skip to Main Content
27 de fevereiro de 2021 | 06:41 pm

INCÊNDIO INTERROMPE ATIVIDADES EM TERMINAL DE GÁS EM MADRE DE DEUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Incêndio suspendeu operações no terminal em Madre de Deus (Reprodução G1).

Incêndio suspendeu operações no terminal em Madre de Deus (Reprodução G1).

Um incêndio atingiu na manhã de hoje (23) um dos tanques de gás do Terminal Aquaviário de Madre de Deus (Temadre), operado pela Transpetro, na cidade de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador. As atividades da unidade foram interrompidas.

O incêndio foi controlado por funcionários da unidade e soldados do Corpo de Bombeiros. Segundo os bombeiros, funcionários do terminal retiraram a população que fica perto do terminal.

Em nota, a Petrobras confirmou o incêndio e descartou vítima. Segundo a nota, o fogo no Parque de GLP (gás liquefeito de petróleo) Maria Quitéria teria começado às 9h30, sendo controlado por volta das 11h30.

A empresa informou ainda que, em consequência do fogo, as atividades do terminal foram interrompidas e que a subsidiária da Petrobras determinou a criação de uma comissão interna para investigar as causas do incêndio. As autoridades responsáveis pela área já foram comunicadas.

Terceira maior unidade aquaviária operada pela Transpetro no Brasil, o Terminal de Madre de Deus tem capacidade de armazenamento 660 mil metros cúbicos e foi o primeiro terminal aquaviário do Sistema Petrobras a entrar em operação e, atualmente, é o principal ponto de escoamento da produção da Refinaria de Mataripe (RLAM), cujos derivados abastecem as regiões Norte e Nordeste do país.

As operações diárias de descarga de navios de petróleo no local correspondem, hoje, a 13% da produção nacional.

De 2003 até 2013, houve um acréscimo superior a 50% no volume de produtos movimentados: de 16,937 milhões de metros cúbicos (m³) para 25,654 milhões de metros cúbicos registrados no ano passado. No mesmo período, o Temadre teve um acréscimo de 28% no total de operações de carga e descarga de embarcações.

Em 2003, fez 548 operações (média de 45 por mês), enquanto em 2013 esse número aumentou para 700. Apenas em julho de 2014, foram movimentados 1.347.876 m³ (recorde dos últimos cinco anos), o que representa uma movimentação de cerca de 43 mil m³/dia, correspondendo a 86% do petróleo processado na RLAM.

De acordo com a Petrobras, a Temadre desenvolve atividades de armazenamento e transferência de petróleo e derivados, respondendo pelas operações de carregamento e descarregamento de navios-tanques e caminhões-tanques; abastecimento de combustíveis para navios; transferência de petróleo e derivados por meio de dutos; armazenamento de derivados de petróleo e recebimento de derivados da RLAM. Com informações da Agência Brasil.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top