skip to Main Content
28 de novembro de 2020 | 02:18 am

CARRO DA AGERBA E ÔNIBUS SÃO RETIDOS EM PROTESTO DO TRANSPORTE ALTERNATIVO

Tempo de leitura: 2 minutos
Ônibus da Rota e carro da Agerba foram retidos por manifestantes (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

Ônibus da Rota e carro da Agerba foram retidos por manifestantes (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

Seis ônibus da Rota e Expresso Brasileiro e uma picape Ford Ranger da agência que regula serviços públicos no estado, a Agerba, foram retidos por donos de carros de transporte alternativo em Buerarema. A manifestação é contra a empresa de transporte intermunicipal, a Agerba, 5ª Ciretran (Itabuna) e a Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Settran).
“O protesto é pacífico e uma continuação da manifestação que já fizemos em Itajuípe [ontem]”, disse ao PIMENTA o presidente da Associação do Transporte Complementar de Buerarema, Emerson Sity. O protesto começou por volta das 7h30min.
Emerson reclama do abuso de poder da Settran, que está apreendendo veículos que operam transporte complementar intermunicipal. No entendimento da associação, os agentes da Prefeitura de Itabuna somente poderia agir no transporte local. A ação da Settran contra o transporte alternativo intermunicipal intensificou-se, dizem “perueiros”, após a Rota doar dois veículos VW Gol para Itabuna.
Ônibus da Rota foi retido durante protesto (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

Ônibus da Rota foi retido durante protesto (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

REUNIÃO COM SECRETÁRIO
Os veículos da Rota e da Agerba serão liberados, conforme os manifestantes, após a liberação de um carro apreendido pela Settran em Itabuna, ontem. Cinco representantes da associação devem se reunir com o secretário de Transporte e Trânsito de Itabuna, Clodovil Soares, para discutir a liberação do veículo. A Settran informa que o veículo foi apreendido por que está com o para-brisa quebrado.
Sity afirma que o transporte complementar já foi aprovado no Estado e depende apenas de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para começar a operar. A associação das empresas de ônibus entrou com liminar contra o transporte complementar de passageiros no Estado.
Dirigentes da associação reclamam que a Settran está extrapolando. “Nem a [Polícia Rodoviária] Federal está apreendendo, mas a Settran com a Ciretran e a Agerba estão multando para colocar pontos na nossa carteira [de habilitação]”, queixa-se o líder dos donos de transporte complementar.
Policiais ao lado de carro da Agerba em protesto em Buerarema (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

Policiais ao lado de carro da Agerba em protesto em Buerarema (Foto Gilvan Martins/Pimenta).

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top