skip to Main Content
12 de agosto de 2020 | 06:09 am

VETO À "MEIA PASSAGEM" AZEDA RELAÇÃO ENTRE VANE E ALDENES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vane e Aldenes: relações estremecidas.

Vane e Aldenes: relações estremecidas.

Não convidem para a mesma mesa o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), e o prefeito Claudevane Leite (PRB).
A relação entre ambos estremeceu de vez, após o prefeito decidir vetar o projeto que concedia a meia passagem aos domingos em Itabuna.
O prefeito alega que a iniciativa é inconstitucional, pois gera despesas, mas o vereador acredita que fatores políticos teriam levado o gestor municipal a vetar a ideia que já é sucesso em várias cidades brasileiras, dentre elas Salvador.
Aldenes vinha reclamando do tratamento de Vane bem antes, por exclui-lo de várias ações governamentais.
A meia-passagem foi a gota d´água, mas fontes próximas lembram que o prefeito deixava de convidar o presidente da Câmara até mesmo em eventos em bases eleitorais do vereador, a exemplo da Roça do Povo, Itamaracá e Mutuns.
Para estes locais, bases do vereador, Vane levava a tiracolo a deputada estadual Ângela Sousa, que é candidata a reeleição. E Aldenes, veja só!, é pré-candidato a deputado estadual.
Ontem, Aldenes estava mais que contrariado. E, num grupo reservado, disse que o prefeito desconhecia os poderes de um presidente de Câmara. Cassação, por exemplo, teria sido uma das palavras pronunciadas. Capas-pretas do PCdoB itabunense (Wenceslau Júnior e Davidson Magalhães) também foram… elogiados.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top