skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 09:21 pm

HOMEM ERA ESPANCADO E MANTIDO EM CÁRCERE PRIVADO POR MENORES

Tempo de leitura: 2 minutos

Do G1

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram apreendidos suspeitos de invadir a casa de um jovem de 27 anos e mantê-lo em cárcere privado por quatro dias em Itabela, no sul da Bahia. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Jansen Júnior, os suspeitos espancavam o proprietário da residência, que é trabalhador rural e morava sozinho, com uma barra de ferro e pedaços de pau e ainda o ameaçavam de morte.

“Quatro pessoas, entre elas os dois adolescentes apreendidos, tomaram a casa desse rapaz para montar um ponto de venda de drogas. Ele ficou preso dentro de casa por quatro dias”, relata o delegado em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (16). Segundo ele, o caso foi descoberto após a apreensão dos dois adolescentes suspeitos que portavam uma quantidade de crack durante ronda da Polícia Militar no bairro Ubirajara Brito, que fica afastado do centro de Itabela.

“Assim que foi feita a abordagem, a PM encontrou uma quantidade de crack com os adolescentes. Eles confessaram que vendiam drogas e, quando foram apresentados na delegacia, nós já tínhamos a informação de que um homem era mantido em cárcere privado há quatro dias naquele mesmo bairro. Constatamos que esses menores estavam envolvidos”, contou.

Após a apreensão dos suspeitos, as polícias Civil e Militar conseguiram achar a residência onde o rapaz de 27 anos era mantido em cárcere privado. O resgate da vítima ocorreu na última terça-feira (14).

Leia Mais

NILO PROMULGA “LEI DA ZABUMBA”

Tempo de leitura: < 1 minuto
Marcelo Nilo promulga a "Lei da Zabumba" (Foto Divulgação).

Marcelo Nilo promulga a “Lei da Zabumba” (Foto Divulgação).

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, promulgou a chamada “Lei da Zabumba”, aprovada por unanimidade pelos parlamentares baianos no último dia 16 de junho. A Lei estabelece cota de 60% para os forrozeiros locais São João no Estado. A lei foi levada à sanção do governador Rui Costa, mas retornou à AL-BA e, a partir da promulgação do presidente da Casa, passou a valer desde a sua publicação no Diário Oficial, ontem (15).

A nova lei resulta de um acordo entre os líderes da bancada do governo e de oposição, os deputados Zé Neto (PT) e Sandro Régis (DEM), com o apoio do presidente do legislativo, deputado Marcelo Nilo (PDT). A proposição tem como principal objetivo valorizar a cultura nordestina na Bahia, destinando parte da verba das Secretarias de Cultura e Turismo para a contratação dos artistas para as festas juninas. A lei vale inclusive para contratos entre estado e municípios.

OS CIGANOS E O SUBMUNDO DA POLÍTICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

A invasão da prefeitura de Conceição do Almeida anteontem por ciganos, para emparedar o prefeito Armando Neves (PT), endividado com eles, é inusitada pela forma de cobrança exacerbada; mas ciganos na cena política interiorana da Bahia é muito mais comum do que se supõe, e não é de hoje.
Aliás, é rotina. Em grandes eventos políticos, eles circulam desenvoltos oferecendo dinheiro. Em ano eleitoral, como 2016, tanto a oferta é maior como a pressão para os endividados pagarem suas dívidas.

Eles até ameaçam auxiliares e familiares dos prefeitos (e há precedentes de assassinato dos tais), mas só matam a ‘fonte pagadora’ quando esgotam todos os mecanismos de pressão (na tora). Acuados, os prefeitos fazem o diabo para pagar.

Nesse cenário, surgem outros personagem, os urubus da política, que aproveitam a carniça do jogo do submundo.
Em julho do ano passado, Rielson Lima, prefeito de Itagimirim, foi assassinado e disseram que foram ciganos, mas as investigações apontam que o suspeito é o vice, Rogério Andrade, hoje prefeito.

