skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 03:34 am

LITORAL SUL TEM JORNADA AGROECOLÓGICA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Jornada discute agroecologia no Território Litoral Sul (Foto Reprodução).

Jornada discute agroecologia no Território Litoral Sul (Foto Reprodução).

O Assentamento Terra Vista, em Arataca, sedia a IV Jornada Agroecológica da Bahia até amanhã (1). Terra, território e poder é o tema da jornada deste ano. O evento proporciona, anualmente, um encontro de culturas indígenas, quilombolas, camponesa, urbana, com jovens, crianças e anciãos.

São ofertados painéis, oficinas, plenárias e outros espaços para o debate sobre o tema central e integração entre os povos, como feiras e apresentações culturais, troca de sementes e conhecimentos sobre práticas agroecológicas, saúde, alimentação, saberes tradicionais e comunicação livre.

As plenárias são o ponto alto do encontro, pois consolidam os encaminhamentos das jornadas anteriores dos elos, das atividades realizadas em diversos territórios ao longo do ano, além de outros eventos da Teia dos Povos. Outra programação importante na jornada é a Ciranda, espaço lúdico e sociopedagógico voltado às crianças que participam do evento.

Confira mais aqui

O evento é organizado pela Teia de Agroecologia dos Povos e tem como apoiadores o Governo da Bahia, por meio do Cesol Litoral Sul, e Associação Beneficente Josué de Castro, Governo Federal, Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima) e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Para mais informações, os telefones: (73) 8241-6688, (73) 8175-4297, (73) 8169-7529.

PUBLICITÁRIO CONQUISTENSE ENTRE OS MELHORES AQUAPAISAGISTAS DO PAÍS

Tempo de leitura: 2 minutos
Gil aparece entre os melhores aquapaisagistas do país.

Gil aparece entre os melhores aquapaisagistas do país.

Quem pensa que o hobby de cuidar de aquários se resume a colocar peixes num recipiente com água, plantas de plástico, brinquedos para propulsão de oxigênio e alimentá-los todos os dias, engana-se. Faz um tempo que a prática deixou de ser um mero passatempo, ganhou nome (aquapaisagismo), movimenta milhares de dólares em prêmios mundo afora e, com os cenários impressionantes que são criados pelos aquaristas, já tem status de arte.

Numa competição internacional, como, por exemplo, a International Aquatic Plants Layout Contest, realizada em Tóquio, no Japão, o vencedor do concurso chega a ganhar mais de um milhão de ienes. A comissão julga itens como o layout e composição do paisagismo, a recriação de habitats, a criatividade e originalidade, a fotografia e os elementos naturais e técnicas utilizados. O concurso, realizado desde a década de 90, recebeu, em 2015, mais de duas mil inscrições de 69 países.

No Brasil não é diferente. O Concurso Brasileiro de Aquapaisagismo (CBAP) classificou, este ano, 120 inscritos de 31 cidades de 11 estados brasileiros e ainda 48 inscrições internacionais. A competição foi criada em 2004, já fez 12 edições seguidas, promove encontros nacionais com aquapaisagistas e tem grupos movimentados nas redes sociais.

Paisagens aquáticos atraem cada vez

Paisagens aquáticos atraem cada vez

Entre os 11 primeiros colocados, está o empresário conquistense Gil Cariri, um dos diretores da agência vOceve Multicomunicação. Cariri se considera um neófito na arte de criar paisagens em aquários. Está há apenas um ano se especializando na área, participou do IIAC 2015, um concurso internacional promovido pela ISTA, uma das marcas mais importantes de Taiwan (de 820 classificados ele ficou em 137º). Mas, em sua primeira competição de alcance nacional, disputou com experientes aquaristas do Brasil e de outras partes do mundo e alcançou a expressiva nota 6,952 na categoria Plantado, o que o colocou na 11ª primeira posição.

