skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 01:47 am

DIFICULDADE OU OPORTUNIDADE?

Tempo de leitura: 2 minutos

Jaciara Santos PrimoreJaciara Santos | jaciarasantos@primoreconsultoria.com.br

 

Toda dificuldade é uma oportunidade de aprendizado, de crescimento, de maturação. Por isso, diante de uma nova “oportunidade”, a reação deve ser sempre positiva

 

“Eu não posso. Eu não consigo. É muito trabalhoso. É difícil. Não!”

A maioria das pessoas reage negativamente ao que lhe é solicitado ou delegado, sem ao menos entender de que se trata a situação. E, em geral, rebate com uma devolutiva também negativa.

As palavras com sentido negativo, são enraizadas e interiorizadas, a ponto de o indivíduo acreditar realmente que ele não tem capacidade.

Também por isso que a Psicologia Positiva,  uma das bases do Coaching, preocupa-se em focar no desenvolvimento do ser humano, fazendo com que o mesmo busque ressignificar suas atitudes, acreditando mais nelas. Isso resultará, para a pessoa, em maior assertividade, controle emocional e foco, como aponta José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching.

De acordo com esse pensamento, nota-se que, quanto mais positivo for o profissional, mais produtiva e maior será a sua performance.

Então, é importante que se realize uma análise pessoal e profissional, uma reavaliação geral, uma espécie de  revisão de postura, que haja mais iniciativa e coragem.

O indivíduo pode começar se perguntando: Como estão sendo minhas atitudes perante as dificuldades? Sou uma pessoa positiva? Como encaro as dificuldades da vida?

Toda dificuldade é uma oportunidade de aprendizado, de crescimento, de maturação. Por isso, diante de uma nova “oportunidade”, a reação deve ser sempre positiva, dizer intimamente: “Sim! Eu posso! Eu consigo! Sou vencedor!”

Almeje o topo, pois você vai chegar aonde acreditar que chegará. Você deve ter foco rumo à evolução.

Seja mais positivo e, fatalmente, será mais feliz.

Jaciara Santos é coach pessoal e profissional.
www.facebook.com/jaciarasantoscoach

Este post tem um comentário

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top