skip to Main Content
21 de fevereiro de 2020 | 08:50 am

PROTESTO É MARCADO POR INSULTOS À CTB E CRÍTICAS A VANE

Tempo de leitura: 2 minutos
Manifestantes interditam avenida em frente à Prefeitura e fazem críticas a Vane.

Manifestantes interditam avenida em frente à Prefeitura e fazem críticas a Vane.

A manifestação do Comando Popular de Itabuna saiu da Praça Simão Fitermann (São Caetano) com duas horas de atraso e foi marcada por insulto de ativistas contra membros da CTB e do Sindicato dos Comerciários. O ato foi encerrado na Praça Adami, na região central.
Esvaziada após protestos do grupo Juventude de Luta e de ativistas sem ligação com partidos, a manifestação “desceu” a Avenida Princesa Isabel com pouco mais de cem pessoas da Assembleia Nacional dos Estudantes (Anel), do DCE da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e entidades com vínculos com o PCdoB.
Jovens manifestantes brincam durante interdição da Avenida do Cinquentenário.

Jovens manifestantes brincam durante interdição da Avenida do Cinquentenário.

Um grupo de estudantes entoava palavras de ordem contra a CTB, chamando a entidade de “oportunista”. Líderes do Comando Popular, como Robenílson Torres, afirmam que a participação da CTB e do Sindicato dos Comerciários não havia sido aprovada em assembleia, ao contrário do que afirmou a assessoria da CTB e a presidente do Sindserv, Karla Lúcia Oliveira.
Após negociações, o grupo saiu da praça do São Caetano e seguiu pela Avenida Princesa Isabel. A primeira parada ocorreu em frente à sede da Prefeitura de Itabuna, quando as duas pistas da avenida foram interditadas e líderes do movimento criticaram o Governo Vane. Os estudantes voltaram a cobrar passe livre em Itabuna.
Na sequência, houve interdição da Ponte Carlos Lacerda (São Caetano) por cerca de 15 minutos, quando os jovens seguiram pela Cinquentenário e fizeram paradas nas praças Camacan e Adami, onde o ato foi encerrado.

ESPANHA FARÁ FINAL CONTRA O BRASIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bonucci chuta para fora e dá vaga à Espanha na final das Federações foto Getty Images Fifa

A Espanha bateu a Itália na cobrança de pênaltis (7 a 6) e fará a final da Copa das Confederações-2013 contra o Brasil, no próximo domingo (30), às 19h, no Estádio Maracanã. A cobrança de penalidades veio após empate no tempo normal e na prorrogação. O italiano Bonucci não converteu a cobrança e Navas fechou a favor da Espanha. A foto de Jasper Juinen/Getty Images-Fifa mostra o momento em que jogador italiano chuta cobrança por cima do gol.

MOVIMENTO PASSE LIVRE "EMPAREDA" ACM NETO, QUE É FORÇADO A MARCAR AUDIÊNCIA PÚBLICA

Tempo de leitura: 2 minutos
Integrantes do MPL exibem críticas à Globo e caminham para prefeitura (Foto Marival Guedes/Pimenta).

Manifestantes criticam a Globo em passeata à prefeitura (Foto Marival Guedes/Pimenta).

O Movimento Passe Livre Salvador realizou novo ato público hoje à tarde, saindo do Campo Grande até a Praça Tomé de Souza onde fica a prefeitura. No trajeto, na Praça Castro Alves os manifestantes foram bloqueados pela PM. Mas o comandante Nivaldo Nascimento negociou com um grupo e a passagem foi liberada.
O comandante solicitou que, caso surgisse algum manifestante exaltado, o próprio MPL tentasse controlá-lo por meio do diálogo. A manifestação foi pacífica.
Antes, pela manhã, foi entregue na prefeitura a Carta divulgada ontem com as reivindicações aprovadas em assembleia. O documento e uma solicitação de audiência pública foram protocolados.
ACM NETO “EMPAREDADO”
À tarde na prefeitura o secretário José Carlos Aleluia e o vereador Léo Prates desceram para intermediar uma reunião entre líderes do movimento e o prefeito ACM Neto. Mas o MPL recusou a formação de uma comissão, reforçando a solicitação da audiência. O prefeito iria descer para falar com os manifestantes mas desistiu e ficou de definir uma data para a Audiência Pública.
No trajeto os militantes repetiam palavras de ordem pela redução da tarifa da passagem e contra a Rede Globo. “ Em São Paulo já caiu, no Rio já caiu. Salvador vai se unir e a tarifa vai cair”. “O povo não é bobo, abaixo a rede Globo”, gritavam exibindo faixas e cartazes. Depois, um grupo se dirigiu até a Estação da Lapa.
A próxima assembleia será no sábado (29), 14h no Passeio Público. Nesta reunião será discutido quando será o próximo ato. Já existe uma proposta para que seja no Dois de Julho. Marival Guedes, de Salvador.