Confira imagens de paisagens aquáticas de Gil Cariri

A premiação ocorreu no último final de semana, em Campinas (SP). “Estou feliz demais! Não imaginava ficar nesta colocação na primeira grande competição em que participo”, comemorou Gil nas redes sociais assim que recebeu a lista da premiação. Depois do resultado, ele já começa a preparar dois projetos paisagísticos para inscrever em concursos nacionais e internacionais em 2016 e levar ainda mais longe o nome de Vitória da Conquista nesta nova e bela forma de arte.

INTENSIVÃO DE BUMERANGUE EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Campeão brasileiro, Mistico comanda intensivão no Jardim Atlântico (Reprodução).

Campeão brasileiro, Mistico comanda intensivão no Jardim Atlântico (Reprodução).

Do Diário Bahia

Neste sábado (31), rola intensivão de bumerangue no Jardim Atlântico Beach Resort, em Ilhéus. As aulas, abertas a pessoas de todas as idades – até aquelas que nunca experimentaram a modalidade esportiva –, terão como instrutor ninguém menos do que o paulista Eduardo Mistico, Campeão Brasileiro.

Segundo ele, as vantagens do bumerangue vão além dos aspectos físicos, pois o praticante está constantemente em contato com a natureza e suas variações climáticas. “Para o corpo, benefícios múltiplos, como qualquer outra atividade. Para a mente, relaxa e deixa você mais esperto, uma vez que tem que usar a mente para ver o que está acontecendo e tomar decisões rapidamente”, observou.

Mistico lembra, também, que como qualquer outro esporte, o bumerangue exige disciplina e dedicação para alcançar grandes objetivos. “Porém, com pouco tempo de prática e conhecimento da técnica correta de arremesso, qualquer um pode começar”, garantiu.

Matheus Vital organiza intensivão.

Matheus Vital organiza intensivão.

O atleta, que vem à Bahia para estimular os amantes do bumerangue, está à frente do grupo Birds Boomerang, que ensina a jogar e também fabrica o mágico brinquedo com grande número de adeptos no Brasil. A atividade no referido hotel conta, também, com a parceria do Glorp Boomerang, formado por praticantes da modalidade na região.

Praticante assíduo e integrante do Glorp, Matheus Vital disse que “a expectativa é enorme, já que contamos com a presença do atual campeão brasileiro de Bumerangue, além de disseminar a prática do esporte que fascina crianças e adultos”.

ILHÉUS: MONÓLOGO DE ATRIZ GLOBAL É CANCELADO SEM AVISO E REVOLTA PÚBLICO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Público esperava ver atriz global e encontrou portões fechados (Montagem Pimenta).

Público esperava ver atriz global e encontrou portões fechados (Montagem Pimenta).

A noite desta sexta (30) deveria ser de peça de teatro com a atriz Heloísa Périssé, no Centro de Convenções de Ilhéus. Exaustivamente divulgado pela cidade e nas redes sociais, o monólogo E foram quase felizes para sempre era pra começar às 21h, mas quem chegou ao local encontrou portões fechados e luzes apagadas.

A produção, que foi toda local, não apareceu para dar satisfação a quem tinha comprado ingresso. Um grupo, que veio de Itabuna, tentava achar explicações para a furada.

Nos mesmos locais em que se divulgava a peça na internet, durante todo o dia não se viu nenhum aviso da suspensão ou mudança de local.

Tentamos contato com o produtor local da peça, mas não conseguimos resposta.

Atualizado à 00h19min

  • 30 de outubro de 2015
Tempo de leitura: < 1 minuto

GIF PARTICIPAÇÃO MAIOR CAMARA 538X179

MPT RESGATA 330 CORTADORES DE CANA EM SITUAÇÃO DE ESCRAVIDÃO NO EXTREMO-SUL

Tempo de leitura: 3 minutos
Fiscais flagraram trabalhadores em condições análogas às de escravidão (Foto Osvaldo Myles Neto/MPT).

