skip to Main Content
13 de julho de 2020 | 12:53 am

DATAFOLHA: 50% DA POPULAÇÃO ACHA QUE “BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO”

Tempo de leitura: < 1 minuto

.

O Instituto Datafolha divulgou hoje (5) pesquisa em que metade da população de grandes cidades brasileiras concorda que “bandido bom é bandido morto”. O levantamento ouviu 1.307 pessoas em 84 municípios.

Na outra ponta, 45% discordam deste lema, 3% não concordam nem discordam e 2% não souberam responder. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais.

O percentual de pessoas que concordam com o lema “bandido bom é bandido morto” é ainda maior entre nordestinos (52% a 44%) e brancos (53% contra 41%). Exatamente 50% dos negros reprovam essa máxima, enquanto e 44% concordam com a morte de bandidos.

Já entre as mulheres, 48% são favoráveis e 46% contra. O percentual é maior entre homens: 52% a 45%. Os jovens reprovam a morte de bandidos como algo “bom”: 53% a 42%. Entre pessoas com 60 anos ou mais, 65% são favoráveis e apenas 30% contra.

A pesquisa foi contratada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública avalia o resultado da pesquisa geral positivo, já que metade é contra essa afirmação. Para a instituição, a ideia de “bandido bom é bandido morto” fomenta a letalidade nas ações policiais. Redação com A Tarde.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Preferencialmente que sejam pobres e negros (se puderem ser linchados no suposto flagrante do crime melhor ainda).
    Quanto aos bandidos engravatados, esses dão um certo quebranto, e o coraçãozinho da gente fica mais mole né?. Se for presidente da Câmara dos deputados, rico,branco,cristão e da família tradicional brasileira …pra que desejar a morte do bichinho?!
    Já engravatados petistas são a segunda opção no quesito “bandido bom é bandido morto”.
    Pelo menos foi o que me pareceu ao ler tantos comentários de júbilo sobre a noticia da morte do ex-presidente do PT José Eduardo Dutra.

    O “Cidadão de Bem” cada dia mais apavorante.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top