skip to Main Content
19 de setembro de 2020 | 11:32 am

MORADOR DE RUA PRECISA DE SOCORRO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Stanley colocou catraca e pode perder um dos dedos (Foto Branca Magalhães).

Stanley colocou catraca e pode perder um dos dedos (Foto Branca Magalhães).

Branca Magalhães*
O morador de rua conhecido como Fernando ou “Stanley” vive em Itabuna há alguns anos. Usuário de drogas, Fernando tem uma vida como a maioria dos mendigos da cidade.
Há pouco mais de dois meses, Fernando colocou em seus dedos algumas catracas (peças de bicicleta). Após alguns dias, um dos dedos começou a inchar e encontra-se no estado revelado pela foto acima.
Cidade com pouco mais de 200 mil habitantes, Itabuna já foi conhecida pelo acolhimento, pela convivência pacata. No entanto, a cidade encontra-se decadente, fortemente desestruturada e marcada pela miséria pública e violência. O abandono na área educacional, saúde, segurança e outros, tem sido o fruto mais colhido nos últimos anos.
Em todo canto da cidade é possível notar a presença de algum morador na rua, crianças, jovens, adultos e idosos. Pessoas que, por diversos motivos, deixaram de viver dignamente, de estarem integradas à sociedade itabunense. O decreto 40.232/01 atribui ao poder público a responsabilidade de prestar atendimento aos moradores de rua.
As oportunidades são nulas. Essas pessoas são vistas como incômodo para a maioria da população, que, por sua vez, o máximo que fazem é doar algum tipo de alimento quando solicitado.
*Estudante de jornalismo.

Esta publicação possui 36 comentários
  1. Em Ilhéus a situação dos moradores de rua não diferente. Tem o caso de um mendigo que está com a perna em estado de decomposição. Fez uma cirurgia, como mora na rua e não teve como estar livre de infecções, a platina já etá exposta, a perna em estado de decomposição. Ele fica em uma praça do centro da cidade, próximo ao supermecado Delta, onde sobrevive invisível a sociedade.

  2. Parabens a Branca Magalhães pela sua tão importante reportagem repleta de palavras dignas que retratam a realidade da nossa querida e amada Itabuna, sem deixar de apontar a falta de humanidade governista por tantos anos.

  3. Certa vez uma conhecido que foi para o Rio Grande do Sul ou para o Paraná, faz um pouco de tempo a memória foge, diz que tanto pelo aeroporto quanto pela rodoviária, tem um letreiro em letras garrafais, dizendo:”QUER FAZER CARIDADE, PROCURE UMA INSTITUIÇÃO”! Até recentemente um padre do moda disse a mesma coisa, visto que, segundo ele, toda vez que doa algo para estas pessoas na rua, proporcionam eles a ficarem na rua, e fugirem, renegarem as instituições que trabalham em prol de ajudá-los a recuperar a dignidade humana perdida.
    Pois bem comungo deste pensamento do letreiro, porque as nossas praças, áreas de lazer há muito tempo deixou de ser lugar onde as crianças poderiam por exemplo, brincarem tranquilamente; e estão invadidas pelos usuários de álcool e drogas, que fazem suas necessidades básicas e sexos ao ar livre sem respeitarem ninguém. Dizem que está vindo aí no governo da mudança o CREAS POP, que trabalha com população de rua; portanto, boas instituições e programas, pode dar até mesmo para quem não querem se dar uma nova chance de vida… É o tipo vedado da bolsa família, não dá dignidade a ninguém, da acomodação… Pois pais, mães, responsáveis… De família que tem dignidade, respeito por ele e pelos seus agregados, jamais ficariam satisfeito com esta “bolsa esmola”.
    Sendo assim, procuremos boas instituições da nossa cidade como : LBV, Baldoíno, Albergue Bezerra de Menezes, Abrigo São Francisco, Lar Fabiano de Cristo, Ação Cidadania, GAAC, Núcleo Cuidar, Creche Maria Goretti, etc; ajudando estas instituições, estaremos ajudando a nossa cidade a ser um lugar melhor, não por não termos nelas mais mendigos, nóias, meioteiros… Mas por sabermos, que estas pessoas agora são de novos sujeitos de direitos e não objetos delas.
    Enfim, que fazer uma boa caridade, procure uma instituição!

