skip to Main Content
23 de junho de 2021 | 02:38 am

FIFA: WE WILL NOT GO HOME

Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos cartazes mais frequentes nas manifestações de protesto que varrem o país é o que, em inglês, convida a Fifa a arrumar as malas e voltar para casa. É o “Fifa go home”.
De fato, chegou-se a cogitar que a entidade que controla o futebol mundial e organiza as Copas das Confederações e do Mundo atenderia ao comando da revolta popular, que tem como um de seus principais motivos de indignação os elevados gastos com a construção de estádios suntuosos.
De acordo com a Lei Geral da Copa, a Fifa pode cancelar o evento que esteja realizando, caso o país-sede não garanta condições de segurança. Como nesta quinta-feira, 20, o hotel que funciona como “quartel-general” da entidade em Salvador foi apedrejado por manifestantes, especulou-se imediatamente que a Copa das Confederações seria interrompida. E até que o Brasil deixaria de sediar a Copa do Mundo.
Hoje pela manhã, a Fifa desmentiu as duas possibilidades.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. É mentira, especulação do PT, para suprimir ações que ele mesmo criou, no Jornal da Record de ontem podia se observar como a inteligência do PT estava articulando um ação, nada como dizer que a FIFA, irias acabar com as copas, ora o brasileiro é apaixonado por futebol é claro que foi uma jogada de mestre.

  2. Gostei do comentário eu amo Itabuna, tem muitos manifestante que não tem noção da causa dos protesto, estão nessas idiotice, para praticar vãndalismo e depredação, em dois mil e quatorze, essa galera vai novamente eleger os mesmo, em troca de vantagem e ficar calados, dinheiro para saúde, educação, infra instrutura e ação social etc, vem religiosamente, mas os prefeitos, vereadores e suas quadrilhas, desviam o que pode e o povo se f….

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top