skip to Main Content
5 de junho de 2020 | 04:16 am

CASO ÁGUIA BRANCA: PERITOS DENUNCIADOS PELO MP SÃO OUVIDOS EM AUDIÊNCIA

Tempo de leitura: 2 minutos
Priscyla, Tatiana, Elys Maiane e Larissa são as vítimas do acidente.

Priscyla, Tatiana, Elys Maiane e Larissa são as vítimas do acidente.

Quatro peritos envolvidos na confecção e aprovação do laudo de acidente ocorrido em 5 de janeiro de 2008, na rodovia Ilhéus-Itabuna, serão ouvidos em audiência na 2ª Vara Criminal em Itabuna, no Fórum Ruy Barbosa, nesta quinta (27), às 14h. Paulo Roberto Libório, Robson Lincoln Farias, Sérgio Murilo Cardoso e Sérgio Selma dos Santos, do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, foram denunciados por falsa perícia pelo Ministério Público da Bahia.
A colisão do Ford Fiesta (JOK-7698) com o ônibus da Águia Branca (MQM-0992) em frente à Churrascaria Los Pampas provocou a morte das estudantes Larisa Alpoim, Priscyla Gama, Tatiana Franco e Elis Maiane Santana. Os técnicos do DPT itabunense negam erros ou favorecimentos à empresa Águia Branca e acabaram absolvidos em processo administrativos devido à prescrição das investigações.
A denúncia contra os peritos foi feita pela promotora pública Renata Dacach. Ela comparou resultados de laudos confeccionados pelos peritos do DPT de Itabuna com os laudos da equipe da corregedoria do DPT e da Polícia Civil e um laudo independente para oferecer a denúncia à Justiça.
“ALTEROU A VERDADE DOS FATOS’
Além disso, a promotora observou diversas ligações e suspeitas de favorecimento da Águia Branca ao perito Paulo Libório, contra o qual solicitou quebra de sigilos bancário e fiscal.  Para Dacach, Libório “alterou a verdade dos fatos relativos ao acidente em troca de benefício ou promessa de benefício” da Águia Branca. Lincoln, Sérgio Murilo e Sérgio Selma acabaram denunciados por subscrever um segundo laudo do acidente e que chegou às mesmas conclusões do trabalho de Libório.
As suspeitas de favorecimento por parte da empresa de ônibus para mudar o resultado do laudo é reforçada pela série de ligações de um funcionário da Águia Branca para Libório. Outro ponto destacado pela promotora na denúncia é que a empresa ingressou com ação contra a família de Priscyla, cobrando R$ 5 mil pelo reparo do para-choque do ônibus, mesmo antes do laudo ter sido tornado público ou chegado às mãos do delegado que investigava o caso.
O ACIDENTE
A colisão que provocou a morte das quatro estudantes universitários ocorreu por volta das 19h45min de 5 de janeiro de 2008, quando elas retornavam para Itabuna em um Ford Fiesta. No quilômetro 25 da Ilhéus-Itabuna, houve o acidente com o ônibus da Águia Branca.
O laudo de Libório diz que a colisão foi provocada pela motorista do Fiesta, Priscyla Gama. Já os laudos da corregedoria do DPT e da empresa contratada por familiares de duas das vítimas apontavam a invasão da mão contrária por parte do ônibus da Águia Branca, conduzido pelo motorista Almir Silva Lima.

Esta publicação possui 18 comentários
  1. Alguma coisa houve de errado com a perícia. Senão o MP, não daria seguimento ao caso, digo lamentável, nas perdas dessas quatro estudantes. Eles terão que explicar muita coisa, pelo visto, e depois serão indiciados por corrupção ativa e outros crimes, juntamente com outros envolvidos da empresa de ônibus.

