skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 06:54 pm

DEPOIS DO TELEXFREE, AGORA FOI O BBOM

Tempo de leitura: < 1 minuto

bbomNuma sequência que já era prevista, mais um negócio suspeito de configurar pirâmide financeira caiu na malha da justiça. Depois do TelexFree, que teve as contas bloqueadas após processo movido pelo Ministério Público no Acre, agora foi o BBom que sofreu a mesma restrição, por sentença da justiça federal em Goiás.

O BBom está vinculado à empresa Embrasystem e opera no chamado “marketing multinível”, com a venda de rastreadores de veículos. No entanto, assim como o TelexFree e outros negócios semelhantes, o faturamento é obtido realmente com o recrutamento de novos vendedores.

No fundamento da decisão que bloqueou as contas do BBom, a juíza substituta Luciana Laurenti Gheller, da 4ª Vara da Justiça Federal de Goiânia, observou que os pagamentos feitos a cada participante do negócio dependem “exclusivamente do recrutamento feito por ele de novos associados”. Para ingressar na rede, é necessário pagar uma taxa que varia de R$ 600 a R$ 3 mil.

O diretor do BBom, Ednaldo Bispo, declarou ainda não ter sido notificado e que os pagamentos aos associados continuam normalmente. Com informações do IG.

Esta publicação possui 31 comentários
  1. Essas juizas vão ver pirâmides em todos eles…mas quem de fato é uma pirâmide…ninguém enxerga.Não que ver ninguém com dinheiro no país.Só eles.

  2. OLHEM A AFIRMATIVA: “o faturamento é obtido realmente com o recrutamento de novos vendedores”. IREI ENTRAR COM UMA AÇÃO NA JUSTIÇA CONTRA O PORTAL (IG) CASO FIQUE CONFIRMADO A LEGALIDADE DA BBOM…

  3. noticia equivocada, bloquearam os bens dos proprietarios e nao os pagamentos!

    Nota da Redação: Comentário equivocado. A nota diz que as contas foram bloqueadas e não os pagamentos.

  4. Efeito dominó, todos vão cair, é só uma questão de tempo! Esses MMN abalaram a economia da região, o comercio vive uma crise sem precedentes !

  5. Bom dia!
    A decisão judicial impetrada pelo Ministério Público do Estado de Goiás, não é do mesmo teor da que foi impetrada contra a Telexfree, o bloqueio realizado pela justiça contra a BBOM é apenas dos bens do proprietário João Francisco e da empresa Embrasystem com o objetivo de assegurar os investimentos dos associados até a conclusão da investigação e não o bloqueio de novos cadastros e das contas já existentes, a BBOM continua com suas atividades de forma normal e legal!
    Assim sendo a empresa está apenas sob investigação e apuração da legalidade do seu sistema de Marketig Multinível,ok!
    Bom dia e um abraço!

  6. Em outros textos dizem que o rastreador, produto principal de todas essas 3 empresas: BBOM, UNEPXMIL e Embrasystem, não teria licença/homologação, na Anatel, mas tem sim, a marca é MAXTRACK:

    http://sistemas.anatel.gov.br/sgch/HistoricoCertificado/Homologacao.asp?NumRFGCT=201612&idtHistoricoCert=9346252

    fleidiane:
    noticia equivocada, bloquearam os bens dos proprietarios e nao os pagamentos!

    Nota da Redação: Comentário equivocado. A nota diz que as contas foram bloqueadas e não os pagamentos.

    O Pimenta tá perdido, se a resposta de vocês fala claramente que “as contas foram bloqueadas e não os pagamentos”, então porque no texto diz que a ação é a mesma da Telexfree nessa frase “agora foi o BBom que sofreu a mesma restrição”? O acesso aos associados continua normalmente. E olha que o caso da Telex ainda está sendo julgado.

    Como disse um camarada acima, a justiça primeiramente agiu pra apurar e de imediato garantir bens. Agora não é o momento de condenar nada.

    Da Redação: Mr. Anderson, novamente, sustentamos que está correta a formulação publicada. Você retirou apenas trecho. Aqui vai toda a frase: “Depois do TelexFree, que teve as contas bloqueadas após processo movido pelo Ministério Público no Acre, agora foi o BBom que sofreu a mesma restrição, por sentença da justiça federal em Goiás.”

  7. O que está está acontecendo é uma onda de investigações e é normal que a BBOM não fique de fora, o modelo de negócio está sendo apresentado ao MBF! Fazemos parte de uma empresa que existe a 17 anos e a BBOM é um canal de vendas para escoamento da produção através dos associados MMN! O que a BBOM faz é remunerar bem as pessoas que distribuem seus produtos e serviços.