MIRALVA E PT DISCUTEM RELAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Membros da Executiva Municipal do PT convocaram uma reunião para esta noite de quinta (27). Querem saber da presidente do PT, Miralva Moitinho, qual o assunto da audiência que a dirigente teve, na terça (25), com o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite.
Vão ouvir de Miralva que pouco ou nada andou, já que o prefeito está indeciso. Por enquanto, há uma posição no partido de que petistas que fizerem parte do governo de Vane não terão direito a voto nas eleições gerais da legenda, em novembro.

MANIFESTAÇÃO COMEÇA, APÓS "BRONCA"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Esvaziada, manifestação começou com duas horas de atraso.

Esvaziada, manifestação começou com duas horas de atraso.

Mesmo insatisfeito com a participação dos militantes do PCdoB, um pequeno grupo de manifestantes desce neste momento a Avenida Princesa Isabel. Antes de sair da concentração, organizadores discursaram, reforçando o caráter apartidário do protesto e criticando os comunistas.
A situação acabou esvaziando o ato. Dos 15 mil convocados pelas redes sociais, há cerca de cem na manifestação.

PRESENÇA DO PC DO B INVIABILIZA PROTESTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A presença de militantes do PCdoB e da Confederação dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB) acabou por inviabilizar a manifestação convocada pelo Comando Popular para a tarde desta quinta-feira, 27, em Itabuna. A data foi definida como Dia Nacional de Luta pelas Reivindicações dos Trabalhadores e da Juventude.
Neste momento, menos de cem gatos pingados continuam na Praça Simão Fitterman, local marcado para a concentração do ato.
Houve discussão entre coordenadores do protesto e militantes comunistas, e os primeiros disseram não aceitar a participação de ninguém com camisa ou bandeira de partidos. Não houve acordo e muitos manifestantes foram orientados a voltar para casa. Outros, que ainda não tinham chegado, foram informados do que ocorria via Facebook, a rede que tem sido utilizada para mobilizar os participantes dos protestos.

IMPASSE NA MANIFESTAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Manifestantes ligados à Juventude Estudantil desistiram de participar de caminhada.

Manifestantes ligados à Juventude Estudantil desistiram de participar de caminhada.

Militantes do Comando Popular, que tem estado à frente dos protestos de rua em Itabuna, rejeitam a infiltração de membros do PCdoB no movimento. Na verdade, assim como ocorre em todo o país, os manifestantes estão refratários aos partidos de modo geral, mas em Itabuna os comunistas têm conseguido conquistar alguns espaços, como se deu na reunião do dia 25, na qual foram discutidas questões relacionadas à mobilidade urbana com o prefeito Claudevane Leite.
Neste momento, no bairro São Caetano, há divergência explícita entre o Comando Popular e os cururus. A concentração na Praça Simão Fitterman começou às 15 horas, mas há gente que não quer descer para o centro da cidade ao lado do pessoal da PCdoB e da Confederação dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), ligada ao partido.

CTRL+C…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Copiar conteúdo de um veículo de comunicação sem dar o devido crédito é crime. Todos – ou quase todos – sabem. Mas, nos últimos tempos, a blogosfera regional foi invadida por muita gente que parece (?) desconhecer a legislação.
A prática tem sido cada vez mais comum no eixo Itabuna-Ilhéus e não se resume apenas a textos, mas também a imagens.
Sites que trabalham na produção de conteúdo próprio no sul da Bahia têm sido vítimas da malandragem virtual.
Fica o alerta.

O PRESENTE DA CIDADE

Tempo de leitura: 3 minutos

Jabes (1)Jabes Ribeiro | ilheus.secom@gmail.com

É preciso salientar que desde janeiro tomamos medidas administrativas importantes para assegurar a prestação de serviços públicos, reduzindo gastos abusivos.