Fiscais flagraram trabalhadores em condições análogas às de escravidão (Foto Osvaldo Myles Neto/MPT).

As condições degradantes de alojamento, a falta de equipamentos de proteção à saúde e a segurança e de sanitários, além de uma série de outras irregularidades fizeram com que 330 cortadores de cana fossem resgatados de situação de trabalho análogo ao de escravos. O flagrante foi feito por força-tarefa composta por representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) e governo do estado da Bahia, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em fazenda pertencente à União Industrial Açucareira (Unial), no município de Lajedão, extremo-sul baiano, na divisa com Minas Gerais.

A empresa que atua no ramo sucroalcooleiro já vem sendo investigada pelo MPT há bastante tempo e teve outros episódios de resgate em situações semelhantes. Desta vez, no entanto, o nível de degradação da dignidade humana fez com que a força-tarefa classificasse a situação dos cortadores de cana como de escravidão moderna. O superintendente da Unial na região, Edmilson Felismino de Araújo, chegou a ser conduzido à Delegacia da Polícia Federal de Porto Seguro, onde foi ouvido e foi liberado. A PF, no entanto, vai instaurar inquérito para apurar o caso.

A unidade da Unial em Lajedão, a 767 quilômetros de Salvador, é alvo de dois inquéritos civis em andamento no MPT que apuram casos de terceirização ilícita, violações à NR-31, doença ocupacional e trabalho infantil. “Os trabalhadores não tinham equipamentos de proteção, não dispunham de sanitários nem de qualquer proteção contra o sol ou a chuva nos locais de corte de cana. Além disso, o alojamento apresentava condições precárias de higiene, principalmente em relação à água usada, armazenada em um tanque com plantas e restos de produtos químicos”, relatou o procurador Ilan Fonseca, que integrou a força-tarefa.

Todos os 330 trabalhadores que estavam alojados na fazenda foram identificados por nome, mas não puderam ser retirados do local por falta de condições de transporte.

Leia Mais

PREVISÃO DO TEMPO NO FERIADÃO EM ILHÉUS E ITACARÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

PREVISÃO DO TEMPO F FINADOS www.pimenta.blog.brPrevisão da agência Climatempo para o fim de semana é de tempo nublado com pancadas de chuva. Para o período do sábado (31) a segunda (2.nov) é de  cerca de 10 milímetros de chuva.

Para esta sexta-feira (30), que já teve chuva desde a madrugada, ainda se espera mais alguma água, em torno de 5 milímetros. No sábado (31) e no domingo (01), o instituto prevê, respectivamente, 5 e 2 milímetros.

O tempo só deve ficar firme na cidade na segunda-feira (2), último dia do Feriadão de Finados.

ITACARÉ

Em Itacaré, que recebe neste feriado evento de surf acompanhado de shows musicais, a previsão é também de chuva e mínimas modestas, de 20 graus. Deve chover 4 milímetros no sábado e outros dois no domingo. O último dia, segunda, previsão de 3.

Atualizado às 13h46min

  • 30 de outubro de 2015
Tempo de leitura: < 1 minuto

NOTA PÚBLICA

O SINDAE (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente no Estado da Bahia) vem a público protestar pelo descumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho pela EMASA.

Há três anos os trabalhadores e trabalhadoras vêm sendo sistematicamente enrolados com a promessa de implantação do plano de cargos e salários e da assistência médica, que são garantias mínimas nas condições de trabalho.

Nos últimos meses as promessas de implantação do plano de cargos e da assistência médica vêm sendo renovadas semana após semana e a alegação da diretoria da Emasa é a falta de condição financeira. Porém, a ser verdade, em outubro a tarifa de água no município sofreu reajuste de 18%, capaz de gerar uma receita que garante o cumprimento dessas obrigações.

Outro fato lamentável é o constante atraso no pagamento dos salários, o que transtorna a vida e causa sofrimento e prejuízo aos trabalhadores que, mesmo lutando contra vários problemas, muito se esforçam para garantir um bom serviço à população. Por isso merecem um tratamento melhor da direção da empresa.

