skip to Main Content
27 de maio de 2020 | 09:31 pm

VIGILÂNCIA INTERDITA SEDE DO ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Fiscais da Vigilância constataram descumprimento de exigências (foto Wilson Oliveira)

Fiscais da Vigilância constataram descumprimento de exigências

Clube deixou de apresentar laudos sobre tratamento da água das piscinas (fotos Wilson Oliveira/Ascom-PMI)

Clube deixou de apresentar laudos sobre tratamento da água das piscinas (fotos Wilson Oliveira/Ascom-PMI)

A Vigilância Sanitária de Itabuna interditou, na manhã desta quinta-feira (16), a sede social do Itabuna Esporte Clube. De acordo com o órgão, ligado à Secretaria Municipal da Saúde, a medida foi adotada em virtude do descumprimento de notificação apresentada no dia 28 de maio do ano passado, determinando a reforma das instalações.
As melhorias exigidas pela Vigilância deveriam ter sido realizadas em áreas como sanitários, bar, cozinha e piscinas. Em nova vistoria, os fiscais observaram que a diretoria do clube deixou de executar a maioria das recomendações.
Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, Antonio Carlos Carvalho, a vistoria nos clubes sociais se justifica pelo aumento de fluxo de pessoas durante o verão. “A interdição é medida extrema, que só pode ser suspensa depois de sanadas as irregularidades, comprovadas por novas vistorias e emissão de novo licenciamento sanitário”, explica.
Uma das exigências feitas pela Vigilância ao Itabuna foi a apresentação de laudos sobre o tratamento da água utilizada no parque aquático, mas o documento não foi providenciado. “Não houve a devida atenção pela diretoria à notificação”, afirma o coordenador.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top