqui nesta terra brasilis. Foi muito vergonhoso, revoltante e constrangedor assistir a tudo isso.
    Zé Roberto – Professor de História da Rede Estadual, Militante do PSTU e ex-candidato a prefeito de Itabuna

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top