skip to Main Content
23 de fevereiro de 2020 | 08:50 pm

NOVIDADES NO RÁDIO GRAPIÚNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Tony Café

Tony Café: Da Morena para a Gabriela.

Movimentações no rádio regional. A Bahia FM Sul, de Itabuna, estreará em até 30 dias um programa jornalístico com duração de uma hora.
A equipe está praticamente fechada. Rafael Marques deixou a Difusora AM para atuar no programa da emissora da Rede Bahia. O jornalístico deve ir ao ar nos finais das tardes de segunda a sexta.
Uma baixa considerável no meio em Itabuna foi a saída de Antônio Lins (Tony Café) da Morena FM. Ele estava na emissora há quase 20 anos e anunciou os novos rumos por meio do Facebook.
Tony Café agradeceu a diretores da emissora e colegas de trabalho e falou da dor da partida após quase duas décadas. Figura das mais competentes e  queridas do meio, Tony Café estreia na Gabriela FM (Ilhéus) nesta segunda.

VÍDEO REVELA MÁQUINA DA PREFEITURA TRABALHANDO EM TERRENO DA BRIONE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem (5), o prefeito Claudevane Leite demitiu o servidor contratado que determinou o uso de um rolo compactador do município para terraplenagem nas futuras instalações da Brione, na Avenida J.S. Pinheiro, no Lomanto. Roque Júnior negou que a máquina tenha sido utilizada na obra. Em seu depoimento ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro, Roque disse ter apenas guardado o rolo no terreno da concessionária Fiat.
O PIMENTA teve acesso a imagens que provam o contrário. A sequência de dois vídeos mostra a máquina em operação no terreno particular. O uso de equipamento público em obra particular é proibido pela legislação, sendo considerado crime de improbidade administrativa. Até o momento, a concessionária da Fiat não se pronunciou. Confira o vídeo.

BAHIA FAZ 2 A 0 NO VITÓRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Com gols de Anderson Talisca e Fahel, o Bahia derrotou o Vitória no primeiro confronto das finais do Baianão 2014. Agora, o Esquadrão pode até perder por 1 a 0, domingo (13), em Pituaçu, que mesmo assim levantará a taça.
Confira os dois gols do jogo:

SÉRIE B: ITABUNA PERDE DE VIRADA; COLO-COLO VENCE E DIVIDE LIDERANÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Colo-Colo venceu mais uma e divide a liderança da Série B com o Flamengo de Guanambi. Fora de casa, o Tigre Ilheense bateu o Ipiranga, no Estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde, por 0 a 1.
A equipe chegou aos dez pontos, assim como o Fla, que derrotou o Itabuna e tem mais gols marcados que o Colo-Colo. O próximo desafio do time ilheense será no sábado (12), quando enfrentará o Jequié, no Mário Pessoa, às 15h.
ITABUNA PERDE DE VIRADA
O Itabuna começou a mil o jogo contra o líder Flamengo de Guanambi, na casa do adversário, mas perdeu gols e a partida por 2 a 1. O Azulino abriu o placar com Paulo César, no primeiro minuto de jogo, porém cedeu o empate dez minutos depois. A virada do Fla ocorreu já no finalzinho da partida, gols de Alemão e Teco.
A derrota tirou do Itabuna a chance de pontuar entre os primeiros da Série B. A equipe azulina pode cair para quinta ou sexta colocação, a depender dos resultados da rodada. O Azulino enfrentará o Atlético, no sábado, às 20h, no Antônio Carneiro.

ESCANDALIZAÇÃO DA POLÍTICA

Tempo de leitura: 3 minutos

marco wense1Marco Wense

Cabe aos senhores pré-candidatos à presidência da República a espinhosa tarefa de provar que suas legendas, no caso o PT de Dilma, o PSDB de Aécio Neves e o PSB de Eduardo Campos, não têm culpa no cartório.

Não à toa que estudos apontam um crescente descrédito na classe política: apenas 3% dos brasileiros acreditam que deputados e senadores representam e defendem os interesses da sociedade.
O pior é que tudo caminha para uma situação preocupante, já que os homens de bem se afastam do processo político como o diabo da cruz. Sem falar no desabafo popular de que “todo político é ladrão”.
O duelo entre quem quer permanecer no poder e quem quer tomar o poder é de uma baixaria inominável. O debate de ideias cede lugar para acusações mútuas de corrupção.
Fazendo uma alusão ao pega-pega entre petistas e tucanos, o jornalista Miguel Martins lembra que a rinha entre o PTB de Getúlio Vargas e a UDN de Carlos Lacerda resultou em duas décadas de uma ditadura que nos tirou do trilho da modernidade.
A preocupação agora é com a eleição presidencial, com a política nacional mergulhada em um “mar de lama”. A disputa assentada na criminalização da política, em um pilar “que fez, faz e sempre fará mal à democracia”.
Mas abrir mão da apuração dos fatos em nome de uma eleição civilizada, deixando os larápios do dinheiro público sem punição, é alimentar a impunidade, que fez, faz e sempre fará mal à democracia.
Que sejam todas elas instaladas: CPI da Petrobras, com a compra da refinaria de Pasadena no Texas (EUA), CPI do Metrô de São Paulo, com as licitações fraudulentas, e a CPI do Porto de Suape (PE).
Cabe aos senhores pré-candidatos à presidência da República a espinhosa tarefa de provar que suas legendas, no caso o PT de Dilma, o PSDB de Aécio Neves e o PSB de Eduardo Campos, não têm culpa no cartório.
A dureza da lei não é só para os descamisados.

Ex-presidente Lula ao lado da presidente Dilma Rousseff.

Ex-presidente Lula ao lado da presidente Dilma Rousseff.

PLANO B
Só os incautos e desinformados continuam achando que o plano B do PT é uma invencionice da oposição para enfraquecer a candidatura da presidente Dilma Rousseff (reeleição).
O plano B, que é Luis Inácio Lula da Silva como candidato, se tornando imbatível e ganhando a eleição logo no primeiro turno, já foi comentado aqui em duas oportunidades.
Com efeito, o plano B se fortalece na medida em que a presidente cai nas pesquisas de intenção de votos. Dilma só será candidata se não houver nenhum risco do PT perder o comando do cobiçado Palácio do Planalto.
O GATO COMEU
Um grupo de vereadores está fornecendo uma recompensa de R$ 3 mil para quem oferecer alguma informação sobre o sumiço de três respiradores pulmonares do Hospital de Base.
A curiosidade fica por conta de como os R$ 3 mil foram divididos, se algum edil deu mais do que o outro. Se o grupo fosse de 21, com todos dando a mesma quantia, caberia R$ 142,85 para cada.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Back To Top