skip to Main Content
9 de julho de 2020 | 11:12 am

CÂMARA IMPÕE DERROTA AO GOVERNO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Legislativo rejeita proposta do governo Vane

A Câmara de Vereadores de Itabuna realizou esta tarde a segunda apreciação da proposta do governo municipal de remanejamento de R$ 8 milhões do orçamento municipal. A matéria foi rejeitada e o placar repetiu o da primeira votação: 20 votos contrários e apenas um favorável.

Mais que uma reprimenda à gestão financeira do município, a posição dos vereadores é vista como um sinal claro de que a relação entre legislativo e executivo não é boa.

Durante a primeira votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), também nesta terça, 16, vereadores criticaram o governo por vacilos na tramitação da matéria. Primeiro, o executivo enviou o projeto sem o Anexo de Metas e, numa segunda tentativa, a proposta da LDO foi apresentada com o complemento, mas recheado com diversos erros.

Vereadores, tanto da oposição quanto da situação, disseram que foi necessário deslocar a secretária parlamentar Margareth Brandão temporariamente para a Prefeitura, a fim de orientar os técnicos do governo e corrigir o projeto antes de reenviá-lo ao legislativo. Numa atitude de ironia com o executivo, a servidora recebeu homenagens na sessão plenária.

Um dos críticos mais ácidos, como de costume, era o vereador Ruy Machado (PTB). Segundo ele, o governo não enviou para a Câmara um projeto de LDO, mas sim uma “colcha de retalhos”.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. “Vereadores, tanto da oposição quanto da situação, disseram que foi necessário deslocar a secretária parlamentar Margareth Brandão temporariamente para a Prefeitura, a fim de orientar os técnicos do governo e corrigir o projeto antes de reenviá-lo ao legislativo. Numa atitude de ironia com o executivo, a servidora recebeu homenagens na sessão plenária.”

    kkkkkkkkkkkk Dou até risada diante da leitura que fiz do parágrafo acima, pois os cargos da prefeitura foram preenchidas por técnicos e estes não estão aptos para organizar um projeto precisando do auxílio da secretária parlamentar. Senhora Margareth, cobre pelos seus serviços prestados,pois estes secretários ganham muito bem para só prejudicar a vida dos funcionários .

  2. Todo sabem o que esses vereadores querem! Eu fico pensando por que o Ministério público não entra nessa, tem mas de 20 (vinte) dias que todos os blogs divulgam que os vereadores estão insatisfeito com o prefeito por que a equipe do prefeito não atende suas solicitações (foi citado por exemplo a emasa que o presidente não tinha habilidade política) isso ao meu ver é pedido de mensalinho (se não mim der não voto).
    TÔ CHEIO

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top