Ou seja, são usados como álibi. Como diz o poeta, é triste, mas existe.

CORRIDA RÚSTICA TERÁ NÚMERO RECORDE DE ATLETAS

Tempo de leitura: 2 minutos
Corrida terá R$ 10 mil em premiação e recorde de inscrições.

Corrida terá R$ 10 mil em premiação e recorde de inscrições.

A 17ª edição da Corrida Rústica da Cidade de Itabuna deverá contar  com um número de recorde de participantes. Até hoje, de acordo com a coordenação do evento, são 605 inscritos. As provas nas categorias principais, no masculino, feminino e especial, serão realizadas no próximo domingo (19), a partir das 7h30min da manhã, com largada da Praça Rio Cachoeira. A premiação total atinge R$ 10 mil.

São registradas inscrições de atletas de 47 municípios, dos quais 13 são do sul da Bahia. Do total de inscritos, 372 são de Itabuna. Os dados da Associação Itabunense de Atletismo (AIA) demonstram que Ilhéus deverá ter o segundo maior número de participantes, com 58 pessoas inscritas.  Depois aparecem Vitória da Conquista (17), Bom Jesus da Lapa (15), Jequié (15), Salvador (13) e Itajuípe (12).

Além da Bahia, a competição contará com a participação de atletas dos municípios paulistas de Campinas, Piracicaba e Pinheiros; de Guarapari (ES), além de Maio, Cabo Verde. Do país africano, está confirmada a participação do maratonista Carlos Silva Martins, que está no Brasil para participar de outras competições de atletismo.

O secretário de Esportes e Recreação, Evans Maxwel Silva, informa que no sábado, das 13 às 21 horas, no térreo da Câmara de Vereadores de Itabuna será feita a retirada do chip de cronometragem e do kit atleta. Para retirada do material da prova, os participantes deverão levar um documento de identificação com fotografia.

A largada está prevista para às 7h30min, na praça Rio Cachoeira, para os cadeirantes e a partir das 8 horas para a corrida nas categorias masculina e feminino. No geral e especial, receberão premiação em dinheiro os cinco primeiros colocados em cada categoria, além de troféus e medalhas. Todos os participantes vão receber medalhas.

TRAPALHADA DEIXA SERVIDORES DE ITABUNA SEM TÍQUETE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wilmaci durante assinatura do acordo que garantia o tíquete (Foto Gabriel Oliveira).

Wilmaci durante assinatura do acordo que garantia o tíquete (Foto Gabriel Oliveira).

Uma trapalhada administrativa está deixando os servidores da Prefeitura de Itabuna sem o tíquete-alimentação. Pelo acordo assinado em 17 de junho, afirma a presidente do Sindicato dos Servidores (Sindserv), Wilmaci Oliveira, os créditos deveriam estar disponíveis até o dia 15 de cada mês. Porém, por pura incompetência, as secretarias “esqueceram” de repassar o empenho (valor referente ao número de servidores lotados no setor que têm direito ao benefício) e os trabalhadores ficaram a ver navios.

“O acordo foi descumprido e nós estamos muito irritados com tanta atrapalhação. Mais parece uma comédia pastelão de quinta categoria”, reclama Wilmaci. “Quando não é o salário que atrasa, é o vale transporte e o ticket que não são creditados na data correta. É muita incompetência”, desabafa a dirigente sindical.

CAIXA SELECIONARÁ ESTAGIÁRIOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Caixa Econômica Federal vai formar cadastro de reserva de estagiários nas áreas de Engenharia e Arquitetura em todo o país, informa o Correio. Podem participar alunos do quinto ao penúltimo semestre dos cursos de arquitetura e urbanismo e engenharia, nas especialidades de agrônoma/agrícola, ambiental, civil, elétrica, mecânica e de telecomunicações.

