skip to Main Content
26 de maio de 2020 | 03:06 am

PREFEITURA ESCONDE, MAS ITABUNA VIVE OUTRA EPIDEMIA DE DENGUE

Tempo de leitura: 2 minutos
Itabuna vive nova epidemia de dengue.

Itabuna vive nova epidemia de dengue.

Especialistas em dengue no sul da Bahia apontam que Itabuna vive uma nova epidemia da doença. O número de casos da doença explodiu. Tanto o Pronto-Atendimento para pacientes da doença, no antigo Sesp, como hospitais já sentem a mudança ocorrida nos últimos dez dias.

O PA do antigo Sesp tem registrado superlotação constante. “Não sabemos o que o município está esperando para reconhecer esta nova realidade”, aponta um técnico, para quem há subnotificação da doença. “Nosso temor é que estes novos casos explodiram mesmo com grande parte da população estando, diríamos, imune por ter sido vítima da dengue em outros períodos”.

O último Levantamento Rápido de Índices de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) já anunciava tendência de surto epidêmico em Itabuna, com 17,8%.

A situação é preocupante. E a tentativa de esconder esta realidade epidêmica é maior ainda. A tendência é que haja uma explosão de novos casos até o início de maio. Por enquanto, há que se comemorar apenas o fato de não ter sido registrado nenhum óbito.

O município também é criticado pela falta de material de trabalho e fardamento para os agentes de combate a endemias, contratados na última seleção pública. “Parece que foram pegos de surpresa pela dengue”. Outro problema detectado, além do baixo número de agentes, é o uso de uma técnica chamada de “bloqueio”, quando o larvicida empregado para o combate ao mosquito é aplicado na casa onde são detectados casos suspeitos de dengue.

“Estão abusando dos bloqueios mesmo em áreas onde há vários registros de dengue, não apenas de larvas”, condena um especialista ouvido pelo PIMENTA. “A cidade precisa, imediatamente, do fumacê. É isto ou teremos outra grande epidemia”.

DEPUTADOS BAIANOS PODEM DEIXAR PDT HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Marcelo Nilo pode anunciar saída do PDT ainda hoje.

Marcelo Nilo pode anunciar saída do PDT ainda hoje.

Capitaneados pelo presidente da Assembleia Legislativa baiana, Marcelo Nilo, deputados estaduais pelo PDT estão reunidos neste instante com o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi.

Os parlamentares discutirão com o dirigente nacional os critérios de escolha do novo diretório estadual. A depender da resposta de Lupi, Nilo e os demais deputados estaduais eleitos pelo PDT (Euclides Fernandes, Roberto Carlos, Paulo Câmera e Vitor Bonfim) deixarão o partido.

Eles não concordam com os novos rumos dados à legenda pelo presidente estadual, Félix Mendonça, que preferiu manter aliança com o prefeito de Salvador, ACM Neto, e rompeu politicamente com o governo baiano.

Enquanto Félix decidiu aliar-se ao prefeito democrata, os deputados estaduais pedetistas preferem manter aliança com o governador Rui Costa. A aliança está sendo reforçada com a indicação do novo presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), feita por Marcelo Nilo. A ala dos deputados estaduais já comanda a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri).

Acompanhado dos demais deputados, o presidente deixou o legislativo, há pouco, para a reunião com Luppi.

AEROPORTO DE SALVADOR SERÁ ADMINISTRADO PELA INICIATIVA PRIVADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

aeroporto salvadorO ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, informou nesta segunda-feira (23) que o governo pretende apresentar nos próximos dias propostas de concessões para a iniciativa privada dos aeroportos de Salvador, Florianópolis e Porto Alegre.

“O ministro [Eliseu] Padilha está trabalhando na nova rodada de concessões de aeroportos e, como a presidente [Dilma Rousseff] já colocou, devem ser os de Salvador, Florianópolis, Porto Alegre. Vamos apresentar formalmente as propostas ao setor privado e à sociedade como um todo nos próximos dias”, afirmou Barbosa em entrevista coletiva concedida ao lado dos ministros Kátia Abreu (Agricultura) e Gilberto Kassab (Cidades) após reunião do núcleo de coordenação política do governo.

Há cerca de duas semanas, ao inaugurar obras do Porto do Futuro, no Rio de Janeiro, a presidente defendeu publicamente as concessões dos aeroportos e afirmou que o governo estuda “várias alternativas” para conceder, além de aeroportos, ferrovias e hidrovias. Informações do G1.

