skip to Main Content
5 de março de 2021 | 10:19 pm

CÂMARA APROVA FIM DA REELEIÇÃO PARA O EXECUTIVO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sessão que discute reforma política acabou com reeleição (Foto Laycer Tomaz).

Sessão que discute reforma política acabou com reeleição (Foto Laycer Tomaz).

O plenário da Câmara aprovou nesta quarta à noite (27),  por 452 votos a favor, 19 contra e 1 abstenção, o Artigo 3º do relatório do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) à proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata da reforma política. O dispositivo aprovado acaba com a reeleição para os cargos executivos (prefeito, governador e presidente da República). Todos os partidos orientaram pelo fim da reeleição.

Como a reforma política está sendo tratada em PEC, o fim da reeleição precisa ainda ser aprovado em segundo turno na Câmara para depois ser apreciado, também em duas votações, pelo Senado, informa a Agência Brasil.

A proposta aprovada não se aplica aos prefeitos eleitos pela primeira vez em 2012 e aos governadores também eleitos pela primeira vez em 2014, nem a quem os suceder nos seis meses anteriores ao pleito. Ela não cabe à presidente Dilma Rousseff,  porque, já reeleita, não poderá se candidatar em 2018.

Após a votação, o presidente da Câmara. Eduardo Cunha (PMDB-RJ) encerrou a sessão. Nesta quinta-feira, a partir das 12 horas, os deputados continuam a votar a reforma política.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Esta representação desta casa,pela qual,ai está a legitima representação do povo brasileiro.

    Hoje o povo brasileiro,vive o resgata nesta casa legislativa,a mesma que nos envergonhou nestes 12 anos de governo do “Partido dos trabalhadores” se igualava uma casa de Puta e olhe lá,que têm casa de Puta,que existe um extremo respeito.

    O momento atual,o que representa o poder legislativo brasileiro,são dignos dos maiores elogios de cada uma família brasileira.

    Parabéns câmara dos deputados.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top