skip to Main Content
2 de julho de 2020 | 06:27 pm

EM NOTA, BISPO COBRA DO GOVERNO SOLUÇÃO PARA O CAOS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Dom Mauro defende diálogo e conclama ilheenses a não perder a esperança.

Dom Mauro defende diálogo e conclama ilheenses a não perder a esperança.

A Diocese de Ilhéus emitiu nota pública nesta sexta-feira (6) para cobrar do prefeito Jabes Ribeiro uma solução para o caos instalado no município sul-baiano. “As manifestações surgidas por todos cantos clamam por soluções junto aos responsáveis da administração da nossa cidade. A população já não suporta mais essa situação”, pontua a nota assinada pelo bispo Dom Mauro Montagnoli

A nota diz ainda que a Igreja Católica se coloca à disposição para mediar solução do embate do governo municipal com servidores e com o Coletivo Reúne Ilhéus. Os servidores estão em greve há quase 50 dias e cobram, pelo menos, a reposição das perdas inflacionárias do último ano, o que corresponde a 5,84% de reajuste.

Já o movimento Reúne Ilhéus, cobra mais transparência no sistema de transporte público, com redução da passagem e auditoria nos sistema. A Câmara de Vereadores aprovou Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar as empresas São Miguel e Via Metro.

Nós últimos dias, o Reúne Ilhéus tem sofrido com tentativas do governo de criminalizar o movimento, que foi acionada judicialmente tanto pela Prefeitura como pela associação das empresas de ônibus.

Ainda em nota, o bispo conclama a não desanimar. “Não podemos ficar desiludidos com a corrupção daqueles que “em vez de buscar o bem comum procuram seu próprio benefício”. Dom Mauro ainda lembra ensinamento do Papa Francisco: “nunca desanimem, não percam a confiança, não deixem que se apague a esperança. A realidade pode mudar, o homem pode mudar”. Confira a íntegra da nota pública

NOTA PÚBLICA

Nós, Igreja Católica presente em Ilhéus, estamos preocupados com a situação caótica do nosso Município. As manifestações surgidas por todos cantos clamam por soluções junto aos responsáveis da administração da nossa cidade. A população já não suporta mais essa situação.

A Igreja como “advogada da justiça e defensora dos pobres”, diante dos clamores do povo, se coloca à disposição para ajudar no diálogo a fim de que se chegue a uma solução em benefício da população, em especial aquela mais pobre e carente.

A Igreja Católica em Ilhéus está do lado da população, “trazendo o bem precioso da fé em Jesus Cristo, que veio para que todos tenham vida em abundância”.

Não podemos ficar desiludidos com a corrupção daqueles que “em vez de buscar o bem comum procuram seu próprio benefício”. Fazemos nossa a palavra do Papa Francisco que nos diz: nunca desanimem, não percam a confiança, não deixem que se apague a esperança. A realidade pode mudar, o homem pode mudar.

É preciso, urgentemente, encontrar uma solução para essa situação, que já se alastra por muito tempo, para que a nossa cidade possa voltar à sua normalidade.

Ilhéus, 05 de setembro de 2013

Dom Mauro Montagnoli, bispo diocesano

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top