  4. Esta fotografia que a propaganda oficial do governo federal não mostra e o mesmo, quer criar um “filtro” para frear a imprensa.
    Contudo,está estampado nos quatro canto do Brasil a miséria e com uma agravante,o Brasil é N° 1 no mundo em consumo de crack.
    Há 12 anos deste governo,hoje o Brasil é o próprio poço.
    O Brasil precisa emergi-se e escrever uma outra história.
    O governo do Partido de ladrões e bandidos que é o “partido dos trabalhadores” pensam e comungam com estes pensamentos e ideias;
    “Quando maior a mentira,a maior chance de ela ser verdade”
    “Que sorte para os ditadores que os homens não pensão”
    Adolfo Hitler. 1889-1945.

  5. Que pena. Se os poderes públicos de nossa querida cidade funcionassem de forma simples, como determina a Lei, esse pobre moço não estaria neste quadro de humilhações, dependendo de abrigo, atenção, acompanhamento, uma simples cirurgia.

  6. tenho uma proposta para Sr. Vane… primeiro: que ele monte um mini gabinete ao lado da sede da Receita Federal (próximo à ponte de pedestre do Conceição), só assim ficará mais sensível com o que acontece em Itabuna, sentindo o cheiro do Rio Cachoeira… depois que ele passe a despachar ali durante o dia para ouvir as pessoas!!! Vai a proposta!!!
    Vamos trabalhar, rapaz!!!

  7. Conheço Fernando das ruas do Conceição,esses dias chamamos o SAMU e ele correu, amedrontado. Ja internou algumas vezes no sao judas, onde trabalho como assistente social.Caso consigam pega-lo levem para o hospital de base, la trataremos desse problema, temo que ele possa perder o dedo.

  8. A mensagem(noticia) postada acima, é a dura e cruel realidade de Itabuna.PESSOAS E ANIMAIS(DOENTES) SE MISTURAM por toda a cidade, sem que o poder público tome qualquer atitude,

  9. Ta na hora do prefeito (evangelico) mostrar seu ládo solidário e tomar uma medida eficaz e humana pra esses coitados. Esse tapaz certamente terá seu dedo amputado mas isso tem que ser feito logo para que não se comprometa a mão toda. Sei que muitas pessoas criticam os evangélicos, eu não sou uma dessas, eu entendo, eu acho legal servir a Deus mas para se ser um servo de Deus o mais importante de tudo é o amor ao próximo e isso não esta sendo feito por Vane. Mãos a obra prefeito!!!

  10. Branca,
    Jesus abençoe você pela sensibilidade. Muitos já viram essa cena nas ruas de Itabuna, e muitas outras, mas passam, indiferentes.
    O serviço social da Prefeitura tem a obrigação de amparar essas e, nesse caso específico, encaminhá-las ao serviço de saúde próprio.

  11. CAROS SENHORES E SENHORAS
    CONHEÇO O JOVEM CITADO NESTA REPORTAGEM. É REALMENTE FERNANDO. TENTAMOS AJUDÁ-LO ALGUMA VEZES, MAS ELE TEM TRANSTORNO MENTAL GRAVE E NÃO PODE SER INTERNADO CONTRA A VONTADE SE NÃO HOUVER A INTERVENÇÃO DA FAMÍLIA.
    A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL TEM TRABALHADO ARDUAMENTE NO SENTIDO DE FAZER UM TRABALHO DE EXCELÊNCIA COM A POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA (MORADORES DE RUA) ATRAVÉS DA CRIAÇÃO DO CENTRO POP, ESPAÇO ESTE DESTINADO EXCLUSIVAMENTE A ESTA POPULAÇÃO TÃO SOFRIDA. EU MESMO JÁ FUI UM MORADOR DE RUA E FUI RESGATADO POR UMA ALMA CARIDOSA.
    CASO VC ENCONTRE O JOVEM FERNANDO ENTRE EM CONTATO COMIGO QUE A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FARÁ O QUE FOR POSSÍVEL NO SENTIDO DE RESGATAR ESTE JOVEM.
    PEÇO A ESTE SITE QUE DIVULGUE OS MEUS CONTATOS PARA QUE QUEM ENCONTRAR FERNANDO ME LIGUE A QUALQUER DIA E HORA!!!
    CONTATOS: (73)8812-7604 OU (73) 9133-6993

  12. Fernando Ana nas ruas do Conceição, a saúde dele não eh nada boa, precisa de atendimento medico urgente, acho que ele tem tuberculose, tosse muito eh um sofrimento pela Rua a noite!

