skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 10:32 pm

O MEDO DO DOIS DE JULHO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Samuel Celestino | Bahia Notícias
O governador Jaques Wagner disse que não vai mudar a sua agenda para o Dois de Julho, e não deve mudar mesmo, nem o prefeito ACM Neto, na medida em que são, pelos cargos que ocupam, presenças obrigatórias no festejo da Independência, que, há pouco, por decisão da presidente Dilma, se tornou uma data nacional. Até lá, se o pacote anunciado pela presidente na noite de ontem tiver boa acolhida dos manifestantes e da população de maneira geral, como é muito provável que tenha porque, em cinco itens, o pacote abrange todas as reivindicações das ruas, não há o que temer. Caso contrário, o Dois de Julho será magro de políticos que estão na berlinda, de rabo entre as pernas, tanto eles quanto seus partidos que são desdenhados pela população de maneira geral, conforme revelaram as pesquisas.
Leia mais

Este post tem um comentário
  1. A sociedade da Bahia fez muito bem eleger o Sr.Jaques Wagner,na primeira eleição,esta sociedade foi saiba!
    A releição á sociedade não foi inteligente,era para despachar o infeliz governador pra Cuba ou Coreia do Norte.
    A sociedade deixou se elevar pelas mentiras repetidas todos os dias na propaganda oficial do governo da Bahia.
    A Bahia tem de tudo,água,educação,saúde,segurança,estradas etc,e a sociedade,creio que pela a boa fé dos baianos acreditara na propaganda oficial do governador.
    Contudo,a mentira tem perna curta,o Sr.governador esta numa sinuca de bico.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top