skip to Main Content
4 de junho de 2020 | 04:48 am

SEM LICITAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Alisson Mendonça (PT) esteve na inspetoria regional do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em Itabuna, e encontrou várias “pérolas” da gestão de Jabes Ribeiro, da vizinha Ilhéus.
Um delas: Jabes contratou empresa de contabilidade pela “bagatela R$ 308.307,00”. A empresa é de Salvador.
Contrato sem licitação, pois!

Vereador anuncia descobertas em rede social.

Vereador anuncia descobertas em rede social.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Conheço essa empresa, é de fato uma grande e renomada na área de contabilidade publica, Itabuna tb tem várias consultorias, inclusive um sistema de informática muito ruim, que a recebe a pechincha de mais ou menos 700.000,00, nossos vereadores não veem isso.

  2. Diante de uma infinidade de processos que o prefeito responde, não tendo sido condenado em nenhum, até agora,tanto que se candidatou, ganhou, foi diplomado e tomou posse,duvido que ele tenha cometido ou venha a cometer alguma irregularidade.
    Este vereador, ao invés de ajudar na recuperação da cidade que precisa se adequar para receber investimentos de grande monta, fica procurando bafo de onça e chulé de papagaio.
    Meu recado ao pobre edil: Na falta de não ter nada mais inteligente para se ocupar, vá procurar uma lavagem de roupa, meu pobre diabo.
    Fernando
    Em tempo: Já corre boato na cidade de que alguns vereadores “pseudo-ilheenses” estão incentivando o pessoal que sofrerá desapropriação de imóveis para passagem do traçado da ponte, para engrossarem o côro: DAQUI NÃO SAIO DAQUI NINGUEM TIRA.
    ffs

  3. Prezado Fernando Florencio vc acredita mesmo que esse prefeitinho de merda irá melhorar a cidade???? Temos mais é que colocar ele pra fora.

  4. O vereador fez o papel dele que é de fiscalizar os atos do prefeito. Aguardo a denuncia ao ministério público estadual e posteriormente ao Tribunal de Justiça da Bahia.

  5. Esse alisson não é aquele que foi secretario de nilton e bahia cachoeira? Não foi aquele mesmo que só fazia empregar pessoas suas na secretaria? Então está explicado,é questão pessoal.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top