skip to Main Content
26 de setembro de 2020 | 05:33 am

CRISE NA SAÚDE DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Clínica suspende atendimento pelo SUS (Foto Adriana Oliveira/Pimenta).

Clínica suspende atendimento pelo SUS (Foto Adriana Oliveira/Pimenta).

A crise na saúde de Itabuna ganhou novos contornos nesta semana. A direção do Hospital São Judas anunciou o fechamento da unidade em 21 de setembro, caso perdure a situação da falta de novos recursos. O hospital suspendeu novas internações, está praticamente sem medicamento e alimentação e ainda não pagou o décimo terceiro salário do ano passado.
Pacientes não estão conseguindo atendimento em clínicas particulares conveniadas ao SUS, dentre elas a Cotef e a Anorf, ambas especializadas em ortopedia. Alegam redução das cotas por parte da Secretaria de Saúde de Itabuna. Por enquanto, não há posicionamento do titular da Pasta, o bioquímico Eric Ettinger.
A situação começa a preocupar dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi). O quadro de crise instalado nos últimos meses põe em risco o emprego na rede de prestadores de serviços ao SUS, o que envolve hospitais, clínicas e laboratórios.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top