    Agora uma coisa é certa, o Brasil precisa urgentemente de uma LEGISLAÇÃO que trate do assunto MARKETING MULTINIVEL, pois tudo é vazio e cada estado trata do seu modo.

    Se a BBOM for fechada então Adeus MMN por essas bandas, e as próximas empresas, e seus associados, que se preparem… =/

  8. Fonte: Agência da Notícia com 24 Horas News

    O presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Celso de Mello, negou ontem (10) recurso de associados da empresa TelexFree contra decisão que suspendeu as atividades da empresa. O ministro não chegou a analisar o mérito do mandado de segurança, pois entendeu que o Supremo não é competente para avaliar o caso.

    Nesta semana, o Tribunal de Justiça do Acre confirmou decisão de primeira instância da 2ª Câmara Cível local que impediu o funcionamento da empresa e a realização de pagamentos e novas adesões, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. De acordo com o tribunal, há suspeita do uso do modelo de pirâmide financeira, proibido no país. Ele consiste no recrutamento progressivo de pessoas até que o retorno do investimento se torne insustentável.

    Seis associados da TelexFree recorreram ontem (9) ao STF pedindo a anulação do entendimento, alegando que não há qualquer crime em curso. No mandado de segurança, os interessados disseram que estavam sendo prejudicados sem motivo pelo Ministério Público Federal no Acre, pois a empresa realizava os pagamentos regularmente.

    “Há um contrassenso por parte do Estado, uma vez que, ao invés de desenvolver o seu papel, ou seja, garantir os direitos constitucionalmente protegidos, está impedindo o desenvolvimento do trabalho e recebimento de salário pelos milhares de divulgadores”, diz o texto.

    De acordo com Celso de Mello, o Supremo não tem competência originária para analisar mandado de segurança contra tribunais de Justiça estaduais. O ministro destaca que a tarefa cabe aos próprios tribunais responsáveis pela decisão.

    Também nesta quarta-feira, a Justiça Federal de Goiás acatou pedido do Ministério Público Federal do estado para bloquear os bens da empresa BBOM, também por suspeita de atuação pelo modelo comercial de pirâmide financeira. A decisão é relativa a associados da empresa em todo o país.

    Fonte Agência De Notícias

    Data: 11/07/2013 // hora: 08:11

    http://www.agenciadanoticia.com.br/noticias/geral/2402894/piramide-ministro-do-stf-nega-recurso-de-associados-da-telexfree

  9. Velho pelo que estou percebendo cada juiz que mostra mais serviço que o outra, mas bem que podiam olhar para o lado e da uma verificada nas prefeituras, hopitais..

  10. Sim era previsto cair todos estes investimentos que os assalariados fazem com suas pequenas economias a miseravel caderneta de poupança não rede mais nada, Se fosse investimentos de deputados e senadores duvido que cairia, por trás disso tem muita coisa, tem empresa de telefonia pagando alto ASSIM COMO OS BANCO QUE VIRAM SEUS INVESTRIMENTOS DESPENCAREM para que isso não dê certo. Ninguém observa o MONOPÓIO DA OI VELOX COM PESSIMOS SERVIÇOS PRESTADOS, CHOVEU EM SALVADOR A INTERNET CAI EM ITABUNA. AGORA QUANDO CHEGA EMPRESA. PORÉM VAMOS AGUARDAR ACREDITO NA VOLTA DA TELEXFREE E DO BBOM, POIS MALUF E O PESSOAL DO MENSALÃO ESTÃO AI ATÉ HOJE O QUE O POVO FEZ PARA PAGAR ESSE PREÇO. AGUADEM BANQUEIROS, AGUARDEM EMPRESAS DE TELEFONIA QUE RI PO ÚLTIMO RI MELHOR A BATALHA AINDA NÃO ACABOU.

  11. Sim era previsto cair todos estes investimentos que os assalariados fazem com suas pequenas economias a miseravel caderneta de poupança não rede mais nada, Se fosse investimentos de deputados e senadores duvido que cairia, por trás disso tem muita coisa, tem empresa de telefonia pagando alto ASSIM COMO OS BANCO QUE VIRAM SEUS INVESTRIMENTOS DESPENCAREM para que isso não dê certo. Ninguém observa o MONOPÓIO DA OI VELOX COM PESSIMOS SERVIÇOS PRESTADOS, CHOVEU EM SALVADOR A INTERNET CAI EM ITABUNA. AGORA QUANDO CHEGA EMPRESA. PORÉM VAMOS AGUARDAR ACREDITO NA VOLTA DA TELEXFREE E DO BBOM, POIS MALUF E O PESSOAL DO MENSALÃO ESTÃO AI ATÉ HOJE O QUE O POVO FEZ PARA PAGAR ESSE PREÇO. AGUADEM BANQUEIROS, AGUARDEM EMPRESAS DE TELEFONIA QUE RI PO ÚLTIMO RI MELHOR A BATALHA AINDA NÃO ACABOU.