  2. QUATRO JOVENS MORTAS – E A ÁGUIA BRANCA QUER INDENIZAÇÃO DE PARA-CHOQUE DO ÔNIBUS
    O leitor deve ainda lembrar do trágico acidente que vitimou quatro jovens na BR-415, no dia 5 de janeiro de 2008 – Elis Mayane dos Santos Santana, Larissa Prates Andrade, Priscylla Gama Antunes e Tatiana Berbert Pitanga. Conta o Xilindró Web que um delegado especial, Luciano Patrício, foi designado para investigar o acidente. Segundo o blog, esse delegado, aliás, revelou detalhes do inquérito ao jornal Diário Bahia.
    Uma das informações que mais chamou a atenção foi a de que a Viação Águia Branca acionou na Justiça a família da jovem que guiava o Fiesta, Priscylla Gama. O processo é para cobrar da família da ex-universitária o valor do prejuízo causado pela batida no para-choque e na lanterna do ônibus. O valor da causa é R$ 5 mil.
    Segundo o policial, a ação teve início 10 dias depois do acidente. “A empresa quer receber o espólio no valor de R$ 5 mil, referente aos danos causados em um dos para-choques do ônibus envolvido no sinistro”, informa.
    De acordo com Patrício, embora legal, esse pleito lhe parece imoral. “A família perdeu filha, três amigas e o próprio carro. Uma empresa nesse porte, com a condição econômica que tem, mover uma ação na justiça para poder receber os valores referentes a uma lanterna e um pára-choque!”, dispara, segundo o blog.
    O delegado afirmou também que essa ação da empresa gerou indignação em uma das famílias das vítimas, que iniciou a contestação do resultado da perícia realizada pelo DPT de Itabuna.
    A contestação, por sua vez, motivou nova investigação, o que justifica sua presença na cidade. Ele já fez a reconstituição do acidente, mas não informou suas conclusões. Os peritos do DPT de Itabuna foram chamados a Salvador, para explicar a divergência de opiniões sobre o laudo que determinou as responsabilidades pelo acidente.
    Fonte Pimenta Na Muqueca Em 21/12/2009
    https://www.pimenta.blog.br/2009/12/21/quatro-jovens-mortas-e-a-aguia-branca-quer-indenizacao-de-para-choque-do-onibus/

  3. -NÃO SOU PERITO, NÃO ESTAVA NO LOCAL NA HORA DO ACIDENTE, E TÃO POUCO ADVOGADO DA EMPRESA, MAS O QUE SE SABE, É QUE ESSAS MOÇAS ESTAVAM EM UMA FESTA INGERINDO BEBIDAS ALCÓLICA, PORTANTO NÃO DEVERIA ESTAR DIRIGINDO.
    -OUTRO FATO SABIDO POR TODOS É QUE A ÁGUIA BRANCA É BASTANTE RIGOROSA E CRITÉRIOSA COM RELAÇÃO AOS SEUS MOTORISTAS NO CUMPRIMENTO DAS LEIS DE TRANSITO. O ÔNIBUS ESTAVA TRANSITANDO EM VIA URBANA, POIS TINHA ACABADO DE SAIR DO PONTO (POSTO CACHOEIRA) PORTANTO NÃO DESENVOLVIA VELOCIDADE ACIMA DO PERMITIDO.
    -SÓ EXISTEM TRES CAUSAS PROVÁVEIS PARA A EMPRESA SER RESPONSABILIZADA POR ESTE ACIDENTE LAMENTÁVEL; a)QUEBRA DE PEÇAS DA DIREÇÃO, FAZENDO COM QUE O MOTORISTA PERDESSE O CONTROLE DO ÔNIBUS.-b)O MOTORISTA TENHA SOFRIDO UM MAL SÚBITO, COMO UM INFARTO OU DESMAIO. -c)O MOTORISTA TER SOFRIDO UM SURTO PSICÓTICO E RESOLVIDO JOGAR O ÔNIBUS EM CIMA DE QUEM VIESSE A SUA FRENTE.
    -DE UMA COISA EU TENHO CERTEZA, POIS ASSIM A MEDICINA DIZ E COMPROVA TODOS OS DIAS, ALCOOL E DIREÇÃO NÃO COMBINAM. MAIS TEM MUITA GENTE QUE VIVE COMO SE FOSSE ETERNO E INDESTRUTÍVEL.

