skip to Main Content
1 de junho de 2020 | 02:04 pm

SERVIDOR É ACUSADO DE DESVIAR R$ 100 MIL DE VERBA PARA DESABRIGADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Thiago é acusado de desviar R$ 100 mil (Reprodução Luciano da Matta/A Tarde).

Thiago é acusado de desviar R$ 100 mil (Reprodução Luciano da Matta/A Tarde).

A Tarde

Um funcionário da Prefeitura de Salvador foi preso nesta sexta-feira, 25, acusado de desviar mais de R$ 100 mil destinado ao auxílio de desabrigados por conta das chuvas que atingiram a cidade este ano.

Thiago Santos Lima foi detido durante “Operação Chuva”, da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), para investigar desvio de verba da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps).

O acusado era gestor do Fundo Municipal de Assistência Social, vinculado à Semps. Ele tinha uma senha que liberava verba para desabrigados por conta da chuva.

Durante a ação, os policiais apreenderam cerca de R$ 68 mil, além de um tablet, cinco celulares, dois notebooks, um HD e um computador que ele usava para realizar a fraude.

A polícia começou a investigar a fraude depois de receber denúncia da própria prefeitura. Em auditoria interna, que ocorre regulamente, o governo desconfiou da irregularidade quando percebeu que ele repassou R$ 4.200 para uma das vítimas. O alto valor chamou a atenção.

Leia matéria completa

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top