skip to Main Content
19 de abril de 2021 | 02:26 am

HISTÓRIA DE APOLÔNIO BRITO VIROU LIVRO

Tempo de leitura: 3 minutos
Apolônio, centenário, é tema de livro editado pela Uesc.

Apolônio, centenário, é tema de livro editado pela Uesc.

Jonildo Glória

O pastor e professor Apolônio Brito completa 100 anos de idade amanhã, 7 de janeiro. Com bastante saúde e lucidez, ainda planta árvores e faz planos para o futuro. Apolônio nasceu num remanescente de quilombo. Foi escravo por um ano em troca do enxoval de casamento da sua irmã. “Acho realmente que Deus me tem dado uma vida longa… Entendo isso como uma oportunidade para eu continuar meu trabalho e fazer mais coisas. Enquanto me preparo para a velhice, continuo a trabalhar e todos os dias agradeço a Deus pelo fato de ter em mim os bens mais valiosos da vida: saúde, paz e alegria”, comemora.

Apolônio foi garimpeiro. Enfrentou onça. Caminhou cerca de 5.000 km pelo Maranhão, Pará, Goiás e oeste da Bahia (de aventura em aventura), até que chegou ao Instituto Industrial de Corrente (Piauí), sua primeira escola. De analfabeto, torna-se o melhor aluno do Instituto. Estuda no Rio de Janeiro, torna-se pastor protestante e grande educador, fundador de várias igrejas e escolas. Chegou a Itabuna em 1958 e aqui recebeu o título de cidadão itabunense. É um homem impressionantemente otimista, espirituoso, exemplo de fé e determinação.

A idade de Apolônio, em si, já é um caso à parte, que atesta coisas típicas do Brasil: Nasci no dia 07 de janeiro de 1919 num lugar chamado Pé da Ladeira, próximo a Loreto, que também era perto de São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão. Essa data foi estimada pelo tabelião da cidade de Corrente (Piauí), quando lá cheguei, em 1944, e precisei de uma certidão de nascimento. Eu realmente não tinha documento nenhum e nem sabia a minha idade. Do lugar de onde venho, as pessoas não se preocupavam muito com isso. Ninguém tinha documento”.

O centenário Apolônio recorda o espanto do diretor da escola: “Quando o senhor nasceu não registraram o seu nome? … é um papel com seu nome, feito no cartório. … Como é que pode? Tem que ter certidão…. O senhor se lembra de algum acontecimento importante quando era pequeno? … Quando foi essa seca no Maranhão? E na enchente, o senhor tinha quantos anos? … O senhor já ouviu falar da Revolução de 1930? Getúlio Vargas? … olhe, vamos considerar que o senhor nasceu em 1919, e pronto. E o dia… foi 07 de janeiro”. “Depois, na verdade, comparando minha idade com a dos meus irmãos, descobri que o ano estava errado. Eu nasci mesmo foi em 1915”, lembra.

“O impressionante é que, aos 100 anos, ele ainda planta árvores, faz planos para o futuro e diz que se prepara para a velhice. Isso é um exemplo interessante de juventude, jovialidade, coisa que falta em muita gente com menos idade. É aí que a gente vê que para ser velho não precisa ser idoso e para ter juventude não é preciso ser jovem. Apolônio é um exemplo para as novas gerações”, frisa o professor  Samuel Mattos, autor do livro Apolônio, o multiplicador, publicado pela Editus, Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Para o Professor Lourival Pereira Piligra Júnior (UESC), “Apolônio é um sobrevivente, uma existência que vinga no terreno inóspito e agreste do Nordeste como uma flor que desabrocha em meio a uma grande moita de espinhos… a gênese de uma vida transfigurada em mito”.

Esta publicação possui 8 comentários
  1. Hum século de vida! Que maravilha! Apolônio,parabéns! Que o Senhor Jesus,lhes conceda mais meio século de vida,dai pra diante é por sua conta e risco.