Quando concordei em concorrer pela quarta vez à Prefeitura de Ilhéus, sabia que tinha pela frente uma longa e dura jornada para devolver a dinâmica social, econômica e cultural do município e resgatar a autoestima da população, que parecia não mais ver soluções para os graves problemas que se enraizaram nos últimos anos.
Sabia que o desafio não era apenas administrativo, dizia respeito também à retomada da credibilidade do município junto às esferas Federal e Estadual, sem a qual não seria possível conseguir o apoio necessário para trazer os benefícios que Ilhéus tanto precisa.
Neste aniversário de Ilhéus, com a assinatura, pelo governador Jaques Wagner, da ordem de serviço para a construção da nova ponte que ligará o centro à região sul, damos mais um importante passo para ultrapassar aquela barreira do descrédito que travava o desenvolvimento do município. Fomos ao governador, explicamos nossa situação, pedimos urgência, e hoje estamos celebrando este presente.
A construção da primeira ponte estaiada da Bahia é de fato um presente para a cidade. Um presente tão esperado, que vai promover melhorias na mobilidade urbana e colaborar com o transporte de cargas aqui no sul e, posteriormente, em todo o Estado, com a implantação da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) e do Porto Sul. A ponte já é uma realidade. Já faz parte do presente da cidade.
Graças ao êxito da nossa parceria com o Estado, podemos dizer que também já fazem parte do presente da cidade o novo Hospital Regional, uma Unidade Básica de Segurança e um Núcleo do Sistema Baiano de Incubação, que fortalecerá as atividades do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (Cepedi). Todos projetos prontos para ser implantados. E já está em fase final o projeto executivo para a requalificação da Central de Abastecimento do Malhado.
Temos um diálogo permanente com pastas importantes do governo Federal, obtendo apoio para iniciativas como o saneamento da Bacia do Pontal e a retomada do programa Viva o Morro (incluídas no cronograma de verbas do PAC II), e buscamos incluir Ilhéus no programa Cidades Digitais. Já iniciamos a construção do Centro Educacional Unificado das Artes e dos Esportes, com recursos do PAC II, e demos continuidade às obras de Requalificação da Orla Sul, paralisadas desde meados do ano passado, e garantimos duas Unidades de Pronto Atendimento (nas zonas Norte e Sul).

Leia Mais

WAGNER AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE PONTE E OUVE PROTESTO EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Ao lado de Jabes, Wagner exibe ordem de serviço para início das obras (Foto Manu Dias).

Ao lado de Jabes, Wagner exibe ordem de serviço para início das obras (Foto Manu Dias).

A solenidade de assinatura da ordem de serviço da nova ponte ligando o centro à zona sul de Ilhéus foi encerrada há pouco, no hotel Praia do Sol. O governador Jaques Wagner defendeu as manifestações ocorridas em todo o país, fez observações e ouviu cobranças relacionadas – principalmente – ao terminal pesqueiro inaugurado em novembro do ano passado, mas que não funciona até agora.
Com informações da equipe do cerimonial, Wagner respondeu que o terminal deve entrar em funcionamento em agosto. “Vou falar com o secretário de Agricultura (Eduardo Salles), com o pessoal da Bahia Pesca. Esse equipamento tem que servir às pessoas”, disse.
As cobranças foram feitas diante do ex-presidente da estatal da pesca, Isaac Albagli, hoje secretário de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus. Houve constrangimento. Cássio Peixoto assumiu em lugar de Albagli logo após a inauguração do terminal, ano passado. E havia prometido pleno funcionamento em junho.
Wagner ainda falou dos protestos ocorridos no país. E saiu-se com uma metáfora:
– A gente dá banho na criança e tem que jogar a água suja [fora]. Não pode jogar a criança junto. A democracia é uma criança.
Ao contrário de outras solenidades, desta vez o prefeito Jabes Ribeiro não se lamentou das dificuldades financeiras. Falou do pacto por Ilhéus e fez elogios a Wagner, afirmando que o petista era “o melhor governador da história” da Bahia.
A PONTE
Wagner assinou a ordem de serviço em solenidade com prefeitos regionais, dentre eles o anfitrião Jabes Ribeiro, e deputados. “Não tenho dúvida de que a ponte vai aumentar o embelezamento da cidade, melhorando muito o fluxo e o turismo de Ilhéus”.
A ponte custará R$ 165,2 milhões e terá 497 metros de extensão. Além desta obra, também será construído sistema viário de 2,2 quilômetros, interligando-a à BA-001. O projeto inclui ainda a implantação de vias de acesso e ações de embelezamento. A previsão é de que a obra seja concluída em 24 meses. Confira, no vídeo abaixo, detalhes da ponte e da urbanização de parte da orla.

Back To Top