skip to Main Content
4 de junho de 2020 | 05:01 am

AÇÕES NO “SETEMBRO VERDE” CONSCIENTIZAM PARA A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Prédio da Assembleia Legislativa recebeu iluminação especial (Foto Divulgação).

Prédio da Assembleia Legislativa recebeu iluminação especial (Foto Divulgação).

O “Setembro Verde”, uma alusão à Semana Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, está sendo comemorado de uma forma diferente pelo parlamento estadual baiano. Desde ontem, quem passa pela Assembleia Legislativa à noite, percebe iluminação nas cores da campanha liderada pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO).

A data oficial é domingo (27), quando se comemora o Dia Mundial de Doação de Órgãos e Tecidos, mas assim como a Alba, outras construções no estado, entre elas, o Hospital Dom Pedro Alcântara, em Feira de Santana, também terá o prédio iluminado durante esses dias que celebram a semana.

Hoje (23), foram abertos stands de informações da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) e da Central de Transplantes do Estado, além da exposição e venda de artesanatos, com o objetivo de arrecadar fundos para a Associação dos Transplantados da Bahia (ATX-BA).

A ação contou ainda com a apresentação do ‘Coral da Bahia’ e com a presença do coordenador do Sistema Estadual de Transplantes, o médico Eraldo Moura, do deputado José de Arimatéia, presidente do Colegiado, de jogadores dos times do Bahia e Vitória, além dos servidores do legislativo baiano.

O presidente do legislativo baiano, deputado Marcelo Nilo elogiou a iniciativa e garantiu que a Assembleia continuará abrindo espaço para campanhas como a de incentivo ao transplante. “Toda ação que leve à conscientização da sociedade sobre a importância da doação de órgãos é sempre bem-vinda e a Assembleia não poderia ficar de fora”.

BAHIA É O NONO EM DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

A Bahia é o estado que mais disponibiliza órgãos para outras unidades da federação, porém é o nono em número de doadores proporcionais à população. Enquanto a média nacional é de 14 doadores a cada um milhão de pessoas, são apenas oito doadores por milhão de habitantes no estado.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top