    Eu sou programado pra viver até um século,ainda mim falta,43 anos,agora depois de
    um século de vida,será por minha conta e risco.

    Mais neste momento,a felicidade e alegria são todas nossas Apolônio,por ter você tão lúcido e forte como uma rocha.

    Parabéns!

  2. Tive o privilégio de ser pastoreada pelo amado Pr. Apolônio e sua esposa, D. Isabel. Amo muito a família Brito e aproveito para ouvar a Deus por essas vidas preciosas!

  3. Louvo a Deus pelo privilégio de ainda no ano de 1995 ter sido pastoreado e monitorando pelo Pr Apolônio Brito. A Batista Missionária foi onde recibe meu primeiro alimento espiritual que serviu de base e alicece onde o Senhor tem me colocado hoje.
    Hoje sou Pr adjunto da Comunidade Evangelica Internacional apostolica – MCeia – Porto Seguro.
    Obrigado Pr Apolonio!!!

  4. Louvo a Deus que me deu o privilégio de conhecê-lo na congregação que o Pastor Apolônio arrebanha suas ovelhas. Não existe maior gratidão em minha vida a Deus, pois se hoje sou um cidadão dos céus e conhecedor dos propósitos de salvação, foi através dos ensinamentos teóricos e práticos desse grande homem e atalia do Senhor, e hoje que sou o que sou. Obrigado Senhor por o ter projetado no meu caminho. Através desse feito, primeiro eu, depois mais um, depois mais um, e enfim 35 após, hoje está cumprida a palavra do Senhor na minha vida! Eu e a minha casa servimos ao SENHOR!
    Meu pastor, Fazer planos pro futuro é bom. Plantar também é bom, só não pode plantar bananeira. kkkkkkkkkk. Deus seja louvado por esse honra que te concedeu. A PAZ QUE INTERCEDE A TODO ENTENDIMENTO SEJA CONTIGO E COM TODOS OS SEUS.UM GRANDE ABRAÇO! Saudades. F E I J Ã O

  5. TENHO ORGULHO DE TER SIDO E ME SINTO OVELHA DESSE HOMEM DE DEUS,NASCI NUMA CIDADE[POVOADO]COLÕNIA DE UNA[BA],ONDE ELE FUNDOU UMA CONGREGAÇÃO E LÁ EU CRESCI ATÉ IDADE ADOLESCENTE,APRENDIR TOCAR VIOLÃO E CANTAR,ELE POREM NA ÉPOCA,ERA PR.DA IG BATISTA EM ITABUNA,MAS IA VISITAR A CONGREGAÇÃO EM COLÕNIA E EU APROVEITAVA COM IMENSA INTENSIDADE E ALEGRIA SUAS VISITAS,MEUS PAIS ME ENSINOU TUDO DE BOM E O AMOR,CARINHO,RESPEITO,ADIMIRAÇÃO,ETC,ETC,ERA ÚNICO,FOI MEU SEGUNDO PAI E O É ATÉ HJ,DEUS TEM FEITO GRANDES COISAS E FARÁ ATRAVÉS DA VIDA DESSE GRANDE HOMEM’PASTOR APOLÕNIO BRITO,ABRÇ MEU PASTOR!

  6. Parabéns!a este GRANDE HOMEM,que festeja seus 100 anos plantando árvores para o futuro!Meu abraço ao Sr.PR>Apolônio Brito!Deus lhe conceda muita saúde!!!!!!

  7. Grande reconhecimento pelo trabalho realizado por este homem não somente na área espiritual, mas na educação de crianças criando o Instituto Teosópolis, situado na Igreja Batista Teosopolis, no bairro da conceição e o Educandário Isa Brito, este situado na Igreja Batista Missionária, no Banco Raso, que hoje atende gratuitamente cerca de 200 crianças do pré – 5a série em convênio com a Prefeitura Municipal de Itabuna.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top