skip to Main Content
3 de abril de 2020 | 08:02 am

HOMENAGEM A MARIGHELLA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Colégio no Stiep ganha nova fachada em homenagem a baiano (Foto Mateus Pereira).

Colégio no Stiep ganha nova fachada em homenagem a baiano (Foto Mateus Pereira).

Uma cerimônia realizada ontem (11) oficializou a troca de nome do Colégio Stiep Garrastazu Médici, que agora levará o nome do revolucionário baiano Carlos Marighella. A mudança foi decidida pelos alunos da escola de Salvador em votação ocorrida no final do ano passado (relembre aqui). O colégio ganhou nova fachada. A cerimônia reuniu o governador Jaques Wagner, o secretário estadual Oswaldo Barreto (Educação) e Carlos Augusto Marighella, filho do homenageado.
– Não estamos plantando ódio contra ninguém com essa mudança de nome. Estamos plantando o amor por Carlos Marighella, um homem que lutou pela democracia, que lutou pela liberdade do povo brasileiro – disse o governador Wagner. O mandatário baiano lembrou que uma lei estadual permite a qualquer escola da rede a alteração de nome, desde que aprovada pela comunidade escolar.
Garrastazu Médici foi presidente do Brasil nos “Anos de Chumbo”. O militar governou o país de 30 de outubro de 1969 a 15 de março de 1974. Menos de uma semana após Médici assumir o poder, Marighella foi morto a tiros numa emboscada na Alameda Casa Branca, em São Paulo. A ação contra Marighella foi comandada pelo delegado Sérgio Paranhos Fleury, do Dops.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top