skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 01:29 am

QUERIAM LUDIBRIAR A JUSTIÇA…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vista aérea do prédio onde funciona a Câmara de Itabuna (Foto José Nazal/Arquivo).

Vista aérea do prédio onde funciona a Câmara de Itabuna (Foto José Nazal/Arquivo).

O vereador Ruy Machado (PTB) entrou com ação na justiça para tentar anular a eleição na Câmara. O petebista foi derrotado por Aldenes Meira (PCdoB) por 12 a 9.
Ontem, o juiz Ulysses Salgado, da 1ª Vara da Fazenda Pública, suspendeu o resultado, baseando-se em um mandado de segurança impetrado pela defesa de Ruy. A defesa do candidato derrotado alegou que as cédulas de votação foram incineradas antes que houvesse a recontagem.
A alegação é falsa. O juiz só não foi induzido a erro, porque abriu espaço para Aldenes apresentar sua defesa. Vídeos em redes sociais mostram que a incineração ocorreu somente depois da recontagem.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top