Além disso, é preciso cursar a graduação no período da manhã ou da noite. Para jornada de cinco horas diárias, o banco oferece bolsa-auxílio de R$ 1 mil mais o benefício de auxílio-transporte no valor de R$ 130 por mês. As inscrições estarão abertas a partir do próximo dia 24 no site do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE (www.ciee.org.br).

O DILEMA DE GERALDO

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

O que se comenta nos corredores do Palácio de Ondina é que o PCdoB, com Vane fora da disputa, tende a uma reaproximação com Geraldo Simões, sob pena de ficar isolado no processo sucessório

Pessoas bem próximas do ex-deputado Geraldo Simões, assentadas no argumento de que o PT não faria tamanha malvadeza com um ilustre e histórico filiado, tratavam sua saída da legenda como uma invencionice.

Os geraldistas, para fugir do assunto e encerrar a conversa, diziam que era mais uma intriga da oposição, da desinformação de setores da imprensa e de incautos comentaristas políticos.

E quando os “incendiários de plantão” citavam o PMDB dos irmãos Vieira Lima como opção partidária, era um Deus nos acuda, cruz credo, um xô satanás.

Esses mesmos correligionários, que achavam que tudo não passava de mais uma picuinha inerente ao movediço e traiçoeiro processo político, já defendem um xaveco do líder-mor com o peemedebismo.

O problema é que a candidatura de Geraldo Simões depende do prefeito Claudevane Leite. Ou seja, GS só será candidato se o enigmático chefe do Executivo não disputar o segundo mandato.

São favas contadas que a reeleição de Vane conta com o apoio do governador Rui Costa e do diretório estadual do PT, tendo na linha de frente o ex-geraldista e ex-vereador Everaldo Anunciação.

E como fica o PCdoB? Se Vane for candidato, fica tudo no mesmo. E se o prefeito desistir da reeleição, os comunistas lançam candidato próprio? Confesso que tenho minhas dúvidas.

Aliás, o que se comenta nos corredores do Palácio de Ondina é que o PCdoB, com Vane fora da disputa, tende a uma reaproximação com Geraldo Simões, sob pena de ficar isolado no processo sucessório.

O que se espera, diante de um iminente e inevitável bafafá entre o PCdoB e o PRB, entre os prefeituráveis Davidson Magalhães e Roberto José, é uma neutralidade do chefe do Executivo.

O dilema de Geraldo Simões vai ficar cada vez mais intenso, já que a posição do prefeito Claudevane Leite só será conhecida na véspera do limite permitido para se mudar de partido.

Vale ressaltar que o “sim” de Vane, decidindo enfrentar as urnas na eleição de 2016, está condicionado ao comportamento do segmento evangélico diante da reeleição.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

CÂMARA RECUA E DERRUBA MANDATO DE CINCO ANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O plenário da Câmara dos Deputados voltou atrás e derrubou hoje (15) a duração de cinco anos para os mandatos de presidente da república, governadores, prefeitos, deputados, vereadores e senadores. As matérias haviam sido aprovadas durante a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma política, em primeiro turno. Com a decisão, os cargos do Executivo, deputados vereadores retornam o mandato de quatro anos e oito anos para senadores, informa a Agência Brasil.

Foram duas votações, na primeira foi aprovado um destaque do PMDB que retirava do texto aprovado a alteração nos mandatos do Legislativo. Por 294 votos a favor dos cinco anos e 154 contra. Para que os cinco anos fossem mantidos, eram necessário os votos de no mínimo 308 deputados.

Na segunda votação, os deputados também voltaram atrás e reduziram, por 363 votos favor e 68 contra, o tempo de mandato, de cinco para quatro anos, para presidente da República, governadores e prefeitos.

Nesta quarta-feira, durante a votação das emendas ao texto aprovado em segundo turno, uma emenda apresentada pelo líder do DEM, Mendonça Filho (PE), tentou restabelecer a reeleição para presidente da República, mas foi rejeitada pelos deputados.

Back To Top