Também estamos cobrando da EMASA esclarecimento público sobre rumores de que pessoas ligadas à Construtora Odebrecht estariam circulando pela empresa, na tentativa de formar um contrato de Parceria Público-Privada. Se isso se confirmar, será a entrega dos serviços para uma empresa privada, configurando a privatização do saneamento em Itabuna, algo danoso para a sociedade. Onde o saneamento foi privatizado a população passou a pagar mais caro pelo serviço e sofreu com a queda na qualidade do serviço.

Parceria Público-Privada é privatização, não podemos aceitar.

SINDAE

(30/10/2015)

FORA DO TRILHO

Tempo de leitura: 3 minutos

marco wense1Marco Wense

 

Uma coisa é certa: só o governador Rui Costa pode evitar que o trem do governismo saia do trilho. É bom lembrar que o chefe do Executivo não é de duas conversas, conversa mole e, muito menos, de conversinha.

 

O suplente de deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB) sonha com uma ampla união em torno da sucessão do prefeito Claudevane Leite, que já declarou que não será candidato à reeleição.

Davidson quer uma junção em torno dele. Acha que Geraldo Simões, por ser do PT, vai ter dificuldades. Quando questionado sobre Roberto José, trata logo de descartá-lo: “Não será candidato”.

Como resposta a contundente afirmação do comunista, Roberto se reúne com o comando estadual do PSD e diz que é candidatíssimo, que não abre mão da sua legítima e democrática pretensão.

“Não há mais espaço para a velha política e os velhos modos de fazer política”, alfineta Roberto José. A verdade é que o relacionamento entre o prefeiturável do PSD e do PCdoB tende a ficar mais aceso, intenso e incontrolável.

Tem ainda o imbróglio entre o PT e o PCdoB em torno da Codeba. É que os comunistas andavam dizendo que os petistas apoiariam a candidatura de Davidson em troca de um cargo na Companhia das Docas do Estado da Bahia.

Tiririca da vida, Geraldo Simões, ainda a maior liderança do petismo grapiúna, desmentiu os camaradas com uma fina ironia: “Se o PCdoB não teve força para manter um gerente do Ciretran, vai ter força para indicar um diretor da Codeba?”

Difícil mesmo é colocar no mesmo palanque os evangélicos de Vane, os comunistas de Davidson, os lulistas de Geraldo Simões, o núcleo duro do vanismo, os robertistas do PSD e o pessoal do PRB da Igreja Universal.

Outro detalhe é que tanto Geraldo como Davidson dão como favas contadas o apoio do PSB, desconsiderando a pré-candidatura de Carlos Leahy. O ex-presidente da CDL diz, peremptoriamente, que vai até o fim.

As articulações em torno do processo sucessório vêm de cima para baixo, o que não é nenhuma novidade. Se diretório municipal e nada é a mesma coisa, imagine comissão provisória. É o manda quem pode, obedece quem tem juízo. O que prevalece são os interesses da cúpula.

Uma coisa é certa: só o governador Rui Costa pode evitar que o trem do governismo saia do trilho. É bom lembrar que o chefe do Executivo não é de duas conversas, conversa mole e, muito menos, de conversinha.

MANGABEIRA E AS PESQUISAS

mangabeiraO pré-candidato do PDT, médico Antônio Mangabeira, acredita que vai iniciar o ano de 2016 com uma boa pontuação nas pesquisas de intenção de votos.

Mangabeiristas mais otimistas falam até em um percentual acima de 10%. O prefeiturável, no entanto, acha que as coisas vão acontecer no seu devido tempo.

Mangabeira, que é o presidente do diretório municipal, comunga com a opinião de que a eleição é complicada: “Temos que trabalhar muito. Não é fácil enfrentar o populismo demagógico”.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Back To Top