  12. Ô Ô povo que gosta de ganhar no mole !!!!!!! Vai trabalhar cambada de preguiçosos, vai usar seu intelecto, vai por a mão na massa. Agora ficar ai mendigando um e outro ganancioso pra ganhar em cima dele, querendo adquirir os mesmo bens patrimonias dos fomentadores da Telexfree, Bbom e cia limitada. Parasitas, vão empreender, gerar emprego e renda.

  13. joao,

    Que dinheiro que esse povo tem que nada,o povo tá doido pedindo empréstimo,tirando de onde não tem, vendendo carro, moto etc para aplicar nessas novidades, estão todo com o — no ponto.

  14. Olha tem empresas disfarçadas fazendo o mesmo, INSIDEADMIN. empresa que pede para você colocar um minimo de R$ 30.000,00 para entrar e não paga ninguem antes de 1 Ano.

  15. Como o olho que tudo vê, eu também vejo que se formos analisar bem as coisas, aqui no nosso país lindo e maravilhoso tem muita gente querendo levar vantagem em tudo é a chamada “lei de Gerson”. Esses caras que inventaram essas pirâmides eles estão enriquecendo em cima das costas dos otários, estão andando de helicóteros, ja compraram belos corros importados, mansões, hiates, grandes fazendas e outras coisas mais; depois que estiverem bem ricos eles pegam todo o dinheiro que foi arrecadado dos otários que venderam suas casas, imóveis, carros, pediram dinheiro emprestado, etc, pra botar nessas pirâmides, que não dão nenhuma garantia de devolução do seu dinheiro; enviam para paraísos fiscais dão uma bela banana para todos e vão curtir com o dinheiro dos bestas bem longe daqui do Brasil. Povo Brasileiro acorda pra vida, vão estudar, vão trabalhar honestamente para crescer na vida, não sejam otários, não fiquem servindo de escada pros outros enrriquecerem e subir na vida.

  16. É lamentável ver o povo Brasileiro acreditando em tudo que se falam por aí, principalmente no que se refere a “Ganhos rápidos e sem esforços”. Gente, acordem prá realidade, quem é que tem a fonte de ganhar dinheiro e vai passar prá outros? É MUITA INGENUIDADE!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  17. Pirâmide é coisa do passado.Iguais as nossas leis.MMNs é a onda do futuro.Esse judiciário juntamente com o Legislativo,deveriam eram tomar vergonha na cara e adaptar as nossas leis aos tempos atuais.Quero trabalhar para BBOM,preciso de rastreador e quero ampliar esse negócio.Será que é difícil para uns deixar outros crescerem???Muda Brasil cai na real,saia da pré-história.MMNS é coisa do futuro,SAIA NA FRENTE BRASIL.

  18. Tanta gente dando conselhos,chamando os outros de otário??Vá estudar???Tanta babaquice.Otário é quem fica se metendo na vida dos outros.O dinheiro é de quem???Vão cuidar da suas vidas.Só cresce que tem coragem,Parabéns a todos que entraram de cabeça nessas MMNs, pois vejo que a mudança começara de vcs.Coisa mais antiga, pirâmide!!Nós vivemos numa pirâmide…HIPOCRISIA!vamos mudar esse país!MMNs já.

  19. A vontade de ganhar dinheiro todo mundo tem mas dinheiro facil é, no mínimo, estranho. Quando conheci o bbom e o telex free uma pergunta me veio de imediato, quem esta pagando a conta, observei que esse esquema é a melhor forma de lavar dinheiro que eu já vi, por exemplo você investe 1.000,00 e recebe 600,00 todo mês sem saber a origem do dinheiro, e ai, se um traficante jogar dinheiro nisso ele consegue legalizar a grana, é só ele investir o tempo todo na base dele ou seja ele mesmo vende para ele, que maravilha. Deixo aqui uma mensagem que vi a muito tempo: “Ganhar dinheiro é que nem matemática, se estiver muito fácil, esta errado”.

  20. o que eles tem que envestigar sãos estas empresa que fais você trabalhar como escravo e humilhado e não paga nada como kazzo confeccões que troca de nome direto

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top