skip to Main Content
4 de agosto de 2020 | 11:46 am

SEM MANUTENÇÃO, LOTÉRICAS ACUMULAM PREJUÍZOS E RECLAMAM DA CAIXA ECONÔMICA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lotéricos agendam reunião em Brasília com a direção da Caixa em busca de solução.

Lotéricos agendam reunião em Brasília com a direção da Caixa em busca de solução.

Lotéricos ligados ao Escritório de Negócios da Caixa em Itabuna se reuniram no sábado (3) para discutir a falta de manutenção dos equipamentos no sul da Bahia. De acordo com os empresários, os chamados para consertos das máquinas não vêm sendo atendidos há três meses, quando a Caixa Econômica mudou as empresas terceirizadas que executam este tipo de serviço.

O longo período sem manutenção de máquinas tem causado apreensão e prejuízos aos lotéricos. Diante da “impossibilidade de o problema ser resolvido” pelo escritório de negócios do banco na região, os empresários irão à Brasília. Para isso, vão agendar, nos próximos dias, uma reunião com o vice-presidente Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima.

Os problemas afetam, diretamente, 60 lotéricas do sul da Bahia.

Este post tem um comentário
  1. Já trabalhei como técnica de suporte na manutenção dos terminais das lotéricas. Atendia de Camacã até Santo Antonio de Jesus e de Ipiaú até as cidades próximas à Chapada Diamantina. Tem que se virar em mil, além dos péssimos salários, instabilidade no emprego a Caixa não fiscaliza as terceirizadas nas suas relações trabalhistas: calote no empregado a torto e direito. Tem cidade que o agente lotérico espera até 15 dias por um monitor, um prejuízo para o empresário e para a população pois a maioria dessas cidades pequenas não tem agências bancárias e depende do serviços das lotéricas para sacar benefícios, salários e fazer pagamentos.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top