  13. Prezado Pimenta,
    Peço que identifiquem o cidadão a que se refere essa matéria e informem para a Secretaria de Saúde, ou ao SAMU 192 providenciarmos seu tratamento.
    Grato,
    Renan Araujo – Secretário de Saúde

  14. Não quero aqui negligencia a comoção causada pela imagem….Mas uma indagação gostaria de deixar: ele consegue alimentar seu vicio e nao consegue se tratar??? Eu gosto de ajudar o ser humano, qdo ele mostra vontade, mostra querer… è uma sensação ruim ajudar que nao demonstra vontade…vc se sente impotente por nao saber se esta valendo a pena… A primeira vez sempre é uma opção e nao uma necessidade, assim como qualquer decisão, so depende da nós…

  15. É muito triste quando verificamos uma sociedade que restringe seus atos a reuniões diárias para discutir o óbvio: problemas que afligem nossa comunidade. Mas após os demorados almoços ou jantares, essas pessoas passam pelas ruas ignorando a dor causada por aqueles problemas levantados diariamente. É a mesmice das coisas, é a banalização do sofrimento alheio. E todos continuam sua caminhada como se nada estivesse acontecendo. O importante para essa gente é apenas reunir…É chique…Sempre é notícia.Falta atitude!
    Continue sensível, jornalista! Parabéns pela importante matéria!

  16. A cena mencionada não é exclusividade de Itabuna ou Ilhéus. Isso acontece no Brasil inteiro, seja Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, ou outra cidade de grande ou médio porte. A inclusão social, bandeira levantada pelo governo do PT, ainda não chegou a todos os cidadãos e é agravada pela dependência do crack, que está dizimando famílias antes estruturadas.
    O nosso governo deve investir massissamente em uma educação de boa qualidade, em todos os níveis, para mudar a realidade desse país, deixando de ser apenas assistencialista, ou seja, não dando mais o peixe e sim ensinando a pescar.

  17. O comentarista Antonio Sergio, não importa o que as outras cidades e outros estados, estamos falando desta realidade que tem que ser resolvida, sabemos que existe pessoas sem chance, que hoje não temos um Hospital com qualidade não adianta dizer que o paciente terá uma melhor cura junto aos parentes pois tem situação que não da para os familiares suportar pela violencia deles, por outro lado solicitamos as autoridades deste municipio o SR CLAUDEVANE LEITE, home de DEUS que faça sua parte como Homem de DEUS!

  18. A Saúde mental do nosso município esta um desastre, antes funcionava precário mais funcionava e hoje um único Hospital o municipio hoje não ajuda não investe em um único Hospital Psiquiátrico, deixa eles terem um doidinho como disse o ex secretario Bira,so quem tem um doidinho sabe o sofrimento, fico triste que o nosso Prefeito em relação a SAÚDE não faz nada, deveria montar uma equipe todos os órgãos ligado a Saúde se envolvesse, pois sabemos que tem muitos por falta de oportunidade de um tratamento decente pessoas que tivesse amor a Saúde e não dinheirista que so vem pegar o dinheiro da nossa cidade e perseguir funcionários.

  19. Tudo bem que o pobre coitado esteja precisando de ajuda, mas quem precisa mesmo de ajuda é a nossa cidade.Itabuna está renegada ao tempo. Ultimamente as notícias sobre Itabuna só nos entristecem. Não temos plano de nada, não temos praças para levarmos nossas crianças nos finais de semana, não temos lazer, não temos cinema, teatros, parques municipais, festivais,enfim não temos o que mostrar e se orgular da nossa cidade. Proliferam bares, golpes financeiros, grana fácil, muita gente que só vive de pose, de eu tenho isso, eu tenho aquilo, meciocridade, gente de pouca cultura. No governo nem se fala: ruas sujas, esgoto sem tratamento, bairros abandonados, população miserável, desemprego, gente perambulando por tudo que é lugar sem ter o que fazer, sem esperança e perspectiva de vida. O que podemos oferecer aos nossos filhos que estão crescendo e se educando nesse cenário? NADA, não podemos nos orgular de nada nessa “joça”, “roça”.
    Uma população que não sabe reivindicar os seus direitos e vêem num político ou políticos um SALVADOR DA PÁTRIA. Pudera, impera lei do pão e circo. Ou seja, como na Roma Antiga o povo não ligava para nada, não se interessavam com os problemas que realmente poderiam e viriam a afetar as suas vidas, pois havia pão e circo. Não quero acreditar, mas não só em Itabuna, como na maioria das cidades do nosso Estado chamado Bahia, atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu!

