skip to Main Content
10 de agosto de 2020 | 06:02 pm

PRESIDENTES HOMENAGEADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Desembargadores receberão títulos de cidadão itabunense

Desembargadores receberão títulos de cidadão itabunense

Os presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Mário Alberto Hirs, e do Tribunal Regional Trabalhista (TRT) da 5ª Região, desembargadora Vânia Chaves, receberão homenagem em Itabuna neste sábado, 27. Os dois magistrados serão agraciados com títulos de cidadãos itabunenses, concedidos pela Câmara Municipal.

O título ao presidente do TJ-BA foi proposto pela vereadora Valéria Morais (PSC), a partir de indicação da subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Já a homenagem à presidente do TRT é uma iniciativa do vereador Júnior Brandão (PT).

A cerimônia de entrega dos títulos de cidadão itabunense, que integra a agenda comemorativa do aniversário de emancipação do município, ocorrerá às 19 horas deste sábado, na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

À tarde, acompanhado pela diretoria da OAB,  o desembargador Mário Alberto Hirs visitará as obras do novo Fórum de Itabuna, no loteamento Nossa Senhora das Graças. O primeiro módulo do projeto tem prazo de conclusão previsto para novembro.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Mais uma vez quero agradecer ao nobre residente, Dr. Andirlei Nascimento, pelo trabalho revolucionário que vem fazendo na nossa OAB. A OAB subseção de Itabuna tem sido uma grande referência. Reputo o MELHOR PRESIDENTE de todos os TEMPOS. PARABÉNS, Dr. ANDIRLEI

  2. Itabuna terra de capicongo?

    Ser reconhecido como um cidadão de uma cidade,um estado ou um país é uma grande honra de quaisquer pessoa.
    Contudo,cabe fazer um juízo de valor no sentido que,um cidadão ou cidadã seja de fato merecedor desta honraria. mesmo porque,não transparecer que esta homenagem seja de interesse.

    Itabuna,década de 30. O Dr.João Mendes da Silva,um dos primeiros Juízes de Direito de Itabuna,na sua primeira audiência no Forum,
    ao fazer um casamento de um mateiro,notando que o noivo tinha também o seu nome de João Mendes da Silva,a título de pilheira,
    perguntou ao seu “xará”,se ele,antes de casar-se não desejaria mudar de nome. Porquê? indagou o mateiro,bruscamente.
    O Dr. Mendes,explicou-lhes que ele também se chama se João Mendes da Silva,havia chegado em Itabuna recentemente,sua família ainda encontrava-se em salvador e se a notícia de que
    naquele dia havia se casada aqui em Itabuna um João Mendes da Silva,chegasse até lá,os seus familiares ficariam preocupados e,sobretudo,desconfiados…
    O matuto,que ouvira a explicação com atenção,mas não compreendeu o tom de pilheira,respondeu: Neste caso Doutor,o senhor que é novato aqui,mude o seu nome e deixe o meu cuma estar,porque eu já sou morador daqui há muito tempo…

    Será que continua como terra de capicongo? Estou usando o capicongo do comentarista Sérgio Oliveira.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top