skip to Main Content
31 de março de 2020 | 06:16 am

DEPUTADOS QUEREM ANULAR DECISÃO QUE MANTEVE MANDATO DE DONADON

Tempo de leitura: < 1 minuto
Amauri quer anular decisão da Casa (Foto Beto Oliveira).

Amauri quer anular decisão (Foto Beto Oliveira).

Blog Fernando Rodrigues

Os deputados Simplício Araújo (PPS-MA) e Amauri Teixeira (PT-BA) pediram ontem (29) à mesa diretora da Câmara que anule a votação que manteve o mandato do deputado Natan Donadon (ex-PMDB), de Rondônia, preso desde junho após ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal.

(A cassação do mandato precisava de 257 votos, mas só registrou 233 a favor. 131 deputados votaram pela manutenção do mandato de Donadon e 41 se abstiveram.)

Eles afirmam que o regimento da Câmara foi violado. Donadon votou na sessão que decidia sobre o seu mandato, o que é proibido pelas normas da Casa.

Ontem, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), percebeu que Donadon havia votado e tentou contornar a situação. Como a votação foi secreta, Alves presumiu que Donadon havia votado contra a própria cassação e reduziu, no placar, um dos votos pelo “não”.

Para Araújo e Teixeira, a manobra de Alves foi ilegal e a Casa deveria realizar uma nova votação.”Quem garante que Donadon votou ‘não’? E se a consciência dele determinou que se abstivesse?”, afirmou Araújo. Leia mais aqui

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top