skip to Main Content
24 de fevereiro de 2021 | 10:23 pm

DILMA NA BA: "VIM AGRADECER E PEDIR MAIS"

Tempo de leitura: 2 minutos

dilma
Da Redação
A candidata a presidente da República, Dilma Rousseff, veio à Bahia agradecer os 61,44% dos votos válidos obtidos no primeiro turno da eleição e, segundo ela, “pedir mais”. Numa entrevista a um pool de emissoras de rádio, a petista destacou avanços da sua gestão e a prioridade a quem mais precisa, além de de projetos como Porto Sul, Ferrovia Oeste-Leste e Adutora do Algodão. “Queremos tornar perenes, perenizar mil quilômetros de rios no Nordeste” completou.
A entrevista foi concedida a Mário Kértesz, da Rádio Metrópole. Dilma ressaltou o crescimento da Bahia e do Nordeste brasileiro. “O Nordeste e a Bahia são uma prova de que precisavam de oportunidade”.
Além de gracejos como dizer que se acha “pardinha” e que tentará cavar uma vaguinha no Olodum, a presidente-candidata disse que ficará feliz, sendo reeleita, quando voltar à Bahia para inaugurar o trecho do metrô de Salvador até o aeroporto.
Dilma ainda destacou a importância da Via Expressa para desviar o movimento pesado de carga da região central da capital urbana. Ela ressaltou investimentos em convivência com a seca e segurança hídrica
PRONATEC E APOIOS NO SEGUNDO TURNO
O Pronatec, programa de formação de mão de obra para o mercado, também mereceu menção. “A Bahia bate recordes [no Pronatec] com mais de 460 mil matrículas – comemorou, ressaltando que o Governo FHC construiu 11 escolas técnicas, enquanto o período Lula-Dilma construiu 422 escolas técnicas federais em todo o país, 208 delas nos últimos quatro anos”.
Apesar do tucano Aécio Neves aparecer à frente nas pesquisas de segundo turno e na obtenção de apoios, a presidente disse estar “extremamente tranquila”. Questionada quanto aos apoios dos partidos, saiu-se assim:
– É importante o apoio dos partidos, mas sei que numa democracia ninguém controla o voto das pessoas. Confio muito na população. [Ela] Vai olhar para a urna e pensar o que é que é bom para o futuro do país, para o meu povo e para mim mesma? – disse.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top