skip to Main Content
25 de fevereiro de 2020 | 11:33 am

PUBLICITÁRIOS SUL-BAIANOS CRIAM A CRÀSE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Cíntia, Lorenna e Alan criam a Cràse.

Cíntia, Lorenna e Alan criam a Cràse.

Os publicitários Cíntia Bonfim, Alan Brandão e Lorenna Caldas inauguraram uma agência com o conceito hotshop, a Cràse Comunicação Dedicada.
Com experiência de agências sul-baianas como a RCM e M21, os profissionais adotaram já na marca o que prometem ser uma característica da nova agência, a criatividade. Cíntia Bonfim acrescenta a inovação como característica da Cràse.
Ela explica que agência hotshop tem, por conceito, estrutura enxuta, ágil e diferenciada. “Os sócios, juntos, caracterizam tudo que uma agência precisa, principalmente sendo um hotshop: atendimento, planejamento, mídia, produção e criação”.

FEIRA LITERÁRIA DE ITABUNA SERÁ NA AFI. BOFF E CAPINAN ESTÃO CONFIRMADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Fernando Caldas, Irmã Margarida, José Roberto e Sulivan Sales.

Fernando Caldas, Irmã Margarida, Roberto José e Sulivan Sales.

Gestores da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc) definiram que a I Feira Literária de Itabuna (Felita) será realizada no Colégio Ação Fraternal de Itabuna (AFI), de 4 a 7 de dezembro. A feira seria realizada no Centro de Cultura Adonias Filho, mas o espaço continua em reforma.
“Esperava que as melhorias que estavam sendo feitas no Centro de Cultura Adonias Filho, local onde originalmente seria realizado o evento, fossem concluídas antes da data de realização do evento, mas isso não se confirmou, o que levou a diretoria da fundação a procurar outro espaço”, disse o presidente da Ficc, Roberto José da Silva.
Roberto frisou que “o mais importante é que está garantido a realização de um evento de muita qualidade nos serviços que serão ali oferecidos”. Para o dirigente, a AFI, por intermédio da Irmã Margarida, demonstrou sensibilidade ao se associar a uma ideia que, “seguramente, vai projetar a cidade nacionalmente e oferecer aos itabunenses e à população regional uma oportunidade inédita de conhecer novas obras literárias e aproximar-se de autores nacionais e intelectuais reconhecidos”.
NOMES CONFIRMADOS
Nomes regionais, nacionais e internacionais estão confirmados, como Leonardo Boff, Cyro de Mattos, Tica Simões, Daniela Galdino, Capinan, Jorge Araujo e Nelson Maca, além das bandas Manzuá e Enttropia, dentre outras.

OAB ACIONADA PARA ATIVAR CONSELHO DELIBERATIVO DA MARIMBETA

Tempo de leitura: 2 minutos
Comissão da OAB em reunião com representantes da Marimbeta (Foto Divulgação).

Comissão da OAB em reunião com representantes da Marimbeta (Foto Divulgação).

Uma comissão de funcionários da Fundação Marimbeta, junto com representantes do Conselho Deliberativo da entidade, reuniu-se na semana passada com o presidente da OAB-Itabuna, Andirlei Nascimento. Motivo: pedir a intervenção da entidade, para “ativar” o referido Conselho.
Isso, porque há queixas de que o presidente da Fundação, Júnior Teles, estaria tomando decisões unilaterais, sem o aval dos conselheiros, contrariando o que prevê a legislação sobre fundações da natureza da Marimbeta.
Recentemente, diante da falta de merenda por cinco meses, funcionários foram até o gabinete do prefeito Claudevane Leite e a situação foi resolvida no dia seguinte. Entretanto, permanecem, por exemplo, as reclamações quanto ao pagamento de salários e vales-transportes em atraso, além da falta de material para as oficinas. “Para o trabalho não parar, muitas vezes os professores tiram do bolso e compram material para as oficinas”, informou um professor, que prefere não ser identificado temendo represálias.
Há também questionamentos com relação ao número de funcionários contratados que não aparecem. Ou seja, só estão presentes na folha de pagamento. “A Marimbeta tem em torno de 50 concursados e mais de 90 contratados, mas muitos deles ninguém sabe quem são”, ilustrou outro servidor da Fundação.
Com relação à estrutura, chama atenção a falta de banheiro nos sítios 1 e 5. Aliás, outros problemas são apontados nesses locais. No 1, desapareceu uma quantidade de madeira que seria para fazer móveis para a entidade. “Desapareceu metade no governo passado e agora sumiu outra quantidade”, afirmou um funcionário da Fundação.
Já no sítio 5, foi construído um galpão numa área preservada conhecida como “A matinha”, onde tinha árvores frutíferas. “Nesse galpão, construído em setembro do ano passado, são guardados alimentos para doar a instituições. Mas isso não tem nada a ver com a Marimbeta”.
Está prevista, para esta semana, uma visita de representantes da OAB e do Ministério Público às instalações da Fundação Marimbeta.