  20. Este Caso isolado EMBLEMA(da desgraça da dependencia quimica )É o panorama Nacional, refletindo o Atual, tobogã maldito, que vai permitindo a Galera da nova geração, a descer em direção ao Inferno das Drogas, da Violencia e da banalização do Sexo, que com isso desencadeia, uma serie de imediveis problemas, E A sociedade, sem Lider:(civil, Militar ou religioso) Faz vista Grossa, a esta catastrofe, que só aumenta por minuto… E não tem mais geito não, deixaram a fera crescer, e ai fica dificil de matar este Dragão . Ou Toda a sociedade Se mobiliza, (em reuniões com estudos e sugestões) Para Barrar as Drogas, ou daqui a pouco,vai virar uma Guerra civil … A coisa começa, com os shows(uma chave chamada ICE, que tem gosto de soda “LIMON ” Dai vem a Redonda, a Nº1 Geladissima, um Cigarrex, aprendeu a tragar, pinta a canabis(bagulho) dai sai para a Parada (poeira do capeta )já um passo dos caldeirões malditos, e termina no Cachimbo do Diabo !
    E Xauuuuuuuu, o infeliz usuario(tratado como doente) está no diafragma Retal da Cobra… Muito Pouca probabilidade de recuperação … Mestry Badahra mestrybadahra@gmail.com

  21. Gente estou feliz por terem conseguido esta reportagem, a tempos que venho lutando para ajudar esse rapaz, já fui no SAMUR, POLICIA e alguns Órgãos Públicos e todos se recusaram a me ajudar recolher esse pobre rapaz, fiquei muito triste em ver a falta de interesse em ajudar o próximo que estar precisando de ajuda. Peço que não passe despercebido essa foto, vamos lutar para que possamos junto com as autoridades um tratamento digno para esse sofredor.

  22. Parabéns Branca pela iniciativa de tornar publico o descaso da administração publica com a sociedade cabe a secretaria de bem estar social tomar as medidas para que ele seja acolhido e ser devidamente tratado como ser humano que é

  23. A cidadã que fez a foto, tornou publica a grave situação deste rapaz, quer ajuda melhor que está? agora cabe ás autoridades competentes tomarem suas providências

  24. Já tentamos ajudar de diversas formas, não sabemos mais como intervir. Não podemos simplesmente “lavar as mãos” e achar que “nossa parte” foi feita. Ele não deve ser caracterizado como o USUÁRIO DE DROGAS, pois por traz desta imagem há uma história de abandono…

  25. Lamentavelmente a nossa cidade está passando por crise de identidade, pois, não temos políticos que se dizem homens públicos (vereadores, prefeitos e deputados estaduais e federais) nada fazem para transformar Itabuna numa cidade boa de viver. Itabuna está em destaque no cenário nacional como uma das cidades mais violentas do País, ou seja, onde morre mais jovens de 15 a 25 anos. Itabuna deixou de ser uma cidade imponente e importante do sul da Bahia e se transformou num verdadeiro favelão, cheia de buracos e de miseráveis. Onde vamos chegar?
    Itabuna precisa urgentemente resgatar a sua dignidade, agora como? Nós não temos representantes políticos. A solução é irmos às ruas numa grande passeata como verdadeiros cidadãos e exigir das autoridades e do poder publico uma solução imediata para acabar com a miséria, o desemprego, a falta de saúde publica, segurança, educação de qualidade e construir um hospital para ate4nder os dependentes químicos e doentes mentais.
    Hoje eu posso dizer que os políticos de Itabuna que estiveram e os que estão no poder (vereadores, prefeito, deputados) não merecem a confiança e muito menos o voto dos itabunenses. Um grande abraço a todos.

  26. JA FIZEMOS PARTE DO PROCESSO ATRAVÉS DA SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL. O SECRETÁRIO JOSÉ CARLOS TRINDADE JÁ SE COMPROMETEU PESSOALMENTE NESTE CASO E DESIGNOU A MIM E AO SENHOR RICARDO SANTANA PARA DARMOS SOLUÇÃO A ESTE CASO.
    FERNANDO JÁ ESTÁ INTERNADO NO HOSPITALÇ DE BASE E PASSARÁ POR CIRURGIA PARA AMPUTAÇÃO DE UM DOSA DEDOS QUE INFELIZMENTE NÃO HÁ COMO APROVEITAR.
    APÓS OS CUIDADOS DE SAÚDE, TODOS OS CUIDADOS ASSISTENCIAIS DE GARANTIA DE DIREITOS SERÃO PRESTADOS A ESTE CIDADÃO DE NOME FERNANDO VIEIRA

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top