  4. O nome da Promotora, e Dra. Renata Caldas Sousa Lazzarini!
    Da Redação: Agradecemos a colaboração, Estudante, mas o nome da promotora que ofereceu a denúncia é mesmo Renata Dacach. Mais precisamente, Renata Barros Dacach Assis.

  5. Águia Branca na década de 80,anexou a Sulba no seu Império do Transporte de Itabuna X Salvador. Esta empresa era a única que competira com a Águia Branca.
    Entretanto, na calada da noite a empresa de ônibus da Sulba,foi vendida a preço de hoje,por( R$ 1 real) que teve como cúmplice o
    então prefeito de Itabuna,o Sr.Fernando Gomes de Oliveira e o então governador da Bahia,o Dr.Waldir Pires.
    O Brasil vive um grande momento,a sociedade clama por não corrupção neste país, tá na hora de exigir transparência da ÁGUIA BRANCA!

  6. CARLOS AUGUSTO,
    Vc estava no local do acidente? E estava juntos com a motorista do fiesta na festa também para afirmar que ela estava bebendo? Cuidado com o que se fala…. Há de se respeitar a dor das famílias,pois hoje não é a nossa. Mas amanha quem sabe?

  7. Como você mesmo falou Carlos Augusto, você não estava no local e não tem com ter visto,logo não teria como comentar, se acaso visse como ficou o estado do carro e as marcas do pneu talvez sua postura mudasse. Eu vi… então agente só pode falar daquilo que vê, que prova ou sente. Você não conheceu nenhumas das meninas então também não pode julgar a responsabilidade das mesmas.
    Mas com certeza a pericia ira dizer e você qual a verdade.
    E espero que depois de todas essas suas justificativas você possa se retratar aqui mesmo com aquelas jovens e suas famílias.

  8. ATÉ QUANDO OS BARÕES VÃO FICAR EM PUNI PORQUE ISSO ACONTECE EM TODO LUGAR DESSE BRASIL QUE TEM DINHEIRO COMPRA E MANDA FORJAR , AGORA ESSE PERITO ELE TEM SER EXONERADO DO CARGO RESPONDER CRIMINALMENTE. ISSO NÃO PODE FICAR EM PUNI PARABÉNS A ESSA PROMOTORA QUE NÃO DEIXE ESSE CASA FICAR ESQUECIDO .

  9. Sr. Carlos Augustos, creio que seja funcionário da Águia Branca, ou é desinformado de carteirinha, só vou esclarecer um fato (o restante vc procura, antes de ficar falando besteira), como obviamente não é de seu conhecimento, foi realizado exames na condutora do veículo, onde, não foi constado teor alcoolico. Ficam agora dois questionamentos na sua cabecinha.
    – Será que a família em meio a essa dor forjou um laudo??
    – Será que a tecnologia está tão avançada que o álcool está passando por osmose???
    Vamos sair da ignorância e se informar viu…

  10. lina,
    Muitas saudades mesmo, inclusive da minha querida prima Tatiana Franco que tanto amava e suas amiga que se foram nesse trágico acidente, peço que justiça seja feita, embora não compense, pois não as trarão de volta, eu perdi uma prima que cresceu comigo, aonde tive alegrias eternas.
    Saudades Tati.
    Filipe

  11. -DESCULPE “AMIGA”, AS PESSOAS QUE TAMBÉM ESTAVAM NA FESTA E FIZERAM COMENTÁRIOS NA ÉPOCA E VIRAM AS SUAS AMIGAS BEBENDO DEVEM TER TIDO UMA ILUSÃO DE ÓTICA, PROVAVELMENTE FOI O MOTORISTA DO ÔNIBUS QUE ESTAVA NA FESTA BEBENDO, PEGOU O VEÍCULO COM OS PASSAGEIROS E JOGOU EM CIMA DO PRIMEIRO VEÍCULO QUE ENCONTROU.
    -PARA SUA INFORMAÇÃO, NUNCA FUI FUNCIONÁRIO DA ÁGUIA BRANCA, AS INFORMAÇÕES QUE AQUI POSTEI, OBTIVE ATRAVÉS DE MOTORISTAS CONHECIDOS QUE JÁ TRABALHOU NESTA EMPRESA.