IDIOTA À BRASILEIRA

Tempo de leitura: 4 minutos

pib brasileiroAdriano Silva | SuperInteressante
Ele não faz trabalhos domésticos. Não tem gosto nem respeito por trabalhos manuais. Se puder, atrapalha quem pega no pesado. Trata-se de uma tradição lusitana, ibérica, reproduzida aqui na colônia desde os tempos em que os negros carregavam em barris, nos ombros, a toilete dos seus proprietários, e eram chamados de “tigres” – porque os excrementos lhes caíam sobre as costas, formando listras. O Perfeito Idiota Brasileiro, ou PIB, também não ajuda em casa. Influência da mamãe, que nunca deixou que ele participasse das tarefas – nem mesmo pôr ou tirar uma mesa, nem mesmo arrumar a própria cama. Ele atira suas coisas pela casa, no chão, em qualquer lugar, e as deixa lá, pelo caminho. Não é com ele. Ele foi criado irresponsável e inconsequente. É o tipo de cara que pede um copo d¿água deitado no sofá. E não faz nenhuma questão de mudar. O PIB é especialista em não fazer, em fazer de conta, em empurrar com a barriga, em se fazer de morto. Ele sabe que alguém fará por ele. Então ele se desenvolveu um sujeito preguiçoso. Folgado. Que se escora nos outros, não reconhece obrigações e adora levar vantagem. Esse é o seu esporte predileto – transformar quem o cerca em seus otários particulares.
O tempo do Perfeito Idiota Brasileiro vale mais que o das demais pessoas. É a mãe que fura a fila de carros no colégio dos filhos. É a moça que estaciona em vaga para deficientes no shopping. É o casal que atrasa uma hora para um jantar com amigos. As regras só valem para os outros. O PIB não aceita restrições. Para ele, só privilégios e prerrogativas. Um direito divino – porque ele é melhor que os outros. É um adepto do vale-tudo social, do cada um por si e do seja o que Deus quiser. Só tem olhos para o próprio umbigo e os únicos interesses válidos são os seus.
O PIB é o parâmetro de tudo. Quanto mais alguém for diferente dele, mais errado esse alguém estará. Ele tem preconceito contra pretos, pardos, pobres, nordestinos, baixos, gordos, gente do interior, gente que mora longe. E ele é sexista para caramba. Mesma lógica: quem não é da sua tribo, do seu quintal, é torto. E às vezes até quem é da tribo entra na moenda dos seus pré-julgamentos e da sua maledicência. A discriminação também é um jeito de você se tornar externo, e oposto, a um padrão que reconhece em si, mas de que não gosta. É quando o narigudo se insurge contra narizes grandes. O PIB adora isso.
O PIB anda de metrô. Em Paris. Ou em Manhattan. Até em Buenos Aires ele encara. Aqui, nem a pau. Melhor uma hora de trânsito e R$ 25 de estacionamento do que 15 minutos com a galera do vagão. É que o Perfeito Idiota tem um medo bizarro de parecer pobre. E o modo mais direto de não parecer pobre é evitar ambientes em que ele possa ser confundido com um despossuído qualquer. Daí a fobia do PIB por qualquer forma de transporte coletivo.
Outro modo de nunca parecer pobre é pagar caro. O PIB adora pagar caro. Faz questão. Não apenas porque, para ele, caro é sinônimo de bom. Mas, principalmente, porque caro é sinônimo de “cheguei lá” e “eu posso”. O sujeito acha que reclamar dos preços, ou discuti-los, ou pechinchar, ou buscar ofertas, é coisa de pobre. E exibe marcas como penduricalhos numa árvore de natal. É assim que se mostra para os outros. Se pudesse, deixaria as etiquetas presas ao que veste e carrega. O PIB compra para se afirmar. Essa é a sua religião. E ele não se importa em ficar no vermelho – preocupação com ter as contas em dia, afinal, é coisa de pobre.
O PIB também é cleptomaníaco. Sua obsessão por ter, e sua mania de locupletação material, lhe fazem roubar roupão de hotel e garrafinha de bebida do avião e amostra grátis de perfume em loja de departamento. Ele pega qualquer produto que esteja sendo ofertado numa degustação no supermercado. Mesmo que não goste daquilo. O PIB gosta de pagar caro, mas ama uma boca-livre.

Leia Mais

BOMBEIROS RESGATAM PESCADOR NO CACHOEIRA

Tempo de leitura: 2 minutos
Walmir foi resgatado por bombeiros (Foto Pimenta).

Walmir foi resgatado por bombeiros (Foto Pimenta).

