skip to Main Content
28 de outubro de 2020 | 09:21 pm

GVT EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

gvt em itabunaA insatisfação com os serviços de telefonia fixa e internet prestados pela Oi em Itabuna levou à criação de um movimento para que a GVT também opere no município sul-baiano. Uma petição pública na rede já possui mais de uma centena de assinaturas para que o prefeito Claudevane Leite analise a viabilidade e atraia a companhia telefônica.
Clique e conheça a petição
A petição cita cidades que já possuem o serviço, como Camaçari, Alagoinhas e Simões Filho. A empresa opera, também, em Lauro de Freitas, Feira de Santana e Salvador.
A petição pública (abaixo-assinado eletrônico) enfatiza que a GVT pode oferecer até 150Mbps de velocidade – contra o máximo de 15Mbps da Oi no município – com valores inferiores ao da companhia brasileira.
Há cerca de seis meses, profissionais do mercado cogitavam a vinda da GVT para Itabuna já neste segundo semestre. O PIMENTA entrou em contato com a assessoria de imprensa da telefônica, mas a empresa, à época, não manifestou interesse em operar no município. Além de serviços de voz e dados, a empresa também possui serviço de TV por assinatura.

Esta publicação possui 5 comentários
  1. Ontem 19/08/2015 minha internet da oi “velox” de 10mb não estava dando 3mb e sempre assim, quando ligamos para reclamar fica nos fazendo de bobos com alguns procedimentos como ligar o modem direto e um computador etc, etc. Nos faz de otário mesmo!!! Oi velox é a pior operadora de internet que existe… sem falar do uplood que não chaga a nem 200kbs

  2. Já liguei pra oi, para o procon, entrei com ação na justiça, contratei uma mãe de santo, mais não tem jeito. Um técnico de telefonia de São Paulo veio trabalhar em ilheus para oi e me disse que quando abriu as caixas de telefones tomou um susto com os emaranhados de fios emboldados e disse que isso não existe, uma bagunça total.. imagine só

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top