skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 04:51 pm

"BANHEIRO" INTERDITADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

cachorro

Cansada de ver esta praça no bairro Jardim Primavera, em Itabuna, ser transformada em sanitário da cachorrada, uma moradora utilizou placas com mensagens bem diretas, na tentativa de alertar os donos de cães.
É bem provável que essa moda pegue na cidade, pois são muitos os locais onde alguns costumam levar seus animais para passear e não se importam com o que eles deixam pelo caminho.

Esta publicação possui 12 comentários
  1. Não são todos os donos de animais que fazem isso, eu e muitos outros temos educação para recolher toda a sujeira que meu animal faz na rua, o grande problema são as pessoa mal educadas dessa cidade que costumam dar piadinhas quando passeamos com os animais, achando que não temos o direito de sair com eles, ou que todos são mal educados como essas fofoqueiras que ficam o dia todo na porta de casa querendo controlar a rua.

  2. Já existe até lei proibindo e multando donos de cachorro que levam seus cães para cagar na rua.
    Mas em Itabuna falta bom senso por toda parte.
    Em muitos lugares precisa colocar placas com os dizeres:
    PROIBIDO INTERFERIR NO SOSSEGO E REPOUSO DA VIZINHANÇA PRINCIPALMENTE DEPOIS DAS 23:00.
    A LEI DO SILÊNCIO EM ITABUNA HÁ MUITO FOI SEPULTADA EM ITABUNA. ESTÁ NO GOOGLE:
    Itabuna: Vereador exige ações contra poluição sonora
    abr 30, 2013
    Postado em Cidades, Política, Últimas Notícias | 2 comments
    O vereador Júnior Brandão quer mudanças
    O excesso de barulho produzido em Itabuna por bares, carros de som, igrejas e locutores de lojas, entre outros, é motivo de preocupação para o vereador Júnior Brandão (PT), que pede providências à prefeitura e ao Ministério Público para coibir o abuso.
    “A poluição sonora em nossa cidade vem extrapolando os limites, incomodando a todos e gerando irritação e nervosismo. O pior é que não vemos ações fiscalizadoras, educativas e punitivas, visando o controle da situação”, lamenta o vereador.
    Júnior Brandão lembra que a poluição sonora desrespeita a Lei Municipal do Silêncio e cobra a aplicação da lei, e também do que determina o Código de Postura. Ambos fixam multas e outras punições para os infratores.
    VEJAM A DATA

  3. Senhor Pimenta,
    SEGUEM NA ÍNTEGRA OS DOIS COMENTÁRIOS QUE ACOMPANHAM O POST ACIMA:
    Aloisio Sacramento / 4 de junho de 2013
    Sr. Redator,
    Informo que poluição sonora, é de competência do município, consiste em elaborar uma legislação moderna e eficiente em poluição sonora, promover capacitação no quadro dos agentes de fiscalização, no controle do som e seus ruídos, realizar o monitoramento sonoro nos eventos como carnaval, micareta e são João.
    Contamos com experiência na implantação destes projetos, em alguns Municipios, onde obteram êxito, através da Emplantar – Empresa Planejamento Consultoria Projetos Ambientais Ltda.
    Atenciosamente,
    Aloisio Sacramento
    Engenheiro agrônomo
    Blog: emplantarambiental
    AGUIAR / 26 de dezembro de 2013
    que lei do silêncio é esta q existe em itabuna. há muito estou à PROCURA, PARA FAZER UM TRABALHO MONOGRÁFICO SOBRE ELA E NÃO A ENCONTRO.
    QUEM SOUBER DESSA LEI DO SILÊNCIO EM ITABUNA, POR FAVOR, ME DIGA.
    É QUE EM ITABUNA TUDO DE ERRADO POODEE!!!

  4. Aqui no São caetano na rua Santo Antonio não é diferente, tem duas senhoras que leva seu animal para fazer as necessidades nas portas. O engraçado é que elas moram na rua anterior. Inclusive estas daus senhoras já tiveram ate uma escolinha ou melhor são professoras, e devem entender o que é educação ou não.

  5. Na boa, quem passeia com o cachorrinho, que seja educado e recolha as fezes deste.
    É simples, basta colocar em um saquinho e jogar no lixo. Qualquer pessoa educada faria isso.

  6. ´Muito válida a colocação das placas. Falta consciência de que lixo deve ser jogado no lixo e que fezes de animais não devem ficar para trás. Exemplo disso é o aspecto da cidade: muita sujeira por toda parte e cocô de cachorro por todo lado. Placas para o bairro Jardim Vitória seriam bem colocadas.

  7. Letícia,
    Porém a fofoca dela, garanto que não incomoda mais do que a falta de educação desses moradores que levam seus cães p/ fazer as necessidades na praça. Praça na qual um dia seu filho pode estar brincando ou ate mesmo vc pisar em um desses “presentes” caninos.

  8. PRECISAMOS EDUCAR O POVO PARA A VIDA EM COLETIVIDADE OU EM COMUNIDADE, OS MESMOS QUE AGORA RECLAMAM DOS CÃES FAZENDO COCÔ NAS PRAÇAS NÃO RELUTAM EM PAGAR UMA MERRECA AO CARRINHO DE MÃO (HOMEM), PRA JOGAR SUA SUJEIRA EM FRENTE AO: POSTO MÉDICO, ESCOLA CAIC E IGREJA SENHOR DO BOM FIM! NÃO É GRAVE DO MESMO JEITO? OU ESSA SUJEIRA NÃO INCOMODA NINGUÉM, NÃO ESTÁ PERTO DA CASA DE NINGUÉM, QUEM SE IMPORTA! MORO NO JARDIM PRIMAVERA E MEU SENTIMENTO É QUE ESSE POVINHO SÓ OLHA PRO UMBIGO, É UM POVO IMUNDO DA PORTA DA RUA PRA FORA, LÁ DENTRO SÓ DEUS SABE…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top