skip to Main Content
24 de novembro de 2020 | 02:48 am

ACORDO ENCERRA GREVE NA MATERNIDADE DA MÃE POBRE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os funcionários da Maternidade Estar Gomes, em Itabuna, retornam às atividades nessa quinta-feira (9), encerrando greve que paralisou a unidade por um mês. A decisão da categoria aconteceu em razão do acordo fechado com a direção da unidade de saúde, depois de processo de mediação conduzido pelo Ministério Público do Trabalho.

O acordo prevê o pagamento do salário de maio a todos os funcionários assim que a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) efetuar o pagamento de três faturas atrasadas, no valor de R$ 240 mil, o que está previsto para acontecer no próximo dia 15. A folha de junho deve ser quitada com as parcelas mensais de R$80 mil da Sesab.

No acordo, assinado na tarde desta quarta-feira (8) na sede do MPT em Itabuna, também está previsto que os dias parados não serão descontados e que os funcionários terão estabilidade no emprego por quatro meses, não sendo permitida qualquer retaliação aos grevistas.

A procuradora Sofia Vilela, que conduziu o processo de negociação, informou que o desfecho positivo do impasse “foi a solução encontrada por vários setores envolvidos, demonstrando maturidade para negociar e encontrar uma solução que reduzisse os fortes reflexos do movimento para a sociedade de todo o sul do estado”.

A procuradora destacou a reunião prévia realizada na manhã desta quarta na sede do Ministério Público Estadual de Itabuna, com a participação do promotor de justiça Patrick Pires da Costa, do secretário de Saúde de Itabuna, Danilo Barros Cardoso e de outros envolvidos na questão.

“Pela manhã, conseguimos costurar as bases do acordo, que finalmente fechamos no encontro da tarde, na sede do MPT. Conseguimos uma solução que permite à Maternidade reabrir e voltar a ter receita e dá aos trabalhadores a garantia do recebimento dos salários atrasados dentro de mais alguns dias”, pontuou a procuradora.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top