MUCURI: GAROTO MATA ADOLESCENTE POR CAUSA DE DÍVIDA DE R$ 30,00

Tempo de leitura: < 1 minuto
João Vitor tinha 17 anos (Reprodução Teixeira News).

João Vitor tinha 17 anos (Reprodução Teixeira News).

Um menino de 14 anos matou um adolescente de 17 por causa de uma dívida de R$ 30 na localidade de Itabatã, distrito de Mucuri, na região do extremo sul da Bahia. De acordo com a polícia, João Vitor de Almeida foi atingido por um golpe de faca no abdômen enquanto soltava pipa no domingo (22).

Ainda segundo a polícia, em depoimento, o menor que teria cometido o crime afirmou que a discussão com a vítima foi provocada por causa de um débito de R$ 30 de um celular que teria sido vendido por ele [suspeito]. A polícia ainda informou que o menino de 14 anos já chegou ao encontro de João Vitor com uma faca. A vítima ainda chegou a ser levada para um hospital da região, mas já chegou sem vida.

O suspeito de matar o adolescente foi apreendido pela Polícia Militar ainda no domingo, quando ocorreu o crime. Ele prestou depoimento junto com a mãe na delegacia de Itabatã e, em seguida, foi encaminhado para a delegacia de Mucuri, onde irá aguardar o posicionamento da promotoria do município. Com informações do G1.

CONCURSADOS DA POLÍCIA CIVIL PROTESTAM

Tempo de leitura: < 1 minuto
Outdoor é parte da pressão dos concursados para que sejam chamados .

Outdoor é parte da pressão dos concursados para que sejam chamados.

O governador Rui Costa já anunciou que pretende convocar aprovados no concurso da Polícia Civil para delegado ainda neste semestre, mas deve se preparar. Após longa espera, os concursados iniciam série de manifestações neste finalzinho de março. Desde a semana passada, outdoors estão sendo espalhados por algumas das principais vias de Salvador e de cidades do interior do Estado. Concursados programam manifestação em frente à Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Os manifestantes fizeram concurso em 2013 e cobram a conclusão do certame e a convocação para novos delegados, escrivães e investigadores. Eles defendem, pelo menos, a convocação de 800 profissionais para a Polícia Civil baiana. Levantamento da comissão indica que mais de cento e quarenta cidades baianas estão sem delegado, por exemplo. Para justificar o atraso, o governo cita orçamento apertado e problemas judiciais (já superados) em algumas das fases do concurso.

CÂMARA DE ITABUNA ABRE INSCRIÇÕES EM CONCURSO COM 47 VAGAS E ATÉ R$ 4,6 MIL DE SALÁRIO

Tempo de leitura: 2 minutos
Câmara abre concurso com 47 vagas e até R$ 4,6 mil de salário (Foto Pedro Augusto).

Câmara abre concurso com 47 vagas e até R$ 4,6 mil de salário (Foto Pedro Augusto).

A Câmara de Vereadores de Itabuna abriu às 8 horas desta segunda-feira (23) o período de inscrições em seu primeiro concurso público da história. São 47 vagas para todos os níveis.

O salário varia de R$ 1.100,00 (auxiliar de copa e cozinha) a R$ 4,6 mil (cargos de nível superior, exceto para a área de comunicação).

CONFIRA EDITAL COMPLETO

O valor da taxa de inscrição oscila de acordo com a escolaridade – R$ 50,00 para nível fundamental completo ou incompleto, R$ 75,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior.

CONFIRA QUADRO DE VAGAS E SALÁRIO

As inscrições deverão ser feitas somente pela internet, no site www.msmconsultoria.com.br. O prazo para pedido de isenção do pagamento de taxa de inscrição deve ser feito hoje ou amanhã (dias 23 e 24).

De acordo com o calendário elaborado pela comissão organizadora, as provas serão aplicadas em 7 de junho e o resultado deverá sair em 7 de julho. As provas serão aplicadas pela MSM Consultoria e Projetos, de Teófilo Ottoni (MG), vencedora da licitação.

VAGAS PARA FUNDAMENTAL COMPLETO E INCOMPLETO

Os cargos que exigem só o fundamental incompleto são auxiliar de copa e cozinha (R$ 1.100,00 de salário) e garçom (R$ 1.300,00).

Já os de nível fundamental completo, são agente de almoxarife, oficial de reprografia (operador de máquina de xerox), motorista com carteira “C”, recepcionista e protocolista.