  12. Saudades de minha Amiga Maiane, a gente brincava muito eu trabalhava como Garçon e ela sempre ia ao restaurante com os amigos e me atentava me chamando de Catisal só por q fui coroinha uma vez essas brincadeira vão fica quardadas Mai você está em um lugar muito melhor que esse inferno chamado mundo, um lugar onde as pessoas sempre desejam o mal ao proximo e onde constumam julgar sem saber como esse tal de Carlos Augusto…

  13. Realmente Carlos Augusto, o motorista deve ter bebido em alguma festa, ou utilizado alguma dessas drogas que essa classe costuma usar para ficar acordado…
    Quanto aos comentários… as pessoas falam besteiras demais, eu acredito em provas… será que o exame que comprova que a motorista não tinha ingerido bebida alcolica foi adulterado??? ou as fotos em que mostravam Priscyla (motorista) na festa tomando refrigerante foram montagem???
    Realmente agora fiquei em dúvida.

  14. Prezado Carlos Augusto, gostaria de saber se um das vitima fosse sua filha, você sustentaria seu comentário???. Que a sua consciência responda viu???

  15. senho Carlos augusto eu sou motorista carreteiro e já fui motorista de ônibus e os empregos que já tive não foi fazendo os mortos de escada não olha para que você fique sabendo do posto cachoeira ate o local do acidente da muito bem para se chega a[ noventa km ] por isso os quebra molas que colocaram a poco tempo olha se você for motorista esta acabando com áclase e se não for vá cata coquinho seu pucha saco

  16. Barba de molho,não faz mal!
    A relação da Águia Branca com as “autoridades” seja governo ou polícia não é confiável!
    Um exemplo indubitável é este: Governo,poder Judiciário,perito e policias,cabe a sociedade deixar a barba de molho.
    Quero dizer que a Águia Branca,no dia 15-05-2013,ás 5:00 horas da manhã,um acidente causara a morte de 10 passageiros e deixou feridos 20 passageiros,na Br-101. O ônibus vinha de Vitória do Espirito Santos para Teixeira de Freitas. O acidente ocorreu Município de Caravelas,o motorista perdeu o controle do veículo em uma curva e caíra no precipício,segundo se comenta que o motorista,Maurício de Souza,dormira no volante.
    Quem é que garante que não ocorreu o mesmo fato e veio causar a morte destas lindas moças.Mesmo porque, segundo se comenta que a escala de motorista da Águia Branca é muito apertada,os pobres motoristas se sacrificam para segurar seus empregos,devido a falta de outras opções no mercado de trabalho em nossa região e a sociedade paga com a vida.
    Entretanto,a sociedade deve exigir,assim como este ícone de
    movimento de passe livre,exigir o fim do monopólio da Águia Branca em nossa região.
    Os motoristas não serão humilhados e haverá outras empresas como opções de trabalho e para a sociedade viajarem numa outra
    alternativas de transportes rodoviário e com preços melhores.
    Relação com o governo,qual interesse deste monopólio?
    Relação com o poder Judiciário,qual interesse em transferir os
    processos para outro estado?
    Relação com a polícia cientifica,o perito favorecera a Águia Branca,qual foi o interesse?
    A Relação com as ocorrências policias será que são confiável?
    Barba de molho não faz mal.

  17. como e possivel, pessoas emitirem comentarios sobre fatos sem estarem presente no ato dos acontecimentos., este tal de CARLOS AUGUSTO., deve ser funcionario da empresa aguia branca., para poder falar com tanta proriedade sobre o ocorrido, deveria estar dentro do onibus., ou estar recebendo proprina como os peritos para ficarem postanto merda como ele., so para te avisar eu sou o pai da Priscylla e breve vou estar do seu lado sem voce saber dai as coisas vão ficar preta para seu lado viu seu pilantra vagabundo respeite a dor das familias., me aguarde voce não perde por esperar e eu tenho meios para te achar viu cachorro vagabundo

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top