skip to Main Content
13 de julho de 2020 | 06:16 pm

MAIS DE 400 SERVIDORES DE ILHÉUS SÃO INVESTIGADOS POR ACUMULAR CARGOS PÚBLICOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Servidores de Ilhéus são investigados. Foto Gidelzo Silva

Servidores de Ilhéus são investigados (Foto Gidelzo Silva)

A Prefeitura de Ilhéus está investigando a situação de 415 servidores lotados nas secretarias de Saúde e da Educação, que acumulam cargos públicos em outros setores no próprio município, no Estado, e em Itabuna. Existem suspeitas de que os servidores não cumprem a carga horária e estão contrariando o que determina a lei.
De acordo com o secretário de Administração de Ilhéus, Ricardo Machado, descoberta de que os funcionários acumulam cargos ocorreu com confrontação de dados com a Secretaria Estadual de Administração e com informações de outros municípios. Foi constatado que 166 profissionais lotados na Secretaria de Saúde de Ilhéus acumulam cargos públicos.
Na educação são 233 que trabalham no município e no estado. Além disso, foi descoberto que 66 servidores públicos de Ilhéus trabalham também no município de Itabuna. Entre os profissionais nessa situação estão agentes de trânsito, guardas municipais, psicólogos, assistentes sociais e servidores de serviços gerais.
A Constituição Federal proíbe o acúmulo de cargos públicos, exceto por professores e profissionais da saúde, desde que seja possível a compatibilidade de carga horária.
Os 415 servidores foram convocados para apresentar, no setor de Recursos Humanos das Secretarias de Administração, Saúde e Educação, entre os dias 7 e 11 deste mês, sempre das 8h30min às 17h30min.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top