skip to Main Content
12 de julho de 2020 | 01:45 am

SECRETÁRIO REBATE NOTA DA ADASB E DIZ QUE PRODUTOR NÃO QUIS DIÁLOGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O secretário de Finanças de Itaju do Colônia, Raimundo Pereira Silva, disse que o produtor Geraldo Pinto Correa induziu a Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (Adasb) a assinar uma nota “que não se lastreia na verdade dos fatos”.  Segundo Pereira, foi o produtor quem não aceitou dialogar com o município.
Geraldo Correa teve cerca de um hectare da Fazenda Santa Rita desapropriado para a construção de casas populares. O prefeito Parte Ednaldo determinou que o secretário de Finanças conversasse com o agricultor. Pereira não obteve êxito, pois o produtor rural estava no Rio de Janeiro e entraria em contato quando retornasse, o que, conforme o representante do município, não ocorreu.
A versão de Raimundo é que Padre Ednaldo determinou que as negociações, então, seriam conduzidas pelo procurador-geral do Município, Wanderley Porto, mas o produtor se recusou a negociar e colocou um advogado como seu representante.
– Frustrando-se todas as tentativas de interlocução, restou ao prefeito, tão somente, recorrer ao poder judiciário, como autorizam a Constituição e o decreto-lei no 3365/1940 – esclarece.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top