O pescador Walmir Sousa Dórea, de 62 anos, foi resgatado por homens do Corpo de Bombeiros, há pouco, no Rio Cachoeira. Mergulhador há mais de trinta anos, Walmir aproveitou a cheia do Cachoeira e saltou da barragem na região central de Itabuna, mas a idade avançada fez o pescador perder forças, mesmo usando uma boia.
Ao perceber a situação de Walmir, um homem que passava próximo ao local acionou imediatamente o Corpo de Bombeiros, que resgatou o pescador. O pescador se agarrou a uma árvore, orientado pelo senhor, enquanto chegava uma guarnição dos bombeiros.
Multidão acompanhou resgate de pescador no Cachoeira (Foto Pimenta).

Multidão acompanhou resgate de pescador no Cachoeira (Foto Pimenta).

Walmir havia ingerido bebida alcoólica antes de se lançar no Cachoeira com uma boia. Familiares dizem que ele sempre nada no Cachoeira em épocas de cheias. “Ele já foi dado como desaparecido e morto, mas três dias depois nós achamos ele no hospital”, disse uma sobrinha.
Confira o vídeo do PIMENTA que registra o encontro do pescador com o homem que acionou o Corpo de Bombeiros. Walmir, emocionado, agradece e diz que se não fosse a ajuda seria um “cadáver”.

QUADRILHA USA CAMINHÃO PARA ROUBAR PRAÇA DE PEDÁGIO NA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma praça de pedágio localizada no km 44 da BA-093, na região do município de Mata de São João, região metropolitana de Salvador, foi roubada por volta das 2h30min desta segunda-feira (17).
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), seis homens encapuzados e com coletes a prova de balas invadiram o local e trancaram os funcionários na tesouraria.
Na fuga, os homens ainda atravessaram um caminhão na pista e fugiram no sentido Mata de São João. A polícia não soube informar se o grupo chegou a levar o dinheiro do pedágio. Até por volta das 6h30min, ninguém havia sido preso. Informações do G1.

PROTESTO PEDE JUSTIÇA NO "CASO RONDINELI"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rondineli foi assassinado no viaduto das BRs 415 e 101, em Itabuna (Foto Arquivo Pessoal).

Rondineli foi assassinado em Itabuna (Foto Arquivo Pessoal).

Familiares e amigos do frentista Rondineli Menezes Santos farão passeata amanhã (18) para cobrar justiça contra os autores da morte do jovem. O protesto está programado para as 16h30min, no Jardim do Ó. De lá, seguirão pela Avenida do Cinquentenário e encerrarão a manifestação com um “apitaço” em frente ao Fórum Ruy Barbosa, na Praça José Bastos, centro.
Rondineli foi morto na tarde da última terça (11) ao passar pelo Viaduto Paulo Souto (entroncamento das BRs 101 e 415), em Itabuna, por volta das 16h30min. De acordo com a polícia, o crime foi praticado por dois menores, que tentaram roubar a motoneta “Cinquentinha” pilotada pela vítima, atingida com um tiro nas costas.
O menor autor dos disparos foi apreendido ontem à noite pelo Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), após roubar um VW Gol de um turista na região da Praia do Cristo, em Ilhéus. O menor estava com outros dois bandidos. Os três estão detidos.

LEÃO INICIA REFORMA NO GOVERNO VANE

Tempo de leitura: 2 minutos
Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Enquanto o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), retarda sua reforma administrativa, o vice-governador eleito João Leão (PP) sai na frente e altera o comando da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.
Em sua página no Facebook, Leão registra encontro com o presidente do PP de Itabuna, Roberto Barbosa, o empresário Mário Sérgio Barbosa (irmão de Roberto) e Alailson Batista de Jesus, que no governo itabunense vem a ser diretor de Captação de Novos Investimentos.
Ocorre que na postagem de Leão, Alailson é apresentado como secretário de Indústria, Comércio e Turismo, cargo que pelo menos por enquanto é ocupado pelo advogado José Humberto Ramos Martins.
Zé Humberto, como é conhecido, é gente do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, que por sua vez se desentendeu com o presidente do PP de Itabuna. Barbosa exige a exoneração do atual secretário, mas Vane ainda não se decidiu a atendê-lo.
Como se vê, Barbosa perdeu a paciência e recorreu a Leão. E este destituiu o Zé pelo Facebook.
Agora falta apenas saber se Vane curtiu.
Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

ATIVIDADE ECONÔMICA CRESCE 0,4% EM SETEMBRO, DIZ BC

Tempo de leitura: < 1 minuto

A atividade econômica apresentou crescimento de 0,4% em setembro, percentual já dessazonalizado (ajustado para o período). É o terceiro mês consecutivo em que o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado hoje (17), registra aumento. Em julho, o crescimento dessazonalizado foi 1,5%. Em agosto, houve alta de 0,27%
Na comparação com agosto de 2013, o índice apresenta queda dessazonalizada de 0,24%.No acumulado do ano, em valores já ajustados, houve aumento de 0,01% na atividade econômica. Considerando os últimos 12 meses, o aumento do IBC ficou em 0,6%.
O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária. Da Agência Brasil.

Back To Top