skip to Main Content
6 de maio de 2021 | 04:27 am

CONTAS DE AZEVEDO PODERÃO SER APRECIADAS COM VOTO SECRETO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vereador Pastor Francisco quer "segurar" tramitação do projeto do voto aberto

Vereador Pastor Francisco quer “segurar” tramitação do projeto do voto aberto

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), que realiza louvável campanha pela transparência na política local, a começar pela votação aberta das contas do ex-prefeito Capitão Azevedo, está prestes a levar uma  bola nas costas.

Na Câmara, já começou o que parece ser uma operação abafa para que a votação das contas de Azevedo referentes a 2011, que tiveram parecer pela rejeição no TCM, seja secreta. Pode ser a chance que alguns vereadores esperam para fazer um favor ao capitão sem se queimar com a comunidade.

Hoje (16), na sessão das comissões técnicas, o relator do projeto do voto aberto, Pastor Francisco (PRB), apresentou seu parecer, no qual aconselha o autor da matéria, vereador Júnior Brandão (PT), a retirar a proposta de pauta. A justificativa do relator é de que é prudente aguardar a tramitação de proposta similar no Congresso Nacional, já aprovada na Câmara e pendente de apreciação no Senado.

Convertido em guardião da coerência legislativa entre as unidades da federação, o pastor não convenceu Brandão, que manteve o projeto. Mas o parecer do relator foi aprovado nas comissões e o destino do projeto estará nas mãos do plenário, a partir desta quarta-feira, 18.

Todo cuidado é pouco.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top