VAGAS PARA NÍVEL MÉDIO

Para as vagas de assessor de cerimonial e relações institucionais, assistente administrativo, intérprete em linguagem de sinais (Libras), escriturário contábil, técnico em Segurança do Trabalho e operador de áudio e vídeo é exigido o nível médio completo, cujos salários variam de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil.

VAGAS PARA NÍVEL SUPERIOR

Os cargos que exigem nível superior são analista de controle interno, analista técnico-financeiro, analista em licitação, analista técnico administrativo, analista técnico trabalhista e em Recursos Humanos, todos estes com oferta de R$ 4,6 mil de salário. Dentre os cargos de nível superior, apenas assessor em comunicação social e jornalismo tem salário bem mais baixo: R$ 3,1 mil, embora a jornada seja bem maior que os demais (30 horas ante 20h para os demais cargos).

PREJUÍZO MILIONÁRIO DA CARGILL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Incêndio em armazém causou prejuízo milionário.

Incêndio em armazém causou prejuízo milionário.

Os prejuízos da Cargill com o incêndio em um armazém alugado, no Distrito Industrial de Ilhéus, estão situados na casa dos milhões, podendo ultrapassar os R$ 9 milhões, segundo fontes da empresa. O depósito estocava cacau Bahia e derivados.

Além da perda do estoque, a multinacional também teve prejuízos com a estrutura física, totalmente destruída. O incêndio ocorreu há dez dias e mobilizou estruturas do Corpo de Bombeiros e do Samu.

PARA RELATOR DA ONU, RICOS DEVEM PAGAR MAIS PELA ÁGUA

Tempo de leitura: 4 minutos

águatorneiraDefensor da água como um direito humano, o pesquisador Léo Heller – relator especial das Nações Unidas (ONU) sobre água e esgotamento sanitário – é a favor do subsídio cruzado na cobrança da tarifa de água. “Que os mais ricos paguem mais e os mais pobres paguem menos, uma transferência interna no sistema de cobrança”, declarou à Agência Brasil.

Ele avalia que são temerárias as políticas que aumentem o custo da água para estimular a economia do recurso hídrico, pois isso pode levar a injustiças. A prática de aumentar o preço da água foi utilizada em países como a Dinamarca. “É preciso ter muito cuidado com modelos de cobrança para que isso não implique um ônus desproporcional para as populações mais pobres”, avaliou.

De acordo com Heller, a maioria dos prestadores do serviço de água no Brasil adota um modelo tarifário que parte do pressuposto de que a população mais pobre gasta menos água. O valor do metro cúbico (m3) consumido, portanto, aumenta na medida em que o consumo mensal é maior. “Isso não é necessariamente verdade. Muitas vezes as populações mais pobres têm famílias mais numerosas, têm menos equipamentos domiciliares economizadores de água. Como resultante [desse modelo de cobrança], isso pode levar a consumos muito baixos, desconexões, sacrificando a saúde dessas pessoas”, apontou.

Parte do modelo tarifário da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp), por exemplo, tem gerado questionamentos em meio à crise hídrica, especialmente as tarifas aplicadas a pessoas jurídicas. Os Contratos de Demanda Firme buscam fidelizar grandes consumidores, como shoppings, hotéis e indústrias, por meio de descontos, ou seja, quem consome mais paga menos. Por esse modelo, de acordo com a tabela tarifária, quem consome de 500 a 1.000 m3 por mês paga R$ 11,67 por metro cúbico. Acima de 40 mil m3, o valor é R$ 7,72. Para clientes comuns, a tarifa industrial e comercial para a maior faixa de consumo (acima de 50 mil m3) é R$ 13,97, sendo maior que nos dois casos anteriores.

Com a escassez de água, clientes comuns tiveram que economizar para ter descontos. Enquanto isso, os 537 consumidores que firmaram esses contratos continuaram a pagar menos pelo metro cúbico.

Uma lista divulgada pelo jornal El País, conseguida por meio da Lei de Acesso à Informação, mostra o volume consumido e o valor pago por alguns deles. A Viscofan, que produz tripas de celulose para embutidos, é a campeã no consumo, com um gasto mensal de 60 mil m3. De acordo com o jornal, a empresa paga, com o desconto fornecido pela Sabesp, R$ 3,41 por m3. Esse montante equivale à média mensal de mais de 2,7 mil famílias, considerando um gasto médio de 22 m3, segundo dados da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Leia Mais
Back To Top