skip to Main Content
24 de novembro de 2020 | 02:55 am

COBRANÇA POR ESTACIONAMENTO DERRUBA VENDAS EM SHOPPINGS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carlos Andrade, presidente da Fecomércio-BA (Foto Mila Cordeiro/Ag. A Tarde).

Carlos Andrade, presidente da Fecomércio-BA (Foto Mila Cordeiro/Ag. A Tarde).

Lojas de shoppings centers de Salvador tiveram retração de até 15% nas vendas após o início da cobrança por vaga em estacionamento. Agora, a Federação do Comércio do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) tenta reverter a cobrança.

A queda de 15% soma-se aos 30% verificado com a crise na economia nacional. A redução, de acordo com a Fecomércio, foi constatada em menos de 15 dias, ainda sendo agravada pelas chuvas que ocorreram na capital baiana.

– Temos recebido muitas queixas dos lojistas de shopping por conta da queda do movimento, devido à cobrança do estacionamento, atingindo, inclusive, supermercados e farmácias que, até então, vinham mantendo as vendas estáveis – afirmou o presidente da Fecomércio, Carlos Andrade ao jornal A Tarde.

Ao participar, ontem, de reunião da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Andrade percebeu que, diante da crise geral enfrentada pelo setor no país, o caso de Salvador e, especialmente dos lojas de shopping, foi considerado “ainda mais preocupante”, por conta da chuva e do estacionamento.

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top