skip to Main Content
31 de março de 2020 | 06:51 am

SALVADOR: MOVIMENTO QUER REDUÇÃO DE TARIFA DE ÔNIBUS E MUDANÇA DE NOME DE AEROPORTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os coordenadores do Movimento Passe Livre concederam entrevista coletiva, nesta tarde (26), em Salvador, para apresentar os 21 pontos de documento que entregarão amanhã ao prefeito ACM Neto.
Dentre os principais pontos, estão a redução imediata da tarifa de ônibus (hoje é R$ 2,80), frota circulando 24 horas, passe livre para estudantes – inclusive de curso pré-vestibular – , ampliação e renovação da frota e a criação do bilhete único que permita 4 viagens no prazo de até 3 horas.
AEROPORTO 2 DE JULHO
Os coordenadores do movimento lembram que Salvador tem uma das tarifas mais caras entre as capitais do país e a mais alta do Nordeste. O Movimento Passe Livre também cobra que o aeroporto de Salvador volta a ser, oficialmente, 2 de Julho. Hoje o terminal soteropolitano leva o nome do ex-deputado Luís Eduardo Magalhães, tio do prefeito de Salvador.
Outro ponto é a ampliação da meia tarifa também para feriados e não só aos domingos. Extinção da taxa para recadastramento do Salvador Card, investigação dos gastos com a construção do metrô – que ainda não foi concluído e o projeto Cidade Bicicleta, de construção de ciclovias, projeto que prevê construção de 217 quilômetros de vias exclusivas para bicicletas.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Para mim isso tudo parece um sonho srs… Mas sonhar não paga! Acredito que a mudança no nome do aeroporto e extinção da recadastramento do salvador card é até possível e relevante. Mas acreditar em todo o corpo parece ser mitológico. Entretanto, se fosse aplicado mesmo os projetos do clamor popular sem sobra de dúvida será uma mudança de fundamental importância.
    Outra, acredito que o povo quer varrer a sujeita, deixada pelos